História Sweet Blood - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abnegativo, Amor, Apocalipse, Clichê, Companheiros, Hepatite, Monarquia, Romance, Sangue Doce, Vampiro, Veela
Visualizações 27
Palavras 320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - 十七


Fanfic / Fanfiction Sweet Blood - Capítulo 17 - 十七

O tempo passou rápido enquanto estive aqui. Eu tomei um bom banho e logo após Anna me trouxe o jantar, depois disso eu passei o resto da noite sentada na poltrona abaixo da grande janela, lendo os livros que encontrei aqui.

Ao fim do segundo exemplar, minhas esperanças de ver Andreei novamente se diluiram ao meu cansaço. E me rendi ao sono na grande, macia e aconchegante cama.

[...]

Pode não parecer, mas eu tenho um sono leve, então, os dedos que deslizavam suavemente pelo meu rosto, me acordaram com facilidade.
Abro meus olhos me deparando com os castanhos dele.

— Desculpe lhe acordar, não era minha intenção. - Ele diz baixinho retirando a mão para longe e desviando o olhar. — Eu não pude vir lhe ver antes. E não consegui dormir ser o fazer.

— Tudo bem, eu entendo essa ligação.

Seus olhos se iluminam quando se vira para mim e diz.  — Você se importa se eu ficar aqui?

— No meu quarto?! Quer dizer, eu sei que a casa é sua, mas eu estou dormindo aqui e tal, além disso está tarde é melhor você ir.

— Okay, eu não vou te pressionar. - ele se aproxima plantando um beijo em minha testa. Se afasta e vira pra sair enquanto diz. — Eu te vejo mais tarde.
 
Vê-lo ir embora, fez um sentimento estranho surgir no meu interior.

— Espera, você pode ficar. - eu digo suspirando.

— Não se preocupe, eu não farei barulho. - ele diz enquanto tira as pantufas e o roupão, que eu nem reparei que estava usando. E prepara para se deitar no chão.

— Você vai dormir aí?

— Sim.

— Bem, se quiser, pode se deitar aqui. Mas nada de abraços. - por que eu tenho que ser tão bondosa?

— Não precisa repetir. - diz se deitando do outro lado da cama. — Boa noite.

— Boa noite. 


Notas Finais


Andreei na mídia (*-*)
Capítulo grandão, mereço uns aplausos. Ah, sorry pelo final meio 😐, mas é vida e coisas melhores virão 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...