História Supernatural 2.5 - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Abaddon, Bobby Singer, Castiel, Crowley, Dean Winchester, Ellen Harvelle, Meg Masters, Personagens Originais, Sam Winchester
Visualizações 41
Palavras 1.633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Cada um para o seu lado.


Fanfic / Fanfiction Supernatural 2.5 - Capítulo 10 - Cada um para o seu lado.

POV Allysa:

Estava só eu num hotel, que tínhamos pagado para ficar.

Alex: Oi amor.

Allysa: Alex??!

Alex: É eu voltei.-E seus olhos ficaram pretos.

Allysa: É, voltou da pior forma possível.

Dean: Cheguei.

Alex: Esse é o Dean, tanto falado não é?

Allysa: Dean, Esse é o Alex meu EX-Namorado.-Digo pegando água benta e sal.

Dean: Olá Alex.-Ele diz pegando uma pistola com munições de sal.

Alex: Você é tão falado, nos pensamentos da minha amada.

Allysa: Perai, você lê minha mente?

Alex: Talvez sim, talvez não.

Dean: Que bom, que sou falado Bastante.-Nos dois fizemos um círculo em volta dele de sal.

Alex: Olha que casal bonitinho.

Allysa: Vai toma no teu cu Alex.

Alex: Minha amada, sempre teve boca suja.

Dean: Isso eu tenho que concordar.-Depois disso ele estrala seus dedos e Aparece mais 3 demônios, eles nos jogam na parede e desfazem o círculo de sal.

Alex: Obrigada Amigos.

Dean: Olha ele não sabe trabalhar sozinho.

Alex: Cala boca humano inútil, agora sim vamos começar.-Ele diz pegando uma faca e cortando o braço esquerdo do Dean.

Dean: AAAAAAAAAA FILHO DE UMA.....

Alex: Uma Oque?

Dean: De uma puta, mal parida.

Alex: Acho que a única aqui mal parida é a sua mãezinha, que teve que fazer um acordo com o nosso amigo, não é?

Dean: Não fala da minha mãe, seu viado.-Ele diz conseguindo desprender seus pés da parede e empurrando o Alex para longe.

Alex: Volta, não faça isso.-Ele diz empurrando o Dean para a parede novamente

Dean: Eu faço Oque quiser, seu viado. Alex o Viado.

Alex: Oque você disse?-Ele diz jogando uma faca na perna de Dean.

Allysa: Da para parar? Seu showzinho já acabou.

Alex: Agora amor? Eu acabei de começar.-Ele diz levantando a camiseta do Dean e fazendo outro corte no seu abdômen.

Alex: Vou ter que falar em, que Abdômen. Vou começar a malhar para a minha querida.

Allysa: Não precisa se esforçar por mim, se esforça lá pro seu Inferno.-Depois disso ele vem e corta meu braço.

Dean: O Alex o Viado, Deixa ela.

Alex: Olha o respeito.-Ele diz tirando o seu ar.

Allysa: DEIXA ELE EM PAZ.

Alex: Ele é seu ponto fraco querida? Então vamos lá.-Ele diz dando socos na cara dele.

POV Dean:

Dean: Da pra voltar pro seu inferno?

Alex: Cale a sua boca.

Dean: Não, a boca é minha e eu faço Oque quiser com ela.-Logo sinto meu ar esgotando, quando estava vendo embaçado só ouço Allysa.

Allysa: Exorcizamos te, omnis immundos spiritus.

Omnis satânica potestas, omnis incuriso infernalis adversarii.

Omnis legio, omnis congredatio et secta diabólica.

Ergo...

Perditionis venenum propinare. Vade, satana,

Inventor et magiester omnis fallaciae. Hostis humanae salutis.

Humiliare sub potengi manu dai. Contremisce et effuge.

Invocato a nobis sancto et terrible nomine. Quem inferi tremunt...

Ab insidis diaboli, libere nos, domine. Ut eeclesiam tuam secura tibi facias,

 Libertate servire, te rogamus, audi nos Bitch.

Alex: Allysa, sempre bancando a inteligente, mas sabe que isso não vai acabar comigo.

Allysa: Isso eu sei, mas seus capangas foram embora, não sabe nós matar agora sem eles.

Alex: Eu sei sim, é só matar esse idiota e você não vai aguentar.

Allysa: Na verdade, eu vô fica na mó depre mas vou ficar viva ele não é meu coração.-Depois disso volto ao normal, e vejo o corpo dele jogado no chão.

POV Allysa:

Allysa: Você tá bem?

Dean: Eu que dívia te perguntar isso, seu namorado morreu.

Allysa: É tanto faz.-Eu levo ele até a cama e limpo seus cortes e costuro-os

Allysa: Consegue ir tomar banho sozinho?

Dean: Não, Quero sua ajuda.

Allysa: É, mas vai ficar querendo.

Dean: Nossa, se eu morrer no chuveiro?

Allysa:Melhor pra mim.

Dean: Chata.-Ele vai até o banheiro e toma seu banho, enquanto ele tomava eu costurava meu braço que o Alex tinha cortado. E realmente Dean tinha um abdômen e tanto.

Escuto um barulho estranho vindo do banheiro, parece que algo tinha caído.

Dean: Aí caralho.-Ouço Dean dizendo, vou ao banheiro não dívia mas vai ver que aconteceu algo.

Allysa: Dean tá tudo bem aí?-Ele não me responde, abro a porta e vejo ele jogado no chão do box.

Allysa: Aí meu Deus.-passo meu braço por volta dele e deixo o em pé, Oque foi mais difícil, e Puta que pariu que corpo em.

Eu o enxugo e coloco roupa nele, e sim eu tive que fazer isto. 

Levo ele até a cama e o coloco na mesma, vou ao banheiro e tomo meu banho rápido e coloco meu pijama, saio do banheiro e vejo que ele ainda não acordou, vou até a cozinha e faço uma pipoca para mim mesma, uma pipoca doce, vou até a cama que ele estava deitado e coloco um filme qualquer.

Quando o filme acaba,vou até a cozinha e deixo a pipoca lá, eu fiquei sentada na cama, passando os canais. Eu fiquei pensando no que Alex disse "Ele é seu ponto fraco querida?" Eu tinha um puta medo de um desses três morrer, eu virei de frente para ele que ainda estava desacordado, e pensei novamente será?

Eu faria qualquer coisa para salvar esses três, mas já não sei oque eles fariam. Esse é meu maior medo, eu me importar muito com a pessoa e a pessoa está pouco se fudendo para mim. Olho para ele Denovo e me deito no seu peitoral. Porque eu fico tão segura com ele?

POV Amy:

Chegamos no hotel e nos deparamos com uma cena linda.

Amy: Olha que casal lindo.-falo sussurrado para Sam.

Sam: Verdade.-Sam vai e toma seu banho e depois sai, e que por sinal sai sem camiseta só de calça, saio Daquele quarto o mais rápido possível, porque se fosse por mim eu o agarraria agora. Tomo meu banho e coloco meu pijama, quando saio vejo Sam com uma careta estranha, ele estava passando sua mão mão na suas costas.

Amy:Você tá bem?

Sam: Sinceramente?

Amy: Sim.

Sam: Não, tô com uma dor insuportável nas costas.

Amy:Vem cá.-Como eu pedi ele veio e se levantou, olhei e estava toda vermelha.

Amy: Meu Deus Sam! Oque você fez?

Sam: Nada, eu só cai.

Amy: Nossa só caiu, mas aonde?

Sam: Numas cadeiras.

Amy: Então isso explica isso.-Digo passando as mãos pelas suas costas.

Sam:AIII.-Ele diz gritando baixinho.

Amy: Desculpa.

Sam: Tudo bem.

Amy: Já sei, já volto.-Eu digo indo até a minha mala e pegando uma pomada anti-inflamatória.

Sam: Oque é isso?

Amy: Uma pomada.-Ele não respondeu e deu de ombros, eu passei a pomada nas suas costas.

Amy: Você vai ter que dormir de bruço.

Sam: Tá.-Ele diz indo ao banheiro e escovando os seus dentes, logo depois que ele sai eu vou, depois que faço tudo vou e deito na cama e pego no sono.

POV Allysa:

Eu acordei bem cedo, mas bem cedo mesmo 06:30, nem eu sei como eu acordei esse horário,Dean ele já havia acordado desde que ele desmaiou, ele me acordou de madrugada.

*Madrugada 3:21*

POV Dean:

Eu Acordei assustado, sinto algo pesado em cima de mim, quando olho vejo Allysa fazendo eu de travesseiro,eu não queria Acorda-la mas não deu muito certo.

Allysa: Acordou?

Dean: Acho que sim, perai eu não tava no banho?-Varias coisas passaram pela minha cabeça, mas nenhuma se encaixava.

Allysa: Ah sim, eu te trouxe aqui, você desmaiou lá no box, e eu teve que te trocar e te trazer aqui na cama, acho que você desmaiou porque perdeu muito sangue.-Fiquei com o rosto corado, eu estava com muita vergonha.

Dean: Ééé................ Obrigado.-Digo quase Gaguejando.

Allysa: Não há de quê.-Ela dá um sorrisinho e em troca eu dou outro, ela ia sair de cima de mim, mas eu a impesso a trago de volta e faço ela deitar denovo, ela não liga e se deita Denovo.

POV Allysa:

Tomei meu banho e arrumei minhas coisas, sim eu ia deixá-los, mas pelo bem deles, escrevi 3 bilhetes e deixei no travesseiro de cada. e nele dizia:

Amy: Oi mana, queria te dizer uma coisa: não fica triste se eu fui embora, mas foi belo bem de vocês três, e não deixe esse dois fazerem merda, ok? E saiba que eu te amo muito, minha maninha idiota ❤ -sim eu desenhei um coração.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Sam:Oi Sam, Quero que você cuide bem da minha irmãzinha, e não deixa ela fazer qualquer coisa ruim e se ela te falar algo estranho, não ligue ela é estranha mesmo desde pequenina, Cuida muito bem dela mesmo, se você não cuidar eu volto e te bato, e se vocês se casarem sem me dizer eu mato vocês dois.❤-Sim eu desenhei um coração, Denovo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Dean:Oi Idiota Ou melhor. Oi Amor, Quero te dizer que vou sentir saudades sua mas muita saudade idiota, eu vou ficar fora uns dias, ou meses, ou anos só peço que você nao fiquei triste, porque não gosto de ver você triste, não gosto mesmo, eu Quero que você junte a Amy e o Sam, e Faça qualquer coisa que não lembre de mim, e também não deixe minha irmã me procurar, estou indo embora pelo bem de vocês três, eu só quero o seu bem mesmo que não pareça, mesmo que pareça que eu te odeio mas não, eu gosto muito de você, quando te vi pela primeira vez saberia que você seria um idiota importante na minha vida, ou talvez não, isso era só para parecer fofinho Oque eu não consigo fazer por sinal, é um dia você vai ter que me Agradeçer por ter tirado do banheiro.-Dou uma Risadinha-E não venha atrás de mim. Te Amo MEU Idiota ❤-Eu desenhei Denovo.-Sai silenciosamente do quarto e fui em direção ao meu carro, entrando em seguida e dando a partida, para um lugar bem longe de lá.

Você deve estar se perguntando: você é Idiota ou Oque? Vocês não entendem, todos que estão em volta de mim, as pessoas que eu amo sempre morrem, e não Quero que o Dean,Amy e o Sam morram. Eles não vão morrer se eu tiver bem longe deles.

A maioria deve achar que é drama, bom vamos começar: Meu pai e minha mãe morreram, depois minha colega, 2 semanas depois morreu um cara que eu fiquei e a última morte foi do meu melhor amigo Matheus. É isto não é drama, isto é o medo das pessoas que eu amo morrerem, se eu tiver por perto todo mundo morre, mas se eu estiver bem longe deles ninguém morre.










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...