História Sweater Weather - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Originais
Personagens Agatha, Alexy, Armin, Castiel, Debrah, Iris, Kentin, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Personagens Originais, Priya, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Exibições 23
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pet por que a demora? Enfim queridos leitores(as) eu estava terminando a minha outra fic de vez para continuar essa é eu decidi deixar a melhor parte pra quando eu voltasse a postar capítulos dessa história.

Boa leitura.
Bjs da Tiela💋

Capítulo 17 - Um amor, duas bocas


Fanfic / Fanfiction Sweater Weather - Capítulo 17 - Um amor, duas bocas

Povs Alicia

Era o dia mais frio de Paris, aponto de cair neve e ser um ótimo dia para patinar ou brinca de bolas de neve ou fazer até mesmo anjos na neve. Era tão bom ver a Bárbara feliz se divertindo com as garotas.

-Que fazer o boneco de neve por último é a mulher do padre- Disse Giselle começando a fazer um boneco de neve

A última foi a Yara que levou um monte de bola de neve no corpo todo e se vingou da mesma forma com um sorriso maior que o rosto.

-É 12:45 é melhor ajudarmos a Alicia a se arrumar- Disse Yara rindo como uma doente

Todas nós estramos no dormitório e fomos até o nosso quarto o que resultou na maior zona até 12:55. No final eu fiquei com um vestido preto que combinava com a meia calça preta que eu usava um sobretudo azul escuro que matinha o meu corpo aquecido e botas da cor marrom com um salto pequeno.

-Linda- Disse Raffaela sorrindo

-Você está muito bonita Ali- Comentou Safira parecendo um pouco solta

-Podemos te arrumar também Safira- Disse Olga, haha isso ia da uma confusão

-Boa sorte- sussurrou Bárbara antes de eu ir embora

Cheguei no quarto do rapaz era 13:03 e pelo menos ele tinha se arrumado na hora. Ele vestia uma calça preta uma camisa de manga azul escuro com uma blusa um pouco grande de frio preta e tênis verdes escuros.

-Hora, pelos menos você acertou no look- Comentei brincalhona

-Ha ha muito engraçado- Disse Richard irônico- Onde vamos?

-Se eu te contasse não seria surpresa- Disse sorrindo vendo um ponto de interrogação aparecer na testa dele

-Vamos com sorte chegamos lá as 14:00- Disse sorrindo e puxando o garoto para longe daquele dormitório onde não tinha diversão nem fudendo

Eu quero passar esse dia feliz, e tentar me aproximar dele logo. Afinal, não é sempre que nós nos apaixonamos pelos nossos melhores amigos.

);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-);-

Povs Santiago

Olhei para o relógio, fala sério não tinha  nada para fazer no dormitório chato como o meu. Nelso estava com a Yara, Richard com a Alicia, Tulio deve está conversando com a Raffaela e Marcelo e Kevin saíram com Safira e Olga.

Conclusão todo mundo resolveu ficar em casal hoje.

Olhei para a porta eu tinha que me distrair, então eu fui para o refeitório comer um pouco pelo menos. Eu estava começando a ficar irritado com esse povo que adora sai eu casal. Vi Rachel e suas amigas na mesa delas e Bárbara sozinha,  pelo menos alguém para conversar.

Só que eu vi que ela estava toda suja e com um machucado no braço e fui correndo até a Bárbara.

-O que aconteceu?- Perguntei e ela abaixou a cabeça

Olhei mortalmente para Rachel e as "amigas" dela e voltei minha atenção a Bárbara, por enquanto eu ia deixar isso barato,  por enquanto.

-foram elas não é por causa do que o Richard disse?- Perguntei e ela confirmou- vem comigo

Peguei Bárbara levemente pelo braço e a levei até o dormitório para ela limpar essa sujeira e fazer um curativo no machucado.

Rachel Collins você me paga.

■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪■▪□▪

Povs Richard

-Você tem certeza disso?- Perguntei olhando o grande centro de patinação onde várias pessoas patinavam e riam dos tombos umas das outras enquanto uma música alta tocava

-Absoluta- Disse Maria sorrindo me olhando alegre

-Eu não sei patinar- Disse tentando fazer ela mudar de idéia era loucura tudo aquilo por que eu concordei mesmo?

-Vamos você pode segurar a minha mão eu não vou te soltar- Disse Maria segurando a minha mão depois de eu ter vestido aqueles patins para patinar no gelo (Eu não sei se é esse o nome)

Ela me puxou até o centro do lugar, não tinha mais escapatória. Bem até que estava ficando legal. Começamos a patinar juntos rindo dos tombos que eu quase levava e ela nunca me soltava mesmo quando eu ameaçava cair.

Por que ela está sempre do meu lado? Por que ela não me abandonou quando eu abandonei ela?

-Pensando em que?- Perguntou Maria me olhando com o seu sorriso gentil lindo

-Nada- Respondi sorrindo

♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢♢

Povs Bárbara

A água escorria pelo meu corpo nu enquanto eu esfregava o xampu no meu cabelo. Me lembrou da cena daquele livro que se parecia com aquele momento que eu estava vivendo agora de um jeito diferente. Bem diferente.

"-Então você acha que é melhor que nós?- Perguntou Rachel me encurralando

-Eu não disse nada, Rachel, eu nem comecei nada- Disse

-Começou quando o MEU namorado ME largou quando virou o SEU AMIGUINHO- Disse Rachel e voz alta- Agora você vai ver o que acontece quando tiram o que é meu"

Depois eu só me lembro de elas me jogarem no chão e eu acabar me cortando por causa disso e enquanto eu gritava de dor elas me chutaram.

Sai do banheiro com o cabelo solto e todo molhando sem me importar com o frio que estava lá fora por que o aquecedor estava ligado. Vesti um short desbotado um sueter preto e longo com mangas que iam até o meu pulso e por fim um tênis preto, e fiz questão de não colocar os óculos.

-Nunca tinha te visto sem os óculos- Comentou San me aproximei e ele começou a fazer um curativo no meu braço

-E vai ser a primeira e última vez que vai ver- Disse olhando a janela chovia um pouco e até mesmo pequenos flocos de neve caiam

-Não seja tão fria comigo- Disse San sorrindo me fazendo cócegas levemente

-Don Juan de quinta- Disse sorrindo e tirando às mãos dele da minha barriga

-Malvada- Disse San sorrindo para mim

-Para de brincar e termina logo isso- Disse sorrindo

Olhei o garoto que sorria enquanto fazia um curativo, Suéter logo apareceu folgado como sempre, se esfregando em todo mundo e todo molhado, eu e San secamos o gatinho para ele não pegar um resfriado principalmente nesse frio absurdo e depois eu e San começamos a conversar acompanhados da música do rádio.

○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●•○•●○•●•○•●•○•●•○•●

Narradora

-Vai canta comigo- Disse Maria Alicia olhando para Richard com um sorriso meigo no rosto

-Não mesmo tem um monte de gente aqui eu não vou me passar por louco- Disse Richard vendo a menina olhar para ele de um jeito... fofo!?

-Por favor- Falou Maria Alicia sorrindo

-Tá bem, mas se as pessoas olharem para nós a culpa é sua- Disse Richard  sorrindo

-All I am is a man(Tudo o que eu sou, é um homem)- Cantou Alicia sorrindo enquanto ele a fazia girar envolta dela mesma- I want the world in my hands(Eu quero o mundo em minhas mãos)

- I hate the beach, but I stand( Eu odeio a praia, mas estou)- Cantou Richard sorrindo pegando ela pela cintura e girando os dois juntos- In california with my toes in the sand(Na Califórnia com meus dedos dos pés na areia)

-Use the sleeves on my sweater( Use as mangas do meu suéter)- Cantou Maria Alicia enquanto eles giravam- Let's have an adventure(Vamos ter uma aventura)

-Head in the clouds, but my gravity's centered(Cabeça nas nuvens, mas minha gravidade é centrada)- Cantou Richard tocando o pescoço dela e ela o dele

-Touch my neck, and I'll touch yours(Toque meu pescoço, e eu tocarei o seu)- Cantou os dois juntos- You in those little high waisted shorts(Você naqueles pequenos shorts de cintura alta)

Quando perceberam eles estavam deitados no chão tontos, ela em cima dele. Foi quando pararam de rir ebse olharam nós olhos e se aproximaram até selarem os lábios em um beijo apaixonado e carinhoso.

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡
 

Olhou para garota que estava tão quieta na sua frente, a mesma olhava a janela enquanto mantinha o seus esboços no colo. De repente Sweater Weather começou a tocar na rádio ele não podia perder essa oportunidade.

-Então Angel me concede a honra dessa dança?- Perguntou San olhando a menina que por um tempo não entendeu o que ele quis dizer até ouvir a música que tocava

Deixou seus esboços na cama e pegou a mão do garoto em sua frente enquanto sorria e dançava com ele um ritmo nada a ver com a música.

"She knows what I think about
And what I think about
(Ela sabe sobre o que eu penso
E sobre o que eu penso)"

Ele pegou na cintura dela com mais força e dançou com ela metade do quarto enquanto o casal ria como uma criança de pelo menos 3 anos de idade.

"One love, two mouths
One love, one house
(Um amor, duas bocas
Um amor, uma casa)"

O gato deitado só observava a cena de dois adolescentes dançando e rindo. Santiago até girou Bárbara envolta dela mesma enquanto a música tocava.

"No shirt, no blouse
Just us, you find out
Nothing that I wouldn't wanna tell you about, no
(Sem camisa, sem blusa
Só nós, você vai descobrir
Nada que eu realmente queira te contar, não)"

-Eu tô ficando tonta San- Disse Bárbara sorrindo apoiando-se no garoto para não cair

-Eu também- Disse o garoto sorrindo olhando os olhos azuis arregalados da  garota

"'Cause it's too cold
For you here and now
(Porque está tão frio
Para você, aqui, e agora)"

Suéter passou pelos pés de San fazendo ele cair em cima de Bárbara e foi aquela cena fazendo ela ficar totalmente corada. Bárbara olhou San nos olhos e aproximou-se dando um selinho na boca de San que sorriu ao mesmo tempo.

-Será que eu tenho que te ensinar tudo?- Perguntou San

Em seguida ele puxou Bárbara pela cintura com mãos força, colocou uma das mãos na bochecha dela e a beijou.

"So let me hold
Both your hands in the holes of my sweater
(Então me deixe segurar
Suas duas mãos nos buracos do meu suéter)"


Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado.

Bjs da Tiela💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...