História Suspects - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ali Michael, Black Tide, Cameron Diaz, Chandler Riggs, Emma Watson, Gabriela Spanic, Grace Phipps, Ian Somerhalder, Jack O'Connell, Jamie Dornan, Josh Peck, Justin Bieber, Justin Timberlake, Kate Winslet, Kaya Scodelario, Ke$ha, Kristen Stewart, Leonardo DiCaprio, Lily Collins, Lindsay Lohan, Matt Stone, Melanie Martinez, Nick Jonas, Nina Dobrev, Oliver Phelps
Personagens Ali Michael, Cameron Diaz, Chandler Riggs, Emma Watson, Gabriel Garcia, Gabriela Spanic, Grace Phipps, Ian Somerhalder, Jack O'Connell, Jamie Dornan, Josh Peck, Justin Bieber, Justin Timberlake, Kate Winslet, Kaya Scodelario, Ke$ha, Kristen Stewart, Leonardo DiCaprio, Lily Collins, Lindsay Lohan, Matt Stone, Melanie Martinez, Nick Jonas, Nina Dobrev, Oliver Phelps, Personagens Originais
Tags Aventura, Drama, Escolha, Perigo, Romance
Exibições 49
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey gente tudo bem, primeiro cap da fic e espero que vocês possam acompanhar comigo essa história cheia de suspense e aventura se gostarem me digam isso é muito importante pra continuarmos escrevendo e nos deixa super animados em cada vez mais melhorar, e se gostarem favoritem e comentem bjosss

© Copyright

Capítulo 1 - E A Jornada Começa...


Fanfic / Fanfiction Suspects - Capítulo 1 - E A Jornada Começa...

BONNEVILLE OUTUBRO DE UM ANO QUALQUER...

Talvez eu dissesse pro senhor Josh o quanto eu o acho um careta metido a besta, e que com a merreca de salário que ganho não compra nem um pão coberto de mofo é eu bem que poderia dizer o quanto eu o acho explorador e inútil quem sabe um dia.

Pego o copo de uísque e tomo o ultimo gole, faço uma careta devido ao ardor que ele faz em minha garganta

― me da mais um copo. O garçom me olha abismado esse já era meu sexto copo

―, pois não senhora. Ele me prepara mais uma dose

Quando termino minha noitada como muitas outras pago todas que eu tomei e saio pelas ruas de Bonnerville, o frio parece estar mais forte esta noite, e o vento ecoava em meus ouvidos como uma melodia bizarra. Depois que caminhei por varias horas finalmente chego à porcaria de apartamento que não cabe nem um ovo, mais claro que com o salário que eu ganho. Tiro meu casaco e preparo um banho quente por mais que digam que franceses não são muito chegados a banho, carrego esse sobrenome Carter de meu pai ele era americano e minha mãe francesa, sou meio que a mistura de francesa com americano, é esquisito. Entro na banheira e fecho meus olhos devido essa sensação de frescor e essa água está uma maravilha.

Depois de acabar o banho visto meu roupão e saio, capota desse jeito mesmo na cama.

[...]

Acordo com meu celular tocando, abro meus olhos com dificuldades e a dor de cabeça parecia me matar, parecia que tinha levado vários socos nela.

*Ligação*

― ai... Alo?

― lisa precisamos que venha aqui imediatamente temos mais um caso pra você esteja aqui sem demora. Ele desliga na minha cara

Filho de uma mãe, ele se acha o superior mais deixa se pintar uma oportunidade melhor eu abandono o barco, sei que eles não são nada sem mim.

Levanto-me com dificuldade pro banheiro, e essa dor de cabeça insuportável e ter que agüentar a ladainha do Josh realmente não sei o que é pior.

Tomo um banho demorado, depois me dirijo até a cozinha de toalha, abro o armário e vejo uma caixa de cereal aberta. Que droga cereal? Coloco leite e como, não tenho tempo nem pra fazer umas compras matinal. Depois que termino, vou até meu closet, visto uma calça jeans e uma blusa preta de mangas, passo um batom vermelho e deixo meu cabelo feito um coque. Pego as chaves do meu carro e saio até o departamento.

Que droga um engarrafamento? Justo agora, começo a buzinar sem parar.

[...]

Depois de um longo engarrafamento consigo chegar ao departamento do FBI, desço e quando entro na porta principal, já dou de cara com Ashton carregando vários papeis e uma caixa sem tamanho.

― ow, senhorita Carter chegou mais uma vez atrasada. Ele da um sorriso pra mim irritar

― Ashton nunca te disseram que você fica um saco de batatas com esse terno roxo?

― nunca, e eu sei que fico um charme. Dou um sorriso

― mais que caixas são essas? Falo

― arquivos de mortes de Pettersville, mais uma morte lá. Ele sai e eu fiz uma cara feia do que ele disse

Fui pra sala de Josh, quando abro a porta vejo que ele está nervoso olhando uns papeis.

― ah lisa até que enfim chegou

― eu peguei um engarrafamento terrível, mais qual é o caso dessa vez?

― você terá que investigar uma morte

― onde aconteceu?

― pettersville. Ele disse isso olhando os arquivos na maior calma do mundo

― pettersville? Ta brincando eu achei que nunca me desse essa oportunidade. Falo feliz

― não é tão fácil como pensa lisa, essa cidade tem algum mistério sombrio, e acredite todos lá são bem difíceis de arrancar alguma coisa parece que todos tem medo sei lá

― eu já enfrentei casos piores meu amor, mais me passe mais detalhes da morte quem foi a vitima?

― Peter Muller, um drogado que causava muitas desavenças pra essa cidade

Bufei e disse

― então foi algum colega dele, não será muito difícil de resolver esse caso, vai ser mais fácil que eu pensei

― é ai que você se engana como você sabe essa cidade tem muito casos de mortes sem soluções o FBI e a policia local de pettersville tem uma teoria, achamos que todas essas mortes foram cometidas por o mesmo assassino.

Congelei nessa hora

― o mesmo assassino? Ta brincando?

― pior que não, temos essa teoria porque todas as vezes que os corpos foram achados junto com eles foi encontrado uma substancia chamada Amortissant essa substancia ela causa morte lentamente em suas vitima.

― mais por qual motivo essa pessoa teria pra fazer isso com todas essas pessoas?

― isso já não importa mais, o que importa é prender o verdadeiro culpado seja quem for agora vou te dar um arquivo com todas as informações certas que precisa e ai tem as vitimas como elas morreram e tudo mais, deve ir pra lá hoje mesmo

― não se preocupe, manterei contato com você

Quando foi pela tarde eu comecei a me arrumar pra ir pra essa tal cidade misteriosa, e confesso que estou muito entusiasmada pra ir logo, eu não esperava momento melhor. Depois que terminei e coloquei tudo o que eu precisava dentro de uma mochila, eu peguei a chave do carro e entrei.

― próxima parada pettersville a cidade da morte. Sorri comigo mesma e sai

Olhando no mapa vi que seria uma longa viagem.

[...]

Meio dia lisa ainda rodava com seu carro naquela estrada deserta...

Não sei por quanto tempo estou dirigindo esse carro, só sei que preciso parar pra tomar uma água

Avisto um posto de gasolina, e paro assim aproveito pra abastecer. Desço do carro e parecia não ter ninguém, de repente sai um homem gordo e sua barriga de fora meio careca.

― ah será que você pode me dar um copo de água?

Ele se dirige até um bebedouro que tem e pega um copo descartável cheio d’água

Eu o bebo e minha garganta por dentro comemora, que refrescante.

― obrigada moço, quanto eu te devo?

― nada.

― como assim nada?

― você vai pra pettersville?

― sim mais...

― não me deve nada... Quer um conselho moça, não vai lá não, aquele lugar é maldito. Ele diz isso e sai

Uau até arrepiei aqui. Saio rumo ao meu destino e aquelas palavras daquele sujeito não saia da minha cabeça.

[...]

Depois de uma longa viajem começo a avistar a tal e tão temida cidade de Pettersville...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...