História Sweet Devil - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Lemon, Taekook, Vkook
Exibições 393
Palavras 2.667
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá~
Bom, essa fanfic é todinha pra ~SaranghaeKookie

Bem, espero que goste ^^

Capítulo 1 - Eu te ajudo a relaxar, babe


Os alunos aos poucos se dispersaram do auditório abafado, outra vez aquela maldita caixa de som havia resolvido não funcionar. Jeongguk estava mais do que irritado, aquele dia estava sendo o pior de todos: Prova no tão amado horário vago pela ausência da professora de inglês, uma pequena discussão com outro professor, e agora os planos para  o ensaio final antes da apresentação indo por água abaixo.  Certo, precisava manter a calma, se surtasse seria pior.

 

- Vai ficar só me olhando? - Ralhou irritado, o ruivo sorriu.

 

- Estou esperando você surtar, Kookie. - Se ajeitou na cadeira que por algum motivo estava no centro do palco. -  E aliás, vou ficar olhando sim. Você fica muito sexy fazendo essa expressão quase furiosa.

 

- Vai caçar algo para fazer e me deixa pensar em como resolver essa merda de problema. - Jeon suspirou sentando-se no chão, queria bater em alguma coisa. - Já vi que vai ficar um lixo! Nem ensaiamos e a droga da apresentação é no último horário!

 

- Você tem que controlar essa ansiedade. Vai acabar morrendo.

 

- Vai se foder Taehyung! Se não vai ajudar sai. - Olhou para o ruivo como se fosse capaz de soltar lasers pelos olhos, porém o ruivo não se abalou, apenas levantou e empurrou a cadeira para o canto do palco.

 

Desceu do palco e sentou-se ao lado do moreno que o olhou de soslaio, ainda irritado. Taehyung acabou rindo baixinho da reação do mais novo, um ensaio perdido não era o fim do mundo, certo? Certo. Se todos sabiam o que fazer tudo daria certo. Se desse errado, bom... Não daria errado. O moreno parecia cavar um buraco na parede apenas com os olhos.

 

- Você precisa relaxar, cara. - O ruivo falou, Jeongguk apenas o olhou e voltou seu olhar para frente ainda fuzilando a parede. - Hum... Acho que sei como te ajudar a se acalmar. Vem comigo.

 

Puxou o outro pelo pulso até o centro do palco, não tinha certeza de que aquilo iria funcionar, no entanto dançar sempre anima a mais ranzinza das pessoas. Tirou o celular do bolso traseiro de sua calça e riu ao clicar naquela música tão impudica em sua opinião. A batida inicial era lenta, Jeongguk franziu o cenho sem entender o que o Kim queria com aquilo, mas não tardou a ter compreensão quando as mãos alheias circularam sua cintura, colando seus corpos. O som pareceu aumentar e Taehyung iniciou movimentos lentos, trazendo o moreno consigo enquanto de movia contra o corpo alheio, as mãos que antes estavam na cintura de Jeongguk agora desciam lenta e suavemente até as coxas bem marcadas, apertando levemente.

 

O ruivo não evitou sorrir maliciosamente quando o mais novo levou ambas as mãos aos seus ombros, movendo seu corpo junto de Taehyung, no ritmo da música que soava abafada pelo auto-falante coberto.

 

Your man on the road, he doing promo You said keep our business on the low-low I just tryna get you out the friendzone Cause you look even better than the photos

 

Aos poucos Jeongguk tomava gosto pela dança estranha que faziam. Era como se estivessem em uma balada, os corpos quente demais se esfregavam sem pudor algum, mãos confusas tocavam e apertavam toda a carne que conseguiam. Taehyung umideceu oa lábios com a língua, para em seguida levá-los para o pescoço alvo do outro, iniciando uma serie de beijos cálidos, eram breves selares pela tez macia.

 

- O que você está fazendo? - Indagou Jeon, fechando os olhos e inclinando a cabeça para deixar seu pescoço ainda mais exposto para o outro. Taehyung aproximou os lábios do ouvido alheio antes de responder a pergunta do outro.

 

- Estou te ajudando a relaxar, moreno. - Sussurrou. Seus dentes se fecharam no lóbulo da orelha de Jeongguk, brincando com o brinco prateado que residia ali. - Se você quiser, Kookie, eu posso parar e te deixar aqui. Sozinho nesse auditório tão quente e abafado.

 

- Eu perguntei o que você estava fazendo, isso não quer dizer que eu não gostei. - Falou baixo, os olhos fechados enquanto o ruivo infiltrava uma mão dentro de sua blusa, os dígitos gelados o arrepiando.

 

I only call you when it's half past, five The only time that I'll be by, your, side I only love you when you touch me, not feel me

 

O ruivo sorriu ao notar Jeongguk se mover mais rápido, esfregando-se despudoradamente contra si, ainda seguindo o ritmo da música. Taehyung girou o corpo do outro e o guiou aos tropeços até a parede do fundo daquele palco. Não perdeu tempo, uniu seus lábios com euforia, penetrando a boca alheia com a língua, sem pedir permissão.  As mãos de Taehyung apertavam com força a cintura de Jeon sob a camisa, marcando a pele alva com as unhas curtas.

 

- Já que está gostando tanto... Eu posso te mostrar outras formas de relaxar você quer, moreno?

 

- Quero. - Respondeu sem hesitar ou pensar. O Kim sorriu.

 

- E você vai deixar que eu faça o que eu quiser? Vai me deixar usar você para testar meus métodos, Kookie?

 

- Sim... Tudo o que quiser, Tae. - O moreno semicerrou os olhos respirando devagar quando o outro voltou a beijar seu pescoço, vez ou outra dando mordidas leves, apenas para arrepiar o mais novo.

 

Ainda com as mãos dentro da camisa do moreno, Taehyung as subiu para os mamilos começando a incitá-los enquanto ainda movia seus lábios sobre a pele quente e macia do mais novo. Deixou-se atrever um pouco mais, chupando a pele alva com certa força, o que fez o local avermelhar rapidamente. Jeongguk acabou não contendo o gemido manhoso que lhe escapou dos lábios entreabertos.

 

When I'm fucked up, that's the real me When I'm fucked up, that's the real me, yeah

 

Taehyung não pensou duas vezes antes de levar as mãos para a barra da camisa de Jeongguk e a tirar do corpo diminuto, jogando-a em qualquer lugar ali. Fixou seus os olhos nos de Jeon por alguns instantes, até desviá-los para o canto do palco, vendo a cadeira de momentos antes. Sorriu com maldade e se afastou do moreno o que lhe lançou um olhar de repreensão. Pegou a cadeira e a posicionou no centro do palco, Jeongguk o olhava sem entender absolutamente nada.

 

- Senta aqui, moreno. - Pediu e o outro suspirou antes de atendê-lo. Caminhou lentamente até a cadeira e se sentou. - Agora feche os olhos.  - A voz do outro soara sussurrada contra seu ouvido, fazendo-o arfar pela ansiedade do que viria a seguir. O medo se ser pego ali era grande, a adrenalina corria quente por suas veias. Era excitante.

 

Lay where you're laying, don't make a sound I know they're watching, they're watching  All the commotion, the kiddie-like play Has people talking, talking

 

Com o menor de olhos bem fechados e lábios presos entre os dentes Taehyung não se fez de rogado ao colocar uma mão em cada coxa marcada pela jeans de Jeon,  apertou como queria e sem retirar as mãos encostou seus lábios no tórax desnudo do moreno, distribuiu beijos e chupadas pelo local enquanto Jeongguk apertava as mãos em punho e reprimia gemidos. O Kim começou a deslizar a língua sobre um dos mamilos clarinhos do mais novo, suas mãos subindo pelas coxas delineadas até alcançarem o cós da calça, desceram lentamente,  e finalmente pararam sobre o membro totalmente ereto de Jeongguk, este que não foi capaz de segurar um gemido alto.

 

- Eu nem fiz nada e você já está gemendo assim, babe? - O ruivo indagou, com tom de deboche.

 

- N-Não quero nem ver quando fizer. - Expôs o pensamento, sem ter certeza do que falara.

 

- Ah, Kookie, quando eu fizer, você irá gemer feito uma vadia. - Subiu oa lábios para o ouvido do menor. - A vadia do TaeTae... Você vai gemer e pedir por mais.

 

- Pode apostar que eu vou...

 

Come inside, take off your coat I'll make you feel at home Now let's pour a glass of wine 'cause now we're all alone I've been waiting all night so just let me hold you close to me 'Cause I've been dyin' for you girl to make sex to me

 

Jeongguk permanecia com seus olhos bem fechados, atento a cada sensação que Taehyung lhe trazia. Se era errado fazer  ''esse tipo de coisa'' no auditório da escola? Ah com certeza, mas para que se importar? Para o desejo não há hora nem lugar.

 

Ouviu uma risada cínica vindo do ruivo, porém manteve-se quieto. O Kim mordeu com força o lábio inferior fitando o rosto quase angelical do moreninho, queria saber quantas expressões aquele rosto possuía. Sem pressa alguma Taehyung começou a abrir a calça que Jeon usava, aos poucos revelando a boxer negra já molhada pela excitação de Jeongguk. Com  um sorriso presunçoso, Taehyung colocou-se a abaixar o tecido negro, revelando a ereção avermelhada e pulsante do garoto. Colocou apenas a glande em sua boca, fazendo Jeongguk arfar e seu corpo contorcer-se contra a cadeira escolar. Começou a felação dando sugadas intercaladas entre o lento e intenso. Jeon gemeu arrastado segurando com força nos fios escarlates de Taehyung, que não perdeu a chance de fazê-lo gritar quando engoliu por completo o membro que pulsava contra sua língua. Brincou com os dentes por ali, sentindo o aperto dos dedos finos em seus cabelos, Taehyung estava literalmente adorando fazer Jeongguk perder o controle daquela forma.

 

- Babe, se continuar gemendo assim chamará atenção de todo mundo… E nós não queremos ser pegos não é mesmo? - Ditou calmo, sua voz soando tão tranquila que Jeongguk o comparar com um doce demônio.

 

Boy, you make me feel real good. We can do it 'til we both wake up.Boy, you know I'm hooked on you, and this is what I'll do…

 

- T-Tae… - Chamou baixinho, abrindo os olhos - Por favor, anda logo, que tal avançar isso um pouco?

 

…I wanna sex you up. All night. You make me feel real good. I wanna rub you down. I wanna sex you up.

 

O ruivo mordeu o lábio inferior, se afastando para arrancar a blusa do corpo e jogá-la no chão, junto da camisa de Jeongguk. O moreno não perdeu tempo, levantando-se para remover a calça, no entanto parou ao ouvir a risada do outro.

 

- Não é melhor tirar os tênis antes babe? - O moreno revirou os olhos e removeu as meias e tênis antes de tirar a calça, ficando apenas com a boxer. - Tira tudo, Jeon. Me deixe te ver, meu moreno.

 

Let me take off all your clothes, we'll disconnect the phone so nobody knows, let me light a candle. So that we can make it better. Makin' love until we drown

 

Jeongguk não pensou em nada apenas tirou a boxer negra e colocou junto da jeans. Sentiu sua pele queimar e fitou o ruivo que o olhava com os olhos negros famintos. Taehyung também havia se despido e caminhou lentamente até o moreno, agarrou a cintura delgada e colou seus corpos, as ereções se tocando sem pudor e os lábios abrindo-se em um gemido sem som. O ruivo guiou o mais novo até a cadeira e fez com que ele ficasse ajoelhado com ambas as mãos apoiadas no assento, seu quadril bem empinado para Taehyung que salivava com a cena erotica que era Jeongguk exposto para si daquela forma.

 

- Eu juro que te foderia até o amanhecer de estivéssemos na minha casa, moreno. - Bradou o ruivo enquanto desferia um tapa forte contra a nádega branquinha do mais novo. Abaixou-se o suficiente para tocar com a língua a entrada que se contraia diante de seus olhos.

 

Ouviu o moreno gemer manhoso, e continuou o que fazia, sua saliva molhava toda a região com cuidado. Levou a mão direita até a boca de Jeongguk que entendeu muito bem o recado e começou a chupar e lambuzar três dos dígitos que estavam a sua frente. Taehyung não tardou em tirar os dedos da boca do moreno e começar a inserir o primeiro contra a entrada já lubrificada com sua saliva.

 

Boy, you know it feels real good, we can do it 'til we both wake up. Boy, you know I'm hooked on you. And this is what I'll do… I wanna sex you up.

 

Jeongguk rebolou brevemente quando o ruivo começou a inserir o segundo dígito. Taehyung sentia o interior quente apertar seus dedos e gemia baixinho, desejando que o outro se acostumasse logo.  Movia os dedos alargando a entrada molhada até Jeongguk sussurrar pedindo por mais, retirou os dedos de dentro do outro e cuspiu em sua mão direita, envolvendo o próprio membro com a mão e se masturbando por breves instantes, antes de colocar-se ajoelhado atrás do moreno, seu pênis pulsando com a adrenalina que corria em suas veias.

 

- É agora, moreno. - Sussurrou para Jeongguk que fechou os olhos e apertou os dedos na borda da cadeira, mordia o lábio com força para que não gemesse alto demais.

 

Lentamente começou a enterrar-se no corpo alheio, reprimiu um grito quando a glande estava totalmente dentro de Jeongguk, suas mãos nos quadris estreitos marcavam a pele com força.

 

- Puta m-merda… - Ouviu Jeon xingar falho e conteve a risada. - Faz isso de uma vez!

 

Obedeceu o outro e colocou-se para dentro em uma única estocada. Jeongguk jogou a cabeça para trás gemendo falho pelo lábio preso entre os dentes, Taehyung havia perdido brevemente o fôlego, mas se recuperava enquanto permanecia inerte esperando que o moreno lhe pedisse para continuar.

 

Quando Jeon se jogou contra seu membro quase não conteve o gemido escandaloso, no entanto começou a se mover de modo continuo, indo e vindo de forma rápida, sentia que logo alguém apareceria, então agarrou-se à cintura fina e moveu-se com força, gemendo contra o ouvido alheio. Dimunuiu a velocidade, torturando o moreno um pouco mais, a cintura delgada estava marcada e seu corpo suado, contudo Jeon parecia não se importar e continuava a rebolar contra o quadril do outro, desejando mais.

 

- Tae, m-mais… - Disse manhoso, o moreno - Por f-favor…

 

Taehyung riu soprado, aumentando a velocidade a qual investia contra o corpo de Jeongguk, mordeu o ombro exposto com vontade vendo-o arroxear e sorriu. Jeongguk era seu e de mais ninguém. Com aquele formigamento tão conhecido no baixo ventre, tomou o pênis alheio na mão, começando a masturbá-lo rapidamente, no mesmo ritmo que se movia dentro do outro. Jeongguk gemeu alto com a cabeça escorada no ombro de Taehyung, seu corpo indo e vindo rapidamente, com um gemido lânguido e arrastado permitiu-se liberar todo aquele prazer que o ruivo lhe fazia sentir.

 

Notando o estado do moreno, Taehyung apertou sua cintura para que não tombasse e continuou as estocadas fortes, logo se desfazendo também.

 

Ficaram parados durante alguns instantes, até se lembrarem que ainda estavam na escola e precisavam sair dali o mais rápido possível. Entre risadas e piadinhas sobre Jeongguk parecer um gatinho manhoso, os dois se vestiram, tentando dar um jeito na bagunça que haviam feito ali.

 

- Você com certeza tem sérios problemas, Taehyung, olha o que você me fez fazer! - O moreno disse enquanto se jogava no chão do palco, rindo.

 

- Vai dizer que que eu não ajudei com seu probleminha de ansiedade? - Rebateu o ruivo empurrando a cadeira para o canto do palco. Sentou-se ao lado do moreno e lhe beijou a bochecha. - Olha só como está calminho…

 

- Vai se foder Taehyung!

- Outra vez? - Indagou e recebeu um tapa na nuca - Ai!

 

Os dois quase pularam de susto quando a porta do auditório foi aberta, pelo loirinho de cara emburrada.

 

- Vão ficar enfiados aí? As apresentações vão começar agora. - Yoongi advertiu e saiu dali, sem dizer mais nada.

 

- Vamos?

 

- Vamos.

Jeongguk estava sob controle agora. E se surtasse, Taehyung estaria ali para acalmá-lo, certo?Certo.

 

 


Notas Finais


Musicas: The Hills, Sex On Fire e I wanna sex you up.

Espero que tenha gostado, morena <3

Kissu <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...