História Supernatural - The Hunters - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles, Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Crowley, Dean Winchester, John Winchester, Lúcifer, Mary Winchester, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Dean Winchester, Jared Padalecki, Jensen Ackles, Sam Winchester, Sobrenatural, Supernatural, Winchesters
Visualizações 42
Palavras 864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus queridos ❤

Hoje a fic completa seu 30º cap, ou seja, 1º mês da nossa fic 😍
Com 36 favoritos já, vocês devem pensar que é pouquinho mas pra quem escreve é muito 💟
Minha fã mais fiel de mês foi a ~solei por que ela esteve presente comentando em todos os caps kkk, mas assim como todos os outros que comentaram ajudando eu a escrever melhor a fic, e que me ajudou a construír ela, eu adoro muito todos 😘😘
E continuem comentando por favor por que eu amo ler comentários hahaha AMOO

Obrigada a todos gente ❤❤❤

Boa leitura 😄

Capítulo 30 - A Procura De Um Anjo


Fanfic / Fanfiction Supernatural - The Hunters - Capítulo 30 - A Procura De Um Anjo

Quando recobramos a consciência estávamos meio atordoados, Rowena estava morta ali no chão e Cas/Lúcifer havia sumido com Crowley. Subimos no carro e voltamos para o bunker, sequer pegamos Rowena, aquela praga merecia apodrecer ali, não nos daria mais dor de cabeça..

Chegando no bunker Chuck nos curou de nossas feridas. Ele pareceu ficar bem bravo ao saber que Lúcifer estava solto também - escuridão e Lúcifer soltos? - ele estava com medo, pois é, Deus com medo.

 Fui direto para meu quarto que tem uma suíte para tomar um banho, estava detonada, não dormíamos a mais ou menos 2 dias. Com a correria toda acabei nem respondendo Dean depois da declaração de amor que ele me fez, e eu estava me sentindo bem triste por deixar ele no ar praticamente, mas eu iria descansar antes de tudo.

Entrei na água e deixei escorrer pelo meu corpo que parecia mais uma massagem, quase dormi em baixo do banho de tanto cansaço.

Quando sai Sam apareceu no quarto dando boa noite e disse que Dean estava se revirando no quarto tentando dormir. Eu me troquei e decidi ir dormir com Dean, acho que ele estava meio perturbado pelo ocorrido com Lúcifer e Cas.

----


- Oi - Eu disse dando dois toquinhos na porta do quarto 

- Oi Kat - ele disse se virando para mim que entrei fechando a porta e sentei ao lado dele.

- Ta tudo bem? - eu perguntei passando a mão sobre seu cabelo

- Vou ficar melhor se você dormir comigo

Eu dei risada e me deitei na cama com ele, que me cobriu e me abraçou ficando de "conchinha", antes mesmo que eu pudesse dormir já senti que ele havia apagado e eu fui logo em seguida.



Acordamos pela manhã seguinte e eu fui até o banheiro de Dean lavar o rosto, Quando me voltei ele estava acordado e olhando para mim. Eu deitei ao lado dele novamente que me abraçou mas dessa vez de frente, eu me sentia sob a guarda de algo protegida em seus braços que me cobriam e envolvia meu corpo todo, e fiquei ali por um tempo só olhando para ele e ele me olhava de volta.

- Dean eu ainda não respondi o que você me disse outro dia sobre me amar - eu disse

- Não Kat, eu posso ver em todas as suas ações como você me ama, nenhuma palavra é capaz de dizer melhor do que isso. A menos que você não me ame mais - e ele riu

- Eu amo seu idiota, e vou te ajudar a vencer a escuridão ok?. - e dei risada fazendo ele sorrir de volta e beijando ele em seguida com um selinho demorado. 

Descemos na cozinha para dar bom dia a Sam e Chuck que ja havia feito o café  e estava olhando o Notebook. 

- Achou algo de Cas? - Dean perguntou

- Eu achei um caso na verdade - Sam disse 

- Você está procurando um caso ao invés de procurar Cas?

- Dean, eu achei aqui por um acaso então não custa vermos.

- Custa sim! - Dean disse ficando irritado - e se Cas aparecer?

- A claro, por que o Lúcifer vai vir no bunker nos fazer uma visitinha - Sam disse ironizando

- Chega vocês dois - eu disse interrompendo a briga - Vamos dar uma olhada, talvez encontremos algo importante 

- E eu? - Chuck perguntou

- Você fica aqui ainda!

- Okay..

Dean fez uma careta mas seguiu até o Impala emburrado e fomos verificar. Se tratava de um grupo de cristãos que haviam morrido ao estarem pregando a palavra. Era cara de Lúcifer isso.

---

- Os olhos deles tinham sangue, e alguns nem tinha mais olhos - O policial nos disse.

Nos aproximamos de uns corpos para ver se encontravamos algo e em um dos corpos havia uma mensagem.

" Eles queriam Deus ali, Eu também quero. Minha intenção não é matar alguém, mas talvez assim ele me enxergue "

- Escuridão.. - Dean disse olhando para nós e fazendo uma cara de inconformado e eu agora sentia raiva só de ouvir o nome daquela "mulher". Ciúmes? Talvez. Sim, estou sentindo ciúmes de um ser que eu nem sei o que seria exatamente.

- Alguma pista? - Sam perguntou

- Não.. 



Voltamos embora para o bunker já que havíamos achado o culpado do caso. 

Quando entramos vimos Chuck andando de um lado para outro meio nervoso.em frente a tv.

- Que foi? - eu perguntei

- Rowena..

- O que?

- Rowena ta viva e ta com a escuridão

- Se ta brincando?

- Não.. e ele apontou para a tv que passava um notíciario sobre o caso que tínhamos acabado de ir verificar, e o reporter estava conversando com duas supostas mulheres que passaram pelo lugar na hora do acidente, e por uma coincidência era Rowena e a escuridão que se identificava como Amara, elas diziam ser testemunhas.

- Vadias! - Dean exclamou bravo e eu apenas o olhei.


" De onde vocês são? - o repórter perguntou a elas

Carolina do Sul - Rowena respondeu - estamos indo para lá agora inclusive - e piscou para a câmara"

- Vocês viram? - eu perguntei  para Dean e Sam apontando para a tv

Sam assentiu e respirou fundo

- Vamos para Carolina do Sul?

E já estávamos na estrada novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...