História Surprises Of Life (Imagine Kim TaeHyung) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Imagine Taehyung, Personagens Originais, Romance
Exibições 35
Palavras 1.722
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura!

Capítulo 13 - Kristine (Parte - 3)


Fanfic / Fanfiction Surprises Of Life (Imagine Kim TaeHyung) - Capítulo 13 - Kristine (Parte - 3)

- Vou te apresentar aos outros enquanto aqueles dois se matam... - Akira passou a mão pelos meus ombros e me guiou até uma ruiva muito fofa - Esta é Jung Emi, namorada do Daichi... - ela sorriu tímida e me abraçou, Emi é branquinha de olhos castanhos avermelhados e deve ter no mínimo 1.72cm de altura - Aquele com a cara fechada é o Kazumi Dietrich... - ele apontou para o cara que mandou os meninos saírem de casa - Aquela ali é a vovó do clã Yamazaki, Gina Franz... - a mulher olhou para gente, fazendo Akira evacuar um pouco para trás - Ela é vampira... - Gina é parda do cabelo cacheado da cor chocolate, seus olhos são castanhos avermelhados e é a pessoa mais baixa que conheci até agora - Aquela ali que está abaixada é a Reiko Shemes... - olhei para a garota na mesma hora: ela é branca de cabelos acinzentados mais claros que o meu, olhos castanhos avermelhados e concerteza é uma vampira - E a garota que está vindo na nossa direção se chama Haruka Cornér, nós dois somos os únicos lobos do clã Yamazaki - Haruka é bronzeada de olhos castanhos escuros e cabelo chocolate com mechas loiras.

- JÁ CHEGA VOCÊS DOIS - segui a voz que gritou e vi que era Gina.

- Ela ficou nervosa... - Haruka comentou assim que ficou do meu lado, ela deve ter no mínimo a altura do Jimin - Você é a nova namoradinha do Tae? – franzi o cenho com o tom de voz da loba e encarei ela.

- Deixa de ciúmes Haru - Akira falou e a garota revirou os olhos.

- Eu não estou com ciúmes bobão, só estou curiosa para saber quem será a próxima idiota do TaeHyung, devo dizer que novamente ele não teve sorte.

- Com quem você pensa que está falando garota? - me soltei de Akira e fiquei frente a frente com a loba.

- Calma fofa, venha aqui... - Akira me puxou para trás e ficou na minha frente - Haru, não provoca quem tá quieto.

- Vai se ferrar Akira - a loba empurrou o moreno para o lado e saiu batendo o pé.

- Desculpa por isso baixinha - Akira bagunçou meus cabelos, porém eu estava nervosa com o que aquela sem noção disse.

- "Haruka não toma jeito mesmo" - olhei para ele e depois na direção que a garota foi.

- Algum problema? - Tae ficou atrás de mim, mas eu continuei olhando para onde a loba foi.

  Kris Off

  TaeHyung On:

- Não é nada hyung, é apenas a Haru fazendo birra – Akira foi chamado por Daichi e saiu correndo até o líder dele.

Kris continuava olhando para o nada muito pensativa, fato que fez eu ficar curioso e parar em frente a ela.

- Que cara é essa?

- Nada TaeHyung... – ela deu de ombros e se virou procurando algo ou alguém – BAN – Kris gritou e o bruxo veio correndo até nós.

- Aconteceu alguma coisa? – Ban perguntou olhando para mim e eu fiz cara de desentendido.

- Onde sua tia mora? – olhei para Kris e a mesma perecia irritada.

- Espera... – Ban colocou as mãos no bolso e tirou um cartão roxo – Aqui está o endereço dela.

- Ela é vidente? – Kris franziu o cenho olhando o cartão.

- Podemos dizer que sim, ela é uma bruxa.

- Ah entendi... – Kris guardou o cartão no bolso de trás da calça e pegou o celular – Já volto.

Fiquei observando Kris se afastar e quando ela saiu do meu campo de visão, resolvi entrar e pedir mais explicações para Akira, já que eu continuava não entendendo o que tinha acontecido.

- Tá com fome V? – Daichi perguntou enquanto Emi limpava a boca do vampiro com um algodão.

- Um pouco – me sentei no sofá e estalei meus dedos.

- Tae, você arrumou outra namorada brava – Akira me entregou um copo com sangue.

- Como assim Kira? – bebi o sangue e o lobo sentou ao meu lado.

- Haruka queria provocar e conseguiu – Reiko falou sorrindo.

- Eu não sei o que essas garotas bonitas vê em você TaeHyung... - dei um soco fraco no lobo e o mesmo começou a gargalhar – Vou conversar com aquela sem noção – Akira se levantou e saiu da casa novamente.

- Pode parecer estranho o que vou dizer mas... – olhei para Daichi esperando ele continuar falando – Sinto que conheço a sua namorada.

- Eu também tive essa sensação – Dietrich cruzou os braços pensativo.

- Que coisa estranha – Ban falou e bebeu um copo de suco.

  TaeHyung Off

  Kris On:

Me afastei da mansão dos Yamazaki e digitei o número da minha mãe.

 Ligação On:

- Mãe?

- Oi filha, tudo bem?

- Sim e você?

- Bem também.

- Mãe, você está em casa?

- Não, estou no hospital com seu pai.

- Hospital? O que o senhor Sook aprontou dessa vez?

- Você sabe como seu pai é né filha? Ele foi inventar de subir em uma janela alta com uma escada e acabou caindo.

- Mas ele está bem?

- Sim, ele apenas quebrou o braço.

- Em que hospital vocês estão?

- Por que quer saber Kris?

- Eu estou em Busan mãe.

- Desde quando?

- Desde de hoje mais cedo, vim com um amigo.

- Amigo? Hum... sei, é aquele rapaz filha?

- Quem mãe?

- Primo da Park.

- TaeHyung?

- Esse mesmo, é ele?

- Sim mãe.

- Hum... eu quero conhecer esse rapaz filha.

- Outro dia você conhece mãe.

- Ok, vou buscar o endereço e te mando por mensagem.

- Ok mãe, até daqui a pouco.

- Até filha.

 Ligação Off

Guardei meu celular e senti braços me envolverem, V apoiou o queixo no meu ombro e me apertou contra si.

- Está com raiva de mim pequena?

- Por que eu estaria com raiva de você Tae?

-Sei lá, é isso que eu quero saber.

- Relaxa, eu não estou com raiva de você amor... – me soltei e dei um selinho no loiro – Eu vou ter que ir no hospital.

- Por que? – V franziu o cenho enquanto me segurava pela cintura.

- Meu pai quebrou o braço e eu falei com a minha mãe que ia até o hospital.

- Amor, não acha que já está ficando tarde para isso?

- Não... – sorri e apertei o nariz dele – Minha mãe provavelmente vai me obrigar a dormir na casa dela então não me espere.

- Então nesse caso serei obrigado a te visitar à noite – Tae levantou o queixo com um biquinho fofo.

- A janela talvez esteja aberta – falei como quem não quer nada.

- É mesmo? – nos aproximamos e demos alguns selinhos que logo se aprofundaram, até eu escutar a loba correndo por ali, me afastei suspirando e revirei os olhos – Você fica tão fofa com ciúmes Kris.

- Você não vai mais me chamar de fofa quando eu agredir aquela garota.

- Aigoo – Tae gargalhou e me deu um abraço de urso.

- Você está me esmagando – falei com dificuldade e o garoto continuou rindo.

- Desculpa interromper o casal mas hyung, o Daichi está te chamando, ele disse que é algo sério – Ban estava corado e eu acabei rindo.

- Já estou indo Ban.

- Eu vou indo Taetae, depois a gente se fala – tentei beijar a bochecha dele, porém o vampiro virou o rosto e acabamos beijando na boca mesmo.

- Se cuida.

- Você também.

  Kris Off

  Autora On:

Kris chegou no hospital e encontrou seus pais na entrada do local, eles se comprimentaram com abraços e resolveram ir até um restaurante para jantar, nesse momento a garota agradeceu mentalmente por ter finalmente aprendido a controlar sua sede por sangue. Já havia se passado mais de duas semanas desde quando foi transformada mas para a garota, era como se tivesse nascido para ser vampira, até mesmo TaeHyung ficou impressionado com o desempenho dela.

Quando os Albuquerques saíram do restaurante, já era quase 23:00h da noite, a vampira falou convenceu os pais que ela precisava fazer uma coisa mas que logo iria voltar para casa, eles permitiram graças a hipnose que ela aprendeu recentemente com TaeHyung.

- “Você aprendeu isso tão rápido, é como se já soubesse” – TaeHyung comentou assim que percebeu que Kris havia aprendido aquela habilidade.

Karla estava ansiosa para saber o que havia ocorrido no passado e assim que deu 23:10h da noite, ela saiu de casa usando uma capa, calça e blusa de manga, todas as suas vestimentas eram de cores escuras. Ela nem percebeu que estava sendo seguida pela vampira de cabelos acinzentados.

- Achei que não viria mais – Samantha falou assim que a bruxa saiu de sua ferrari 458 italia vermelha.

- Achou mesmo que eu perderia essa oportunidade? – Karla travou o carro e entrou junto com Samantha na mansão dos D’Angelo.

Kris ficou em uma distância considerável, ela sabia que os vampiros provavelmente sentiria seu cheiro, mas ela precisava arriscar.

- Vamos começar logo com isso... – Enzo se endireitou em sua poltrona e olhou para Samantha – Pode falar.

Samantha contou tudo o que havia acontecido no ano de 2000 e nenhum deles notaram a presença de Kris, somente Ícaro sabia que a vampira estava por perto mas ficou na dele, pois não desconfiava que ela estava conseguindo ouvir tudo.

- ...Até que ela conheceu a filha da hibrida e passou a conviver com o clã Kim.

- Quem diria que Kristine D’Angelo iria se dar tão bem com o clã que ela odeia com todas as forças – Enzo já havia secado uma garrafa de sangue satisfeito.

- Onde está o selo Karla? – Jasper perguntou e recebeu a atenção de todos – Eu conheço o seu serviço e sei muito bem que você marca as pessoas quando o assunto é apagar ou colocar memórias.

- Está na costela direita dela, o significado das frases é a magia que eu utilizei.

- Não sabia que bruxos precisava marcar as pessoas – Arienne falou depois de ter ficado calada o tempo todo.

- Só alguns usam – Jasper respondeu e ficou encarando um ponto qualquer da enorme sala de estar.

Não muito longe dali, a vampira estava muito surpresa com o que havia descobrido.

- “Eu sou Kristine D’Angelo”.


Notas Finais


Meus amores, eu gostaria de saber o que estão achando da fanfic.
Ficarei muito feliz em saber a opinião de vocês!!!
Desculpem os erros e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...