História Survivors Runners - Mabias - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Apocalipse, Aventura, Baekhyun, Bangtan Boys, Bias, Big Bang, Bts, Chwe, Exo, Fim Do Mundo, Got7, Jaeho, Kpop, Madtown, Mark Tuan, Misterios, Monsta X, Seventeen, Taehyung, Top, Twice, Tzuyu, Wonho
Exibições 6
Palavras 1.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oooe gente, desculpa a demora!
Me perdoem, não me matem...
Espero que gostem desse capítulo.
Tenso.

Capítulo 10 - A Reunião


Fanfic / Fanfiction Survivors Runners - Mabias - Capítulo 10 - A Reunião

A reunião – The meeting

Mari acabou de explicar tudo para Mi-Cha e Ava, sobre os garotos, como eles chegaram e que ela estava aliviada que nada tinha acontecido de ruim com as duas durante esses cinco dias que passaram fora. Ava ficou ao lado da máquina a analisando, depois disso, com todos a encarando, Ava começou a falar.

— A máquina pode mesmo precisar de ajuda para ser finalizada... — disse ela.

— Já que eles são fortes, servem direitinho para trocar as peças sem nenhum esforço. — falou Naomi encarando Wonho, que logo desviou o olhar para a máquina.

— O que podemos fazer para ajudar? — perguntou Baekhyun com uma sobrancelha levantada.

— Trocar as peças, como eu disse. — Naomi falou novamente encarando todos e fazendo uma pose de exemplar.

— Podem fazer mais coisas também como; encaixar outras peças que estão faltando, consertar aquilo que está quebrado, achar combustível para que ela possa voar, montar algumas partes que estão faltando nela. — disse Ava, olhando a máquina com atenção, cada cantinho dela.

— Bom... Quando começamos? — pergunta Jaeho.

Ava o encara, em seguida vai até a mesa que havia lá com ferramentas, pega uma chave de fenda.

— Podem começar... Agora. — ela lança a ferramenta para Jaeho, que quase deixa cair, mas, segura.

[...]

 

Todos estavam fazendo algo para ajudar na máquina. Tirava peças, botava peças. Pegava ferramentas, largava as ferramentas. Cada um com seu jeito de montar. Ava foi para o lugar onde tinha combustível, mas, só havia dois ali... Não daria nem para ligar metade da máquina, quando ela ficasse pronta.

— Mari... Não temos combustível suficiente. — reclamou Ava, chegando para perto da amiga que estava usando uma máscara, uma luva e um soldador na mão, passando com cuidado na máquina.

Mari não ouviu e continuou usando o soldador.

— Mari. — disse Ava ao seu lado, mas, Mari nem deu sinal de que tinha ouvido. — Mari!

— O que? — disse Mari surpresa levantando a máscara e desligando o soldador.

— Não temos combustível suficiente para quando a máquina ficar pronta. — disse Ava mais uma vez, Mari balançou a cabeça confirmando mostrando que entendeu. — Bom, eu acho que vai demorar alguns dias para finalizar essa belezinha aqui... Mas, é melhor mandarmos alguém para procurar combustível agora, do que ficar sem depois.

— Boa ideia... — diz Mari. — Temos que fazer uma reunião sobre isso.

— Quando acabar todo o trabalho por aqui e ficar de noite... Vou falar com o pessoal. — fala Ava, olhando todos que estavam trabalhando em união e sem nenhum problema.

[...]

 

Já tinha passado algumas horas e Mari decidiu que era hora de parar o trabalho por ali e deixar Ava falar o plano para procurar combustível.

— Galera! — gritou Mari, tentando chamar a atenção de todos ali, o que funcionou. — Vamos terminar por aqui... É hora de descansar. Mas, antes de ir... Ava vai nos falar uma coisa importante.

Todos encaram Ava dessa vez.

— Temos pouco combustível para quando a máquina funcionar, duas pessoas devem sair para procurar mais... Quem vai querer? — pergunta Ava.

— Eu posso ir, se vocês quiserem. — fala Taehyung estendendo o braço.

— Você? — pergunta Mari ironicamente.

— Sim. O que que tem? — fala Taehyung debochando.

— Você não vai conseguir nem pegar meio litro de combustível. — Mari dá de ombros, encarando o garoto.

— Ah é? Então que tal você e eu fazermos uma aposta? — fala Taehyung levantando a sobrancelha e olhando diretamente nos olhos de Mari, com um sorriso de canto. — Vamos eu e você e veremos quem consegue achar mais combustível...

— Apostado! — fala Mari na mesma hora, ainda encarando Taehyung com um olhar triturador.

Um silêncio percorreu a sala inteira.

— Já está resolvido! Acabamos a reunião! Vamos dormir! —avisa Ava em seguida, para acabar com aquele clima tenso.

Todos caminharam para fora do local, depois que Ava apertou o botão da parede. Já estava escuro lá fora e já era hora de apagar a luz da fábrica. Naomi e Ava foram para os seus quartos, igual à Hanna e Candy, Mari e Mi-cha. Os garotos apenas ficaram no salão principal, deitando nos tecidos que haviam colocado no chão para dormir. Taehyung jogou a cabeça nos tecidos mais fofos feito como travesseiro e olhou para o teto que havia alguns buracos de bala perfurados, deixando a luz da Lua passar por ali.

— O que vai ser de amanhã? — perguntou ele para as luzes, sem receber respostas, pois todos estavam dormindo. Ele fecha os olhos em seguida.

Os barulhos foram diminuindo, estava tudo na paz e tranquilidade, logo Taehyung pegou no sono.  

[...]

 

— Taehyung! — gritou Baekhyun em cima do garoto mais novo, primeiramente, achou que fosse um pesadelo, mas viu que era real o que o fez abrir os olhos assustado. — Levanta! Levanta! Vamos lá!

Taehyung se levantou rapidamente e não percebeu o que estava acontecendo direito.

— O que... O que? — ele olhou rapidamente para cima, nos buracos do teto e viu que haviam luzes mais fortes passando por lá, eram as máquinas. Então, percebeu que estavam atrás deles, tentando adentrar na fábrica.

— Se escondam!  — gritou Baekhyun para todos os garotos. — Vamos lá! Anda!

Todos começaram a correr desesperadamente para um local seguro, para que nenhuma máquina pudessem ver. Taehyung não sabia aonde se esconder, o nervosismo estava tomando conta de todo o seu corpo. Ele já havia se separado dos amigos, pelos corredores, cada um foi para um lado. Assim que viu uma porta escrito: depósito, abriu rapidamente e entrou lá dentro. Assim que fechou a porta, viu que tudo estava escuro. Aquilo estava fazendo com que Taehyung ficasse com medo, pois as paredes iam se apertando e isso não parava, aquilo parecia que ia mata-lo e espreme-lo. Ele se encolheu todo no chão frio daquele lugar e começou a chorar, ele não sabia o que fazer. Até que um flashback veio do nada, em sua memória e uma música de fundo que ele não conhecia muito bem começou a tocar der repente. Tudo era como se ele estivesse vivendo aquilo agora, parecia real.

Flashback On

Tae... Eu preciso que você fique melhor para testarmos esse experimento em você. Por isso vou te dar uma ajuda. Não vai doer nada, eu prometo à você. — disse uma forma escura masculina, virada de costas para Taehyung, que parecia estar sentado em um local apertado, a sombra parecia usar um jaleco branco, como se fosse um médico ou um cientista. — Por ser o primeiro a ser testado, acho que pode ocorrer algumas coisas à você. Mas, o papai não irá deixar nada te fazer mal... Lembre-se disso. — a sombra se dissolveu rapidamente, quando o homem se virou, não deixando Taehyung ver seu rosto e fazendo com que um clarão de luz viesse em seus olhos.

Flashback Off

 

Alguém abriu a porta deixando os olhos de Taehyung doerem e ele parar de chorar por conta do susto.

— Eles já foram embora... — disse Ava olhando Taehyung encolhido no chão e vendo que suas bochechas estavam molhadas. Seu cabelo estava na frente de seus olhos, pois, estava de cabeça baixa. — Você... Tá bem?

Ele apenas colocou a mão na orelha esquerda sentindo uma pequena dor e encarou Ava com olhos amedrontados e vermelhos.


Notas Finais


E aí o que achaaram?
Comenteem!
Bye,
Kisses <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...