História Sweet Bread (texting) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Chansoo, Chen, Xiuchen, Xiuhan, Xiumin
Exibições 149
Palavras 279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - 17


Chen observou os dois meninos entrarem na cafeteria, Minseok e Luhan estavam de mãos dadas e assim que Luhan viu a cara de tacho de Chen quis muito rir mas conteu-se.

Eles se aproximaram e minseok soltou  a mão de Luhan olhando pra Chen que permanecia ali parado olhando fixamente para o menino a sua frente.

Minseok riu e estalou os dedos na frente dos olhos de Chen.

-Alô, alguém? -Perguntou sorrindo fazendo Chen sair de seus devaneios.

-Ah sim...O que deseja. -Chen respondeu com um olhar vacilante.

-Quero um cappuccino com gotas de chocolate e chantilly. -olhou rápidamente para Luhan. -E um café.-terminou sorrindo fazendo Chen quase gritar, ele não tinha uma queda por Minseok e sim um barranco.

Chen fez uma leve referência e foi preparar os pedidos, os outros dois conversavam, mas Chen sentia que vez ou outra o olhar de Minseok ficava sobre si, o deixando nervoso, pegou os pedidos ja prontos e entregou a Luhan que sorriu sapeca.

Minseok pegou o dinheiro e colocou no balcão.

-Vai querer mais algo?

-Não, obrigado. Ah sim, meu nome é Minseok eu trabalho na floricultura do outro lado da rua, e eu amo café, então vamos nos ver em breve.-O menor disse calmo, realmente amava café e iria voltar ali.

-Eu me chamo ch....Jongdae, mas me chame de Dae.- Chen quase entregou seu apelido, então resolveu dizer apenas seu nome real.

-É um prazer Dae, agora eu tenho que ir, até outra hora.

Minseok abanou dando tchau e  Jongdae retribui o ato observando os dois garotos saírem do café, assim que saíram Jongdae ficou pensando como ele tinha dificuldade de falar com o menor na vida real.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...