História Sweet 16 - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Amizade, Comedia, Festa, Grupo, Revelaçoes
Exibições 3
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 6 - André


Fanfic / Fanfiction Sweet 16 - Capítulo 6 - André

André Albuquerque Bragança, nasceu no dia 25 de Maio de 1995, em Recife-PE, em 2012, ele conheceu Juliana, e em 2013 com 18 Anos, André pediu pediu permissão aos seus pais para morar com Juliana e eles deixaram, sendo assim, André foi o primeiro a entrar no grupo.



~15 de Fevereiro de 2013~ 17:23



André: Juliana


Juliana: Oi


André: Vamo lá na Sé, hoje?


Juliana: Fazer o quê, lá?


André: Carnaval, filha.


Juliana: Mais tarde, embora o Carnaval já ter acabado.


André: Mais ainda tá saindo alguns blocos


Juliana: Vem no supermercado comigo? Quero comprar uma coisa.


André: Bora logo, antes que feche.




~Na saída do supermercado~



Juliana: Viu que foi rápido?


André: Foi


Juliana: Agora vamos pra casa, pra nos arrumar e irmos…


André: Ai meu Deus


Juliana: O que fo… Meu Deus.


???: OLÁ MEU POVO, EU VOLTEI.


André: Meu Deus, ela voltou.


Juliana: Eu sei que ela voltou, porque ela voltou?


André: Vamo passar devagar pra ela não nos ver.


~Eles passam devagar e cuidadosamente até que…~


???: JUJU, ANDRÉ, QUE BOM VÊ VOCÊS.


Juliana e André: Oi Linda ~sorriso irônico~


Linda: Quanto tempo, né?


André: Pois é, eu não te vejo desde… Desde que você foi pra o reformatório.


Linda: Pois é, parece que foi ontem que o carro da polícia veio aqui e meu levou pra lá.


Juliana: É como é lá?


Linda: Horrível, eles não te deixam entrar na Internet ou ver a tv a cabo… ~Juliana e André se olham de um jeito irônico~ E você também não pode fazer compras no Shopping e eles não te dão mesada, não é legal.


Juliana: Imagino


Linda: Mas enfim, eu tô livre disso.


André: É Linda, foi bom te reencontrar, mas agora temos que ir pra casa.


Linda: Tá, tchau.


~Linda sai~


Juliana: Até que eu tava com um pouco de saudade dela.


André: É, só que ela é meio doida.


Juliana: Levemente doida.


André: Agora vamos nos arrumar.


~Já prontos, a campainha toca~


Juliana: Quem será? ~abre a porta~


???: Oiiiiii.


Juliana: Oi Linda.


Linda: Oi vim ver vocês


André: Quem er… Linda


Linda: Oi André… estão arrumados, vão aonde.


~Juliana e André se olham~


André: Nós vamos no Alto da…


Linda: Sé?


André: É


Linda: Posso ir?


André: Ah, claro


Linda: Vou pegar minha bolsa



~Juliana bate na cabeça de André~


André: AI, o que foi?


Juliana: Porque você foi dizer aonde a gente ia?


André: Porque ela perguntou.


Linda: Volteiiiiii ~chega cantando~ vamos?


Juliana: Vamos né ~diz um pouco estressada~


Linda: O que foi Juju? Aconteceu alguma coisa?


Juliana: Não me chama de Juju.


Linda: Então posso te chamar de Ju?


Juliana: Não


Linda: Juli?


Juliana: Não


Linda: Ana?


Juliana: Não


Linda: Então como?


Juliana: Me chame de Juliana, como todas as outras pessoas me chamam


Linda: Tá, né



~No Alto da Sé~


André: Ai, subir essa ladeira me mata


Juliana: A mim também


Linda: Que nada gente, só alguns muitos metros


André: Você é louca


Linda: Que seja… Querem Acarajé?


Juliana: Não, valeu


Linda: Sendo assim, quero.


Linda: E você André?


André: Também quero.




~Linda vai comprar o Acarajé~



Juliana: Tá vendo, nenhum bloco


André: Tá cedo ainda


Juliana: Aham


André: Bora no observatório depois?


Juliana: Pode ser


Linda: Voltei, um acarajé pra Juliana outro acarajé pra André e o outro pra mim.


Juliana: Espera, você não colocou pimenta não, né?


Linda: Eu? imagina, EU nunca que faria isso ~fala ironicamente~


Juliana: Acho bom, porque senão você iria pra o hospital.


Linda: Credo


André: Pior que ela está falando sério, teve uma vez que… Enfim, que pena do bode.


Linda: Bode? Que bode?


André: Uma coisa que o bode fez


Linda: O que o bode fez?


Juliana: Não conte a ela ou eu farei o mesmo com você


André: Acho melhor não contar


Linda: Deixa de ser medroso André, claro que ela não faria isso, ela é inofensiva


Juliana: Como disse?


Linda: Mas é verdade


Juliana: André, segura minha pulseira e liga pro SAMU


Linda: Como assim?



~Enfim a noite não terminou muito para a Linda, mas não se preocupem ela ainda está viva, e eles não viram nenhum bloco~



André: “ E Corta ’’


Notas Finais


Gente não sei quando é que eu vou posta mais capítulos porque eu vou ficar sem Internet, mas toda vez que der eu posto.

Próximo Capítulo:
Jéssica


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...