História Sweet Angel - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Justin Bieber, Obsessão, Possessão, Possession, Seculox, Selena Gomez, Sweet Angel
Visualizações 475
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, serio me desculpem a demora as coisas andam meio corridas, mas consegui.

Angel na foto, que cute❤❤😻

Boa leitura📖


NOTAS FINAIS

NOTAS FINAIS

NOTAS FINAIS

NOTAS FINAIS

NOTAS FINAIS

NOTAS FINAIS.

Capítulo 17 - Chapter 17


Fanfic / Fanfiction Sweet Angel - Capítulo 17 - Chapter 17


|JUSTIN BIEBER POINT OF VIEW|

Estava cansado quando sentei na minha poltrona agraciando o doce silêncio que jazia na sala principal do palácio. Já era noite e lá fora ventava forte, provavelmente a chuva estava por vir.
Selena estava em meu quarto depois de passar mal, o médico do palácio falou que ela estava bem, porém nada de passar por momentos nervosos, também falou que meu filho estava para vir, e era melhor não deixá-la sozinha, como se eu fosse capaz de fazer tal coisa. Agora que ela estava perto de mim não iria largá-la tão facilmente.

  Minha mãe ficou feliz por mim, ela via como eu estava sem aquela mulher, e ela gostava de Selena, mas ela não sabia do meu filho, ainda tenho que avisar a ela.

Ainda tem um pequeno imprevisto que eu tenho que resolver, Joseph. Ele morava no castelo, e obviamente iria tombar com minha mulher ema qualquer momento. São tantos problemas que me sinto sobrecarregado, preciso de um momento de paz para meu ser. 
 

___ Tio Justin?___ ouço a doce voz de Angel um pouco longe, elevo meu olhar para cima da escada e posso vê_la no topo.
 

___Sim!? Venha bebê...
 

___ Ange tem medo de descer, tio.___ fala com vergonha e abaixa a cabeça.

Me levanto e vou até a escada em passos leves. Ao chegar no topo da escada ela estica seus bracinhos para que eu possa pega- la . Começo a descer a até chegar no meu acento, sento ela no braço fofo da poltrona e ela se ajeita rindo em seguida.

___ Tens medo de que?
 

___ Descer, muiiiito alto.___ faz um gesto engraçado.
 

Solto uma risada após ela fazer uma caretinha bem engraçada. 

Ela era idêntica a Selena, suas expressões e manias.

___ E por que estás acordada a esta hora?
___ pergunto dando um peteleco em seu nariz pequenino, ela fecha os olhos e gargalha alto.

___ Quero mamãe.___ faz carinha triste.

___ Anjo, façamos assim;  responda_me a algumas perguntinhas  que farei, lhe levo para a mamãe... O que achas?
 

___ Sim, sim.___ bate palminhas alegre.
 

Eu sei que pode ser estúpido o que estou a fazer porém só me resta a perguntar para Angel, uma vez que Selena não irá me responder tão cedo.
Angel era bastante inteligente e saberia me responder, tecnicamente algumas perguntas bem simples como;
 

___ Como se chamava seu papai?___ isso me perturbava ferozmente deste cedo.
 

Claramente eu ainda não consegui pregar os olhos desde do momento em que pus Selena em minha cama. Ora fiquei a admirar- la , e guardando seu sono .

Meu olhos estavam pesados e a qualquer instante o sono me ganharia de vez. Meu corpo implorava por descanso mas minha mente insistia em me bombardear de pensamentos inoportunos.

 

___ Meu papai?___ ela faz cara de confusão.___ Mamãe fala que é Phillip.

Phillip. Isso no mínimo me ajudaria caso eu fosse a procura do rapaz e exterminar_lo.
Um camponês, chamado Phillip tudo que eu precisava, porem não haverá carência para tal ato, uma vez que ele não jaz entre nós. Morto ele não interferia nainha jornada com Selena e Angel.
 

___ Certo, e você chegou a vê_lo anjo?

___ Ange nunca viu papai, mamãe diz que mataram ele quando eu morava na barriga dela...

O mataram? Interessante, melhor para mim. Veja bem, se ela tivesse algum vinculo com ele seria bastante difícil fazer_la despegar do pai. 

Eu serei seu pai.
 

___ Meu irmão mora lá agora tio.

___ Mora?___ riu de leve.

___ Yeah, deve ser magnífico morar lá, não é?

___ Bom, talvez . Sua mãe se envolve com outro...homem? ___ meu sangue ferve só de imaginar ela com outro homem.

Meu estômago embrulha só com esse pensamento, não quero ver ninguém tocando Selena e muito menos Angel. 
 

___ Mamãe? Não tio Ange não deixa, você quer casar com ela por acaso?__ faz cara sugestiva. 
 

Me engasgo por um minuto, e tento recuperar_me do susto. Que garota inteligente. 

___ E o que você entende sobre casamento mocinha?

___ Eu nada, mas eu gostaria que a mamãe casasse com vós. 

Ela fala brincando com meu cabelo, dou uma pequena risada do que ela acaba de falar. Eu ia casar com Selena de fato, mas isso eu pensaria mais tarde sobre este assunto que me agrada demasiado.

___ Casarei com ela, anjo.

___ Serio, será meu novo papai?___ seus olhos brilham e uma linha enorme de sorriso cresce em dua boca.

___ Claro.___ela me abraça e aperta meu pescoço fortemente como se não quisesse me perder.

___ Vamos caçar a mamãe?

___ Sim,___ me levanto e ela desce desajeitadamente do braço do poltrona num pulo, meu coração salta de susto.

___ Céus, não faça isso Angel.

___ Ain, desculpa pa...___ela para e tampa a boca com os os olhos arregalados.

Meu coração se enche ela ia me chamar de pai, que sensação boa meu Deus.

___ O que?

___ Desculpa....

___ Não, não se desculpe, pode me chamar de pai toda vez que desejar, tudo bem anjo? ___ abaixo e fico a sua altura.

___ Tudo bem!__ fala com alegria e empolgação.

Começo a mim levantar e ela agarra minha mão olhando para cima uma vez que minha altura e contrária a dela, talvez muito contrária.  Começamos a subir as escadas do palácio ela pulando degrau por degrau e quando escorregava eu está alí segurando_a para não cair, assim como um pai faria com uma filha.
Chegamos a porta e eu agarro a maçaneta um pouco nervoso e a giro abrindo logo em seguida deparando_me com Selena dormindo de forma angelical na nossa cama.  Angel solta minha mão e corre para cama da mãe, claramente não consegue subir sendo a cama quatro vez maior que ela . Ela levanta a perna e começa dar pulinhos tentando alcançar essa  cena me faz rir, baixo porém ela escuta e me olhar zangada.

___ Tio...___ ela fala sussurrando para não acordar a mãe que parece mas uma pedra ao dormir.

Vou na sua direção e levanto ela para que ela consiga subir a cama, quando consegue vai engatinhando até o lado de Selena e deita.
 

___ Vem Justin.___ ela me chama e meus olhos provavelmente brilham ao vê elas, as mulheres da minha vida juntas.

Tiro meu sapato e subo para a cama me juntando a elas. Angel deita na minha barriga e estico meu braço por cima da cabeça de Selena que por incrível que pareça, se aconchega mais perto ainda de mim.
 


Notas Finais


Bom gente eu comecei um novo projeto e peço que dêem uma olhadinha .

Long Dress---> https://spiritfanfics.com/historia/long-dress-6729735


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...