História Sweet - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gay, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Rap Monster, Suga, Vhope, Yaoi, Yoonmin
Exibições 20
Palavras 2.443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi
desculpa a demora e não desistam de mim
tiamo vocês ♥
boa leitura

Capítulo 3 - Capítulo 2- Rain


Fanfic / Fanfiction Sweet - Capítulo 3 - Capítulo 2- Rain

Sweet capítulo 2-Rain 

Park JiMin´s P.o.V--on

O caso de Park JiMin-Chuva 

 

 

 

 

 

 

-Oh! É você, salvador de vidas anônimo.-Ele sorri .

Tá. Parece que eu não vou ver esse garoto só uma vez na vida.

E eu tenho que admitir que adorei isso.

 

***

 

 

-Salvador?-TaeHyung pergunta confuso enquanto tira a garotinha do colo dele

-Ele quase foi atropelado hoje.-Disse tentando parecer simplista.

-E então você veio e me puxou pelo braço.Bem, valeu de novo.

  respondo com um sorriso por falta de melhores respostas ao seu agradecimentos.

Ele solta a menininha no chão, que corre para os pés de V.

-Como conseguiu pegar a Sun He? Não me diga que raptou a menina sem eles saberem.

-Tenho meus métodos.-O rosado solta uma risada anasalada e pega um pedaço de pizza.-Ela vai passar duas semanas conosco.

TaeHyung comemora.

Um curto silêncio se instala naquela cozinha enquanto V brincava com a garotinha em seu colo.

Yoongi olha pra pra mim e sorri tímido

é fácil perceber que ele também não está sabendo lidar com tudo isso.

Ou talvez não.

Talvez eu só estivesse o encarando demais e ele se sentisse constrangido.

TaeHyung pergunta se podemos subir pra terminar o trabalho enquanto NamJoon não chega,e eu concordo com a ideia.

Na verdade eu queria ficar lá olhando pra beleza do primo dele, mas isso não é o tipo de coisa que se fale,então é mais fácil só concordar com tudo.

Continuamos fazendo o trabalho até que ouço uma trovoada e percebo que se não sair agora, vou pegar uma puta tempestade.

Olho pro relógio: Cinco e meia.

Já está na minha hora de ir embora

É até bom sair esse horário, porque consigo conversar com Kookie sobre mais cedo e ainda da tempo de ir pro Hobi comer alguma coisa.

Digo para o V que tenho que ir, e apesar de insistir um pouco pra que eu fique, ele acabou aceitando me levar até a porta.

Descemos as escadas, e damos de cara com YoonGi deitado no sofá brincando com a garotinha e com o gato preto.

Fofo.

TaeHyung avisa que já vou indo, e ele se vira pra mim e me manda mais um de seus sorrisos sem mostrar os dentes.

Me pergunto o quão lindo deve ser esse garoto enquanto sorri verdadeiramente.

Deve ser algo mil vezes mais bonito do que esse sorrisinho que ele dá só pra tentar ser simpático.

Pode parecer bizarro,Ou melhor: é totalmente bizarro, mas eu quero poder receber um sorriso desses vindo dele.

Retribuo o sorriso e sigo em direção a porta.

Me despeço mais uma vez de TaeHyung ,coloco minha mão na maçaneta e sinto a porta ser aberta sem que eu desse o comando pra isso.

Vejo NamJoon do outro lado da porta.

Ele sorri simpático pra mim.

-ChimChim! Não sabia que estaria aqui.

-Ah não,Você nem me ouviu combinar tudo com ele né Hyung?! Mas que Hyung bobinho não é Jiminie?!

Rio alto.

-Foi bom te ver Nam-hyung, mas eu preciso ir agora.-Digo tentando sair da casa.

-Mas eu acabei de chegar!

-Daqui a pouco vai cair um temporal Hyung. Eu realmente preciso ir.

-Fica só mais quinze minutos Chim.

-Você sabe que não pode me convidar assim pra ficar na casa dos outros né?

NamJoon revira os olhos e me puxa pra dentro de casa.

-Você vai ficar aqui e ponto final.

-Cuidado garoto, você é a próxima vítima de Kim NamJoon-YoonGi diz do sofá.

-Ta mais pra amor da vida de Kim NamJoon.-TaeHyung diz ao se jogar no sofá junto ao lado de YoonGi e Sun He.

-Não espalha meus segredos assim V!-Nam brinca e solta uma risada alta.

-Pera aí...É ele?-YoonGi diz olhando pra mim

-É.

-Eu o que?

-Nada.-Os dois dizem em conjunto

-Senta logo aqui Park.-YoonGi me chama.

E é lógico que eu o obedeço

 

 

 

 

[...]

 

 

 

 

 

-Tanto faz.Só quero que saibam que eu não quero ir.-YoonGi responde apoiando os pés na mesinha de centro

Estávamos todos comendo pizza na sala de estar da casa de TaeHyung

Eu estava sentado no chão, enquanto os primos dividiam o único sofá e NamJoon estava deitado com a cabeça em meu colo

Percebo o olhar do rosado mais uma vez sobre mim.Apesar de não termos trocado mais nenhuma palavra depois de nos encontrarmos na cozinha,vez ou outra eu encontrava me olhando.

Não que eu esteja reclamando de ser observado por ele.

Olho no relógio.Já eram quase oito horas da noite e eu ainda não estava em casa.

Eu sei que havia combinado de ir jantar no Hobi, mas acabou chovendo e eu resolvi esperar lá, devido a insistência de NamJoon pra que eu ficasse e comesse com eles.

JungKook deve estar preocupado comigo.

-Qual é Hyung!Vai ser divertido!-NamJoon tenta convencer o amigo.-Porque diabos você não iria querer ir na festa?

-Além de ser uma festa cheia de adolescentes bêbados se pegando ,gritando ,deixando a casa cheia de porra e vômito e ficar com um cheiro fodido de maconha impregnado em casa, Eu tenho que cuidar da Sun He.

-Primeiro:Não fale como se fosse um idoso.Segundo:A festa não vai ser na sua casa.Vai ser na minha.

-Isso muda totalmente a situação NamJoon.-YoonGi revira os olhos

-Quer saber?! Eu desisto de você Hyung. Fica solitário em casa.A vida não é minha mesmo.-Ele dá de ombros.-Pelo menos você vem né ChimChim?

-Mas é claro que ele vem!- V responde antes de mim.-Ele vai vir e vai trazer os amigos dele não é?

-Amigos? Está de olho em quem dessa vez TaeHyung?-YoonGi pergunta.

-Ele é da sala do Nam-hyung.-TaeHyung responde animado.-O garoto do celular, qual é o nome dele?

-Você ta querendo pegar o HoSeok?-Eu pergunto surpreso.

Parece que alguém além desse tal Jackson curte gente escandalosa.

-Ele é fofo Jiminie.

-Você só quer pegar ele porque ele não prestou atenção em você V.-NamJoon responde.

-Tanto faz. O que importa é que você vai trazer ele pra festa não é ?

-Vocês estão ligados que o garoto nem falou se vai né?-Yoongi corta TaeHyung.

-Mas é lógico que ele vai! Se ele não for eu vou busca-lo em casa.-NamJoon responde apertando meus joelhos.

-Apesar de ter sido ameaçado, eu não vou Hyung.-Respondo retirando suas mãos do local.

-MAS POR QUÊ VOCÊ NÃO VAI?!-TaeHyung berra.

Meu Deus.Esse garoto grita quanto o HoSeok.

-Se você acordar a Sun He com esses seus berros de cabrita parindo, eu vou fazer você ir colocar ela pra dormir.-YoonGi repreende o primo.

Rio baixo.

Foi impossível não se lembrar da forma com que eu brigo com HoSeok quando ele inventa de gritar e dançar pra tentar animar JungKook de sua habitual melancolia.

JungKook...Ele deve estar me esperando.Tenho que voltar logo pra casa e poder fazer companhia ao meu Dongsaeng.

-Continuando...-NamJoon corta antes que se formasse uma discussão entre os primos.-Por que você não vai Park JiMin?

-Não gosto de música alta, sou muito fraco com bebidas e odeio muita gente espremida num lugar só.

TaeHyung revira seus olhos.

-Mais uma pessoa que sabe que essas festas são um saco.-YoonGi comenta encostando a cabeça no ombro do primo.

Concordo com a cabeça e sinto NamJoon se levantar.

-O que aconteceu com você ChimChim? Ano passado ia a tantas festas comigo,e agora recusa a sair com seu Hyung favorito ?

Como dizer pro NamJoon que HoSeok é o meu Hyung favorito?

-Agora eu tenho que cuidar do Kookie. Tenho responsabilidades.

-O garoto tem o que, 15 anos ? Ele pode muito bem se virar sozinho.

Reviro os olhos.

-Você não sabe o quanto cuidar de adolescente é difícil NamJoon.-YoonGi se pronuncia.-Sei disso porque preciso cuidar de dois-Ele revira os olhos e abre um sorriso mínimo.-Imagino o quanto deve ser difícil cuidar de um adolescente sendo um.-Ele olha em minha direção como se esperasse uma resposta minha.

-Hm...É...É mesmo.-Concordo.CARALHO JIMIN,VOCÊ NÃO É GAGO

-De qualquer forma você vai vir, mesmo que tenha que trazer aquele garoto contigo.-NamJoon bufa.

-Não se esquece de trazer o garoto do celular.-TaeHyung abre mais um de seus sorrisos retangulares e pisca pra mim.

Foi quase impossível não abrir um sorriso de volta.Tudo naquele garoto era simplesmente contagiante .

-Você acha que consegue leva-los?-YoonGi pergunta pra mim.-Duvido que seus amigos topem ir a festa de um desconhecido.

-   HoSeok  é amigo do Nam-Hyung, e vai a qualquer festa onde possa dançar.-Dou mais um gole em meu refrigerante.-Já JungKook não vai se eu não for, e como eu não vou...

-VOCÊ VAI JIMIN-NamJoon me interrompe novamente

-Mas por que caralhos  me quer tanto nessa festa?

Reviro meus olhos e levanto minhas mãos em sinal de rendição.Parece que eu vou pra festa de NamJoon.

Meu Hyung me olha e dá uma piscadela.

Esse era o nosso sinal pra quando queríamos conversar á sós.

NamJoon se levanta, e estende sua mão, para que eu possa me levantar também.Seguro sua mão e sinto meu corpo se puxado por ele,me colocando de pé.

-Vamos dar uma volta okay?-NamJoon pergunta, e me arrasta pra fora da sala 

-TRAGAM MAIS REFRIGERANTE QUANDO VOLTAREM-TaeHyung berra assim que pomos os pés na cozinha.

Um estalo alto é ouvido.

-CALA A BOCA RETARDADO,A SUN HE TA DORMINDO PORRA-Ouvimos YoonGi reclamar.-DA PRÓXIMA VEZ QUE GRITAR EU BATO MAIS FORTE.

O amor fraternal é algo lindo.

Vejo NamJoon ir em direção a geladeira ,pegar a garrafa e coloca-la em cima da bancada.

-E então...O que queria falar comigo Nam-Hyung?

-Você me perguntou o porquê d'eu te querer nessa festa não é?Bem,a resposta pra essa pergunta não é algo que eu possa falar na frente dos garotos.

Assinto e espero NamJoon continuar a falar.

-Bem ...Eu sinto sua falta ChimChim.-Ele dá um longo suspiro e continua antes que eu pudesse responde-lo.-Lógico que não é da forma que você está pensando.Quer dizer,talvez...

-Hyung....

-O que quero dizer é que nos afastamos JiMin, e ambos sabemos que eu não queria que nos afastássemos.Você é importante ChimChim. Por isso eu quero recomeçar.Quero ser seu amigo JiMin.-Ele faz uma pausa,como se buscasse as palavras certas.-Eu quero saber  da tua vida,te ver nos fins de semana,poder dar festas e saber que você vai.Eu quero ser seu amigo Jimin,quero conquistar sua amizade de novo.

Ele abre um sorriso.

Como eu adoro quando Nam sorri pra mim.

Sorri quase que involuntariamente.Não posso negar que senti falta do meu Hyung.

Vi NamJoon abrir a boca mais uma vez como se quisesse falar mais alguma coisa, mas foi interrompido pelo meu toque irritante de celular.

Pego meu smartphone e o nome "HopeHorse-hyung" aparece no visor.

-Alô?

-JiMin, o kookie ja chegou em casa?

-Como assim Hyung?

-Ele saiu daqui da faz quase uma hora, cansado de te esperar e foi pra casa pensando que você estava lá.E como ele não  atende o telefone até agora resolvi ligar pra você.

-VOCÊ DEIXOU O JUNGKOOK SAIR SOZINHO A ESSA HORA DA NOITE?!

-Ele não é um bebê, JiMin. Ele sabe o caminho pra casa.Mas então,ele esta aí ou não?

-Eu não sei Hobi, mas de qualquer forma, eu tô indo pra casa agora.

Desligo o telefone e aviso pra NamJoon que vou embora.Ouço ele me perguntar se aconteceu alguma coisa, mas eu não respondo.

Sabia que devia ter voltado pra casa mais cedo.

Saio da cozinha e me despeço dos primos que me olham confusos.

Ouço chamarem por meu nome mais uma vez enquanto vou em direção a porta.

Abro a porta e saio de casa sem ligar pra chuva forte que ainda caía, e tento andar rápido.

Logo,sinto os pingos grossos atingirem minhas costas com força.Devia ter pedido um guarda-chuva emprestado do V

Quando já havia andado dois quarteirões me encontrava totalmente perdido, e pra melhorar minha situação, agora caiam raios e o barulho dos trovões era ensurdecedor.

Resolvi parar um pouco pra respirar e tentar achar algum ponto de referência que pudesse me ajudar.

Fico alguns minutos em silêncio,olhando em volta,eu estava mais perdido do que HoSeok em dia de prova

Fecho meus olhos levemente e suspiro. Ja que não sei pra onde vou, preciso pelo menos achar um lugar pra me proteger dessa chuva.

-Hey JiMin!Finalmente te achei! Entra aqui.

Abro meus olhos, e me viro pra tentar enxergar quem me chamava,mas só vejo um carro parado em frente á mim.

Dou alguns passos até a janela do motorista, e me deparo com YoonGi na direção.

-O que está esperando?! Entra logo!

-Eu...hm...Eu vou deixar seu banco molhado...

-Para com essa história e entra logo JiMin,Eu te dou uma carona até sua casa.

-Tem certeza ?

-Tenho.Entra logo,você vai ficar doente ficando na chuva desse jeito.

Entro no carro e me sento no banco do passageiro e YoonGi me entrega uma toalha.

-Então,onde você mora?

Digo o endereço e ele diz saber onde fica.

Seguimos em silêncio até ficarmos parados num congestionamento.

Parece que vamos ficar aqui por um bom tempo.

-E então...Por quê saiu de casa daquele jeito?NamJoon fez algo que você não gostou?

Fico em silêncio.Ele acha que NamJoon fez algo errado?

-Cara, não leva ele a mal.Ele não sabe muito bem o que faz quando está a fim de alguém e...

-Não, não teve nada haver com NamJoon.-O interrompo.-Meu amigo me ligou dizendo que JungKook foi embora há muito tempo, e até agora não deu notícias.

-Pera, JungKook é o garoto que você cuida não é?

Concordo com a cabeça e espero ele continuar.

-E esse JungKook não sabe ir pra casa sozinho?

-Não sei.Provavelmente sabe.

-Então não devia se preocupar tanto com ele.Assim como você, ele é um adolescente, e precisa aprender a se virar sozinho.Assim como você.

-Tem razão.-Concordo.

Ficamos em silêncio.Um silêncio MUITO incomodo.

Reviro minha mente em busca de algum assunto que possa ser interessante a incógnita de cabelos rosados sentada ao meu lado.Infelizmente, eu não acho nenhum assunto.O que era de se esperar,afinal,não sei nada sobre ele,além  de ser primo de TaeHyung e  do fato de ser perigosamente bonito .

Enquanto divagava sobre como falar com o garoto até que percebo marcas levemente arroxeadas no braço do garoto.Bem na parte onde eu apertei mais cedo.

-Eu fiz isso?

Ele me olha com uma expressão confusa, e eu aponto para as manchas roxas em seu braço.

-Ah,não se preocupe,isso não foi por sua culpa-Ele olha mais uma vez para os hematomas e direciona seu olhar até mim-E mesmo que fosse,eu prefiro muito mais meu braço roxo do que um provável pescoço quebrado.

Me pergunto o que pode ter causado aquilo em seu braço.

Ele solta uma risada anasalada e continua me observando.

-Tem algo errado?-Pergunto.

-Ah não,você apenas parece com alguém que eu conheci há algum tempo atrás.

Percebo ele sorrir enquanto olha fixamente pro nada.

Como um simples sorriso pode ser tão bonito desse jeito?

O sinal se abre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


OIOI GENTE
QUE DEMORA FOI ESSA
DESCULPA ;-;;;;;;;;;;;
prometo que o próximo sai rapidinho (ou pelo menos em menos tempo do que esse demorou pra sair)
Novamente,tenho que agradecer ao @wegothehellmans por betar o cap pra mim :3
espero que tenham gostado ♥
Até o próximo cap babes :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...