História Supernatural - The Hunters - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles, Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Crowley, Dean Winchester, John Winchester, Lúcifer, Mary Winchester, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Dean Winchester, Jared Padalecki, Jensen Ackles, Sam Winchester, Sobrenatural, Supernatural, Winchesters
Visualizações 64
Palavras 994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Prisioneiros


Fanfic / Fanfiction Supernatural - The Hunters - Capítulo 28 - Prisioneiros

Dean deu a volta com o carro no mesmo instante e voltamos para onde eles estavam. Quando chegamos lá, antes de entrar no inferno, Cas nos encontrou e disse que Crowley e rowena já não estavam mais lá, e ele estava proibido de entrar por conta de um feitiço de Rowena.

- Cade aqueles dois? - Eu perguntei furiosa com aqueles idiotas

- Rowena estava ajudando Lúcifer - Cas disse - Ela simplesmente nos traiu usando um feitiço que ela sabia que duraria pouco tempo e Lúcifer poderia pegar Sam, e Crowley fugiu como sempre a mãe dele foi junto quando Lúcifer conseguiu agir.

- Droga eu vou matar eles - Dean exclamou furioso e saindo dali.

- Onde você vai Dean? - Cas perguntou

- Vou encontrar os dois. Você fica aqui e eu farei ela remover o feitiço para você entrar. E Kat..

- Eu vou com você - eu respondi - Cas, cuidado - eu disse colocando as mãos no ombro dele e fui com Dean

Montamos no Impala e fomos em direção ao hospital abandonado que Crowley vivia, provavelmente estariam lá.


Dean e eu entramos la ja apontando as armas para qualquer coisa, até que encontramos Crowley e paramos com ele na nossa frente com as mãos para cima enquanto nós apontavamos as armas.

- Vocês não vão querer fazer isso - Crowley disse antes que falassemos qualquer coisa - Eu sei como fazer ela desfazer tudo isso.

- Como? - eu perguntei sem abaixarmos as armas

- Kat, não cai nessa. Eu vou matar esse filha da puta - Dean disse engatilhando a arma

- Dean, eu não sabia do plano dela, eu quero a escuridão morta também, esqueceu? - Crowley se defendeu

- Fala - Dean mandou Crowley dizer o plano para rowena desfazer tudo aquilo depois de um tempo pensando

- Existe um objeto que prende as bruxas, fazendo elas se tornarem escravas de quem a prendeu, é raro mas é nossa única chance - ele explicou

- Que objeto? - eu perguntei

- Uma coleira mais especificamente.. - Crowley disse

- E onde achamos isso? - Dean perguntou

- Com Billie . Ela guarda um desses e ela me deve um favor então..

- A ceifeira? - Dean perguntou e Crowley assentiu

Saimos de lá antes que Rowena voltasse denovo e fomos em direção a Billie pegar o objeto.

---



Dean bateu no portão chamando por Billie, parecia uma fábrica abandonada e pelo que ele havia me contado, Billie não era muito fã dos Winchesters.

- Pois não Winchester? - ela disse ironicamente

- Você deve um favor a Crowley. A coleira de bruxas - Dean disse

- Então vocês agora trabalham para ele?

- Não mas ele deve para nós - eu respondi

- Entrem.. - ela disse abrindo mais o portão.


- Segurem - ela disse nos entregando uma caixa - Tomem cuidado com isso, é o único e raro. Para que querem isso exatamente? 

- Rowena - Dean disse - ela nos deve também

- Okay. Até um dia Winchesters - ela disse abrindo o portão

- Espero que não - Dean respondeu, afinal o sonho dela era ceifar os dois. 

E pegamos a estrada novamente. 



O celular de Dean começou a tocar e era Cas - Dean eu ainda não consegui entrar - ele disse

- Aguenta mais um pouco Cas - ele respondeu - Quando ela desfizer eu te ligo - e desligou



Chegamos no hospital e começamos a entrar ja com a coleira nas mãos que Dean pediu para eu segurar. Quando estávamos entrando na sala que eles estavam, Rowena já havía sentido nossa presença.

- Vocês acham que eu sou idiota? Que não escuto o que falam? - Ela perguntou

- A gente sabe que você não é - Crowley respondeu

- Então por que pensam que vão conseguir me prender? 

- Por que você bebeu o chá que eu servi a você - Crowley disse se referindo ao veneno que ele colocou no chá que ela estava bebendo uns momentos antes e ela começou a cair aos poucos ficando fraca. 

- Não se preocupe mamãe, você só vai ficar um pouco fraca para podermos dominar você.

Então Dean pegou a coleira e colocou no pescoço de Rowena enquanto ela estava de joelhos.

- Vocês acham mesmo que isso vai funcionar? - ela perguntou com raiva

- Vamos ver - Crowley disse - Fique de pé e fique pulando com um pé só. 

Ela resistiu por uns instantes, mas o objeto funcionou e ela se pôs em pé e começou a pular com um pé só.

- Droga! - ela exclamou enquanto pulava e Crowley mandou ela parar

- Vamos - Dean disse puxando o braço dela - Você tem muitos feitiços a desfazer.

Dean, eu e Crowley levamos Rowena para frente do livro e ordenamos que ela deixasse Cas entrar no inferno, então minutos depois ela fez o feitiço sem olhar para o livro.

- Toma, ligue para Cas, avise que ele pode entrar - Dean disse me dando o celular.

Me afastei e liguei para Cas avisando que ele podia entrar.  - Consegui - ele disse assim que entrou pela porta - Kat, venham logo - ele avisou e eu disse que iríamos.


- Vamos Rowena ache logo algo para impedir que Lúcifer use seus poderes e tire Sam de lá - Dean ordenou

- Esse preciso olhar o livro - ela disse

- É por isso que o livro está aí - Crowley respondeu e ela começou a procurar.



Ficamos algumas horas  ali sem notícias de Cas, até que Rowena disse ter encontrado algo.

- Então vamos, temos que libertar Sam - Dean disse

- Não só Sam - Rowena retrucou

- Como assim? - Dean perguntou assustado

- Ele prendeu Cas lá também, e está brincando de ping-pong com eles agora. - e ela sorriu

- Droga - Dean disse saindo dali 

- Dean, espera! - eu gritei - onde você vai? - e eu me aproximei dele

- Kat, você fica, você precisa ficar de olho nela. Eu vou salvar Sam e Cas

- E se ele te prender lá também?

- Então vocês precisam fazer o feitiço logo.

Ele disse e me beijou saindo dali em direção ao inferno.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...