História Surgiu Amor - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Kagome, Personagens Originais, Sesshoumaru
Tags Crime, Policial, Romance, Sesshyxkah
Exibições 173
Palavras 652
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente desculpa a demora, estou com bloqueio para escrever essa fic, então ela pode demorar para ser atualizada.
Obrigada aos favoritos e comentarios...
Boa Leitura

Capítulo 8 - Sim, aceito


Kagome

Passei os últimos dias fazendo sempre a mesma coisa queria ter uma pista do assassino que vem nos causando tanto problemas, mas nada, só sabia que tinha ligação com Sesshoumaru, mas o motivo dessa ligação era desconhecida, Sesshoumaru passou a investir em mim mesmo estudando, aprendeu muita coisa e até começou a trabalhar em uma loja de produtos agrícolas, não era bem o que ele queria mais serviria por enquanto, hoje após mais de um mês de insistência dele, resolvi aceitar esse pedido de namoro dele e quem sabe repetir aquela noite magica que tivemos, mesmo bêbada naquele dia eu me lembro com nitidez do carinho e atenção que recebi dele.

- oi, como foi o dia? – perguntei, hoje resolvi buscar ele nas aulas.

- oi, foi tranquilo, falta pouco agora, estou avançando rápido. – disse Sesshoumaru.

- que ótimo, estava pensando em fazermos algo diferente hoje a noite, o que acha? – perguntei sem olha-lo, estava dirigindo para casa.

- claro, o que tem em mente? – perguntou colocando sua mão em minha perna.

- hm, um jantar em um restaurante que gosto dessa vez sem bebidas alcoolicas, quero ficar sã hoje. – disse sorrindo.

- e depois o que quer fazer? – perguntou se aproximando de mim.

- você vai descobrir na hora, agora pare de tentar me seduzir, estou dirigindo. – disse seria, ele se calou e se sentou direito, chegamos em casa e almoçamos depois ele foi trabalhar e eu fiz o mesmo, no departamento tudo foi tranquilo e finalmente conseguimos uma pista de quem foi o maldito que atropelou meu irmão, mais só poderíamos lidar com isso amanha, pois levaria o dia inteiro, terminei o trabalho e fui para casa, Sesshoumaru já estava lá, fui direto para meu quarto, tomei um banho e coloquei um vestido vermelho, fiz uma maquiagem e prendi meu cabelo de lado, coloquei uma sandália de salto e sai do quarto.

- esta maravilhosa. – disse Sesshoumaru, sorri boba para ele.

- obrigada. – respondi, seguimos caminho para o restaurante.

A noite estava sendo bem agradável, jantamos entre risos e conversas descontraídas, voltamos para casa e ao entrar pela porta tirei minha sandália a jogando em qualquer canto da casa, olhei para Sesshoumaru e ele me observava nervoso.

- algum problema? – perguntei, ele suspirou, estava ficando com medo do que ele falaria.

Sesshoumaru

Depois do jantar e chegamos em casa fiquei muito nervoso, eu não queria receber um não mais precisava tentar, precisava fazer esse pedido, Kagome me mostrou um mundo novo e esta sendo muito especial para mim, sei que estou apaixonado por ela e não vou negar, só quero poder conquista-la e ama-la novamente como naquela noite.

- eu preciso te perguntar uma coisa. – disse a olhando.

- pode perguntar, esta me deixando preocupada. – disse Kagome, segurei sua mão e ela me olhou confusa.

- você aceita namorar comigo, eu preciso dessa resposta hoje, já não aguento mais essa duvida. – disse nervoso, ela me olhou e sorriu, se aproximou mais de mim.

- sim, eu aceito. – disse sorrindo, meu sorriso apareceu livremente, estava feliz, finalmente tenho a mulher que queria a meu lado.

- ainda bem, quem sabe futuramente a gente não se casa. – disse sorrindo.

- quem sabe, tudo tem seu tempo Sesshoumaru, vamos aproveitar o nosso namoro e da melhor forma possível, me leva para o quarto e faz amor comigo. – disse em meu ouvido, ela não precisou falar duas vezes, a peguei no colo e a carreguei até seu quarto no estilo noiva, essa noite iremos nos perder no corpo um do outro, ela já me conhece e eu a conheço, mais quero explorar esse corpo e até sua alma, eu quero saber muito mais sobre essa mulher que tenho em meus braços e que desejo amar para o resto da minha vida, mesmo que seja difícil convence-la de me amar assim agora, mais com o tempo irei conseguir esse feito, a se vou.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Beijos e até...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...