História Sweet Beast - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kagami Uchiha, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Kisame Hoshigaki, Konan, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shin Uchiha, Shisui Uchiha, Sora Uchiha, Tajima Uchiha, Temari, Tobirama Senju, Zetsu
Tags Alfa, Narusasu, Naruto, Ômega, Sasuke/naruto, Sasunaru, Uchihacest, Yaoi
Exibições 273
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello meus amores lindooos,tudo bem com vcs? <3
Não acredito que chegamos á marca de 42 favoritos *-* Estou tão feliz,obrigada!
E achei interessante mudar a capa da fanfic pq um amado leitor da antiga Tag You're It me disse que pela capa parecia que só haveria Sasu/Naru,então resolvi altera-la.(Obs:Obrigada pelos comentários também!)
Esse é um capitulo que ao meu ver ficou um pouco pesado...espero que gostem!
Boa Leitura <3

Capítulo 2 - 0.1- A insanidade


Fanfic / Fanfiction Sweet Beast - Capítulo 2 - 0.1- A insanidade

O Sol brilhava forte aquecendo a tarde tipicamente fria de inverno. Naruto estava sentado em uma campina, que apesar do frio que antecedia o começo da estação e da neve, estava florida .

-"4 anos, se passara, e ainda que tenha todo esse tempo... continuo sentindo sua falta Hina "- pensava o loiro distraído com as orbes azuis perdidas na imagem sol poente lembrando como costumava brincar com a amiga naquele lugar -

-Flashback On-

O pequeno garoto piscava os olhos azuis demasiadas vezes.

-Eu já disse que não Naru!- Falou Kushina mantendo impassível a sua decisão já tomada, apesar de estar derretida pela carinha de cachorro pidão do filho caçula.

-Aaah, mãe! Por favorzinho! Com uma lenda assustadora de lobos que comem criancinhas, você vai deixar a Hina brincar sozinha na campina?! - Exclamou o garotinho cruzando os braços e fazendo um biquinho nos lábios, arrancando uma risadinha da genitora -

-Está bem, está bem. Pode ir. - Respondeu suspirando ao constatar que um ser tão jovem já conseguia manipula-la tão facilmente, o garoto deu pulinhos de empolgação - Mas volte até as cinco.

-Obrigada mamãe! - Empolgado, Naruto abraçou a mãe e beijou-lhe a bochecha -

-Me larga Naru! E vai logo antes que eu mude de ideia, garoto! - Falou, ao se esquivar das demonstrações de afeto falsas do filho -

-Eu te amo mãe! A senhora vai pro céu por isso! - Gritou já na porta da rua, fechando-a logo em seguida e pondo-se a caminhar pelas ruas desertas -

-Flashback off-

O garoto agora estava no auge de seus 18 anos, sua beleza angelical se transformou em uma sensualidade única e invejável. Ele fechou os olhos e deixou o vento acariciar-lhe a pele suavemente.

    De dentro da floresta, uma forma escura se movimentava silenciosamente por entre as árvores, seus olhos vermelhos examinavam o garoto, sua boca salivava, e seu corpo estremecia com o pensamento de provar daquela carne, hora ou outra o vento mudava de direção trazendo ao olfato apurado da fera o doce cheiro de Naruto. Em um movimento rápido o grande animal pulou da floresta rosnando e começou a andar lentamente em direção ao garoto.

Naruto conhecia aquele par de olhos vermelhos...era ele, o mesmo lobo que arrancara de si um grande pedaço, agora estava ali, vindo em sua direção, porém diferente de seus pesadelos, não podia simplesmente  acordar e espanta-lo. Sem saber o que fazer, correu para dentro da mata.

Péssima escolha.

Ele corria na floresta mal iluminada totalmente perdido, sentia como se tivesse voltado no tempo, só que em vez de Hinata, era sua vez. O chão fofo por conta da neve que se fazia presente naquela época do ano, o que não colaborava na tentativa de fugir do lobo.

Naruto podia sentir as patas macias do animal atrás de si no mesmo ritmo do seu coração e ,quando percebeu que estava correndo em direção a um pequeno barranco já era tarde demais para parar e ele rolou penhasco abaixo, levantou-se com dificuldade e procurou freneticamente por um lugar para se esconder, avistando somente uma caverna mediana correu para a mesma com as forças que ainda lhe restavam.

Ao entrar na caverna tropeçou em uma pedrinha e caiu na metade do caminho, se sentou e ficou olhando para a entrada da caverna com os olhos cheios de lágrimas. Mas o lobo não apareceu, em vez disso um homem de pele muito clara, cabelos e olhos negros como a pelagem do lobo que outrora o perseguia, surgiu caminhando calmamente, parecia jovem, vestia roupas largas de algodão de cor preta, sua camisa de mangas compridas estava para fora da calça parcialmente desabotoada mostrando o tórax definido. O homem  farejou o ar e cravou os olhos ônix no loiro que se levantara tremulo, e a cada passo que o moreno avançava para ele , o loiro recuava três até que em certo momento bateu as costas na parede fria da caverna.

-Q-quem é você? - soluçou o menor com os olhos arregalados -

O homem andou até Naruto, prendeu os pulsos do mesmo na parede e passou os lábios em seu no pescoço fazendo-o se arrepiar.

-Por favor... - choramingava o garoto -

O homem puxou o ar pelas narinas profundamente, sentindo o cheiro inebriante daquela pele bronzeada antes de cravar suas presas afiadas na carne macia, fazendo o garoto urrar de dor, parecia que sua clavícula se quebraria a qualquer momento como um frágil graveto.

-Pode gritar o quanto quiser, ninguém vai te ouvir. -Disse o homem logo depois de soltar o ombro do garoto e lamber seus próprios lábios manchados pelo liquido avermelhado que escorria livremente do novo machucado. Sua voz era rouca e fria,  tirando o rosto do pescoço do outro, virou-o de frente para encarar profundamente aqueles olhos azuis tão puros - Não adianta tentar fugir ou se esconder, eu sempre vou te achar.

Largando Naruto, que escorregou para o chão com as costas apoiadas na parede fria, o homem abaixou o corpo devagar até ficar agachado, pousou as duas mãos no chão frio e começou a se aproximar do loiro que tremia. Seus lábios estavam repuxados em um sorriso que mostrava seus dentes caninos pontiagudos sujos de sangue, e estranhamente parecia selvagem e perigoso.

Ele cobriu a distancia que os separava em um segundo, uma veia começou a pulsar no pescoço do menor era onde os lábios dele pairavam, o garoto virou a cabeça para olhar para o homem, e reparou que seus olhos não estavam mais negros, adquiririam um tom vermelho, iguais aos do lobo que outrora vira. E só depois de minutos se deu conta de que ele era o próprio lobo.

-P-por favor não me mate...- Choramingou fechando os olhos com força -

O homem  sentiu que seu membro estava começando a despertar só de olhar para aquele garoto tão submisso e assustado a sua frente.

Ele era a presa perfeita, encurralado, sozinho e assustado. Levantou-o  pelo cabelo em um ato extremamente doloroso, e gemendo de dor colocou-se de pé. O modo como Naruto fechava os olhos e chorava só serviam como afrodisíaco para os extintos do Lobo que, institivamente excitou-se , abaixando abruptamente  a calça do garoto colocou-o apoiado na parede de forma que sua bunda ficasse empinada, tirou seu pênis desperto da calça e posicionando-o na pequena entrada, o penetrou sem nenhum tipo de lubrificação ou preparo. Começou mais lento, devido a dificuldade que o orifício quente do outro, que deveria ser virgem até segundos atrás proporcionava, mas logo o sangue de Naruto facilitou os movimentos do homem que a cada estocada se tornava mais violento.

-Para p-por favor- Pedia ele entre um soluço e outro -

Naruto batia o rosto na parede á cada movimento brusco, tentou sair, se debateu, gritou mais nada adiantou. Aquilo só fez com que seus braços fossem presos  nas próprias costas, imobilizando-o sem sessar os movimentos. Ele estocava o corpo já vacilante cada vez mais forte e gemia de forma obscena. A única coisa que o garoto conseguia pensar e sentir era dor, cada membro machucado do seu corpo tremia. Segurando-o pela cintura ,apertou a carne com força, perfurando a pele sensível e já muito machucada, o homem moreno chegou ao ápice e gozou dentro do orifício ensanguentado enquanto ainda estocava com força, o liquido branco escorria pelas pernas de Naruto se misturando com o sangue e fazendo os ferimentos daquela região arderem com o sêmen quente do lobo que, parecendo ainda não satisfeito com o primeiro orgasmo, caminhava para o segundo de muitos outros que estavam por vir .

Depois de vários e vários orgasmos provenientes do sofrimento do garoto, com uma última estocada forte, o homem saiu do corpo do outro que caiu no chão batendo a cabeça no chão.

Ao recuperar sua sanidade e arregalar os olhos ao se dar conta do que acabara de fazer, colocou seu membro na calça preta e se dirigiu para a entrada da caverna, saiu transformando-se na familiar forma de lobo negro e sumindo na floresta, deixando Naruto sozinho.

As histórias que sua mãe lhe contará eram mais do que reais, e agora estavam acontecendo com ele. Sentia como se tivesse sido atropelado, seu corpo doía em cada mínima parte. Queria fugir mais suas pernas não tinham mais forças, e seus olhos começavam a pesar. Se encolheu em posição fetal e apagou completamente.

                                                                                 [...]

O grande animal se deslocava silenciosamente na escuridão da floresta coberta pela neve que caia em leves e delicados floquinhos que obrigava o lobo a balançar o focinho frio hora ou outra para se livrar dos mesmos. Depois de muito tempo, finalmente chegou em seu destino, metamorforseou-se na forma humana e abriu a porta da enorme mansão.

-Sasuke?! –Gritou o homem de longos cabelos levantando-se do sofá de couro preto e indo em direção a porta - Onde esteve?! E como conseguiu se soltar?!

 


Notas Finais


Tamtamtamtaaam -suspense-
Ate o proximo!

Com amor;
~Matsouka-Senpai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...