História Surpresa do destino - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Romance
Exibições 3
Palavras 489
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


" Ele consegue controlar minhas expressões apenas de me olhar, não sei se é medo mais que sinto, na verdade não sei mais oque sinto."

Capítulo 7 - Capítulo 7- A casa da floresta


Fanfic / Fanfiction Surpresa do destino - Capítulo 7 - Capítulo 7- A casa da floresta

Acordei com minha mente no ontem. Sonhos, pesadelos e alucinações, minha mente tá ficando uma bagunça. Decido caminhar um pouco, então me levanto lavo o rosto como algo e saio de casa, hoje o dia tá nublado, mas não parece que vá chover. Depois de algum tempo chego ao pequeno parque perto de minha casa, dele já consigo ver o início da trilha que peguei ontem com Daniel, decido ir ao lago e assim o faço. Começo a andar entre as árvores, minha mente está confusa com tudo, sei que são sonhos mais é tudo tão real, eu realmente não sei mais oque pensar, isso tudo me apavora um pouco. Depois de um tempo perdida em meus pensamentos percebo que chego perto de uma casa, era robusta e com enormes janelas. Ontem não me lembro de ter visto ela, ontem eu não vi ela. Devo ter me perdido. Ótimo Annye perfeito. Caminho mais um pouco e chego a imensa porta e decido bater, não tenho resposta. Não deve ter ninguém morando aqui, me viro e começo a andar.
(??)- Está meio longe de casa não?
Escuto uma voz atrás de mim, me viro. Vinicius estava encostado na parede da casa. Uma sensação de medo percorre meu corpo. Mas porque estou com medo? Seus olhos estavam parados em mim e em um estante me senti corar. Ele causa um grande efeito em mim, mesmo não o conhecendo e mesmo não gostando muito desse fato.
(Annye)- Estava indo a um lugar mas acabei me perdendo, disculpa.
Calma ai porque to me desculpando com ele?
Ele sorri com isso.
(Annye)- Quando vi a casa pensei em pedir alguma informação de como ir embora.
(Vinicius)- Quer que eu te acompanhe?
Exitei um pouco antes de responder.
(Annye)- Se não for pedir muito.
Ele veio em minha direção e começamos a andar.
(Vinicius)- Não se pode entrar sozinha em um lugar como esse sabia?
Ele parecia nervoso com algo, me encolhi com sua pergunta, acho que ele percebeu pois suavizou mais sua feição.
(Annye)- Vim a um lago tem aqui ontem e pensei  que poderia refazer o caminho, mas pelo que vi me enganei.
Depois que disse isso sua expressão era de surpresa, mas como ela veio, ela se foi e seu rosto ficou sério novamente.
(Vinicius)- Entendo.
Acho que fiquei o olhando demais, pois acabei enrolando um pé em  uma raiz e cai, mas não senti o chão. Abri os olhos e Vinicius tinha me segurado, ele estava muito perto, perto o suficiente para conseguir sentir sua respiração, era fria. Quando pude perceber ele já tinha me soltado e colocado uma boa distância entre a gente.
(Vinicius)- Pode prestar mais atenção?
Não o respondi, e comecei a prestar extrema atenção no chão, depois disso o silêncio predominou pelo resto do caminho. Depois de um tempo chegamos a minha casa.
(Annye)- Agradeço por me trazer.
Me virei para olhá lo e ele tinha sumido.


Notas Finais


Obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...