História Sweet Girl (BTS) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Min Yoongi Suga Bts
Exibições 228
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~Oeee biscoitinhos!!
~Gente... to tão triste por isso que aconteceu nesse cap!! :"(
~Se tiver alguma coisa que não tiverem entendendo, me falem nos comentarios! Talvez possa esclarecer algumas coisas que estão dificeis de entender!
~Booa leitura, e desculpem qualquer erro!!

Capítulo 24 - EP. 24


Fanfic / Fanfiction Sweet Girl (BTS) - Capítulo 24 - EP. 24

A viagem toda, Yoongi apenas olhava para a janela do carro, e as vezes pegava seu celular do bolso para olhar as horas impacientemente.  Suas mãos ficaram descontroladas, como se algum tipo de corrente passava por seu corpo. Elas não paravam quietas no lugar, de vez em quando ele mexia no anel de seu dedo, e as vezes tambem mexia no ziper de sua jacketa.
  Eu não aguentava mais de aflição por ver ele assim! Me inclinei para o banco da frente e me estiquei um pouco mais para ligar o som.  Começou a tocar uma música eletronica, que com certeza animaria Yoongi... ou não...
   -Dá pra desligar essa droga por favor? -Ele disse estressado, fazendo os meus olhos se arregalaram.



  
   Me enclinei novamente para desligar o radio, e sem seguida voltei para o meu lugar com uma cara de triste por que Yoongi gritou comigo.
   Abaixei minha cabeça e fiquei ali, mexendo no pompom que tinha no meu celular.
   -Ei pequena? -Ele me chamou com a voz suave.
   -Hum? -Susurrei um pouco triste.
   -Me desculpa por gritar com você! Eu não queria, mas não estou com paciencia para músicas! Sorria para mim!
   Ainda com a cabeça baixa, dei um sorriso foraçado.
   -Melhorou?
   -Assim não pequena! -Min disse colocando sua mão dereita em meu rosto e o levantando.
   -Como então?  -Falei o olhando.
   -Assim! -Ele então me beijou de surpressa. É tão bom poder sentir seus labios, seus toques... E seu amor.
    Ele se afastou de mim e me deu um ultimo selinho, me fazendo sorrir de vergonha.
   -Desse jeito! Eu quero que sorria assim para mim!
   
  

   Não disse nada, apenas cql com o rosto avermelhado. Encostei minha cabeça no ombro de Yoongi e fiquei ali brincando com seus dedos.

 

    Logo a van para em frente de um hospital. Havia varias pessoas doentes ali e tambem varias ambulancias saindo e entrando do estacionamento.
   Yoongi tirou seu cinto de seguraça, abriu a porta do carro e saiu correndo descontroladamente para porta do hospital. Eu sai do carro tantando correr atrás dele, mas é quase impossivel!
   Ele ja havia entrado quando cheguei na porta do hospital. Entrei rapidamente, e me deparei com muitas pessoas andando por ali, correndo e tambem chorando. Avistei de longe Yoongi falando com uma das enfermeiras. Andei até ele, mas o mesmo saiu correndo, subindo as escadas daquele hospital.
   Fui atrás dele gritando seu nome, mas ele parecia não me escutar e apenas subia as escadas. Assim que não pude mais avistar Yoongi, parei para descançar. Me encostei no corrimão da escada e fiquei ali tentando puxar folego para continuar.
  
   

   Assim que recuperei minha respiração adequada, terminei de subir aqueles ultimos degraus da escada.
   Chegando na parte de cima do hospital, estava tudo estremamente diferente da parte de baixo dele. Estava totalmente vazio, calmo e transmitia uma grande paz. Caminhei até um dos corredores que havia ali, e fui um pouco mais a frente. Quase terminando o corredor, ouço alguém chorando, e junto a esses sons haviam altos soluços. Me aproximei a um dos quartos que vinha o barulho, tentando procurar resposta para aqueles para aquele choro completamente descontrolado.
   Quando cheguei na porta do quarto, avistei Yoongi ajoelhado no chão segurando a mão de um homem, que estava deitado na cama com um tubo de ar ligado a seu nariz, o ajudando a respirar. E que concerteza deve ser seu pai. Me sinto tão triste por isso estar acontecendo com Yoongi...
  Fiquei ali parada observando a linda cena de pai e filho que se passava naquela sala. Até que o homem levantou com dificuldade sua mão direita, apontando para mim. Yoongi olhou para trás tentando seguir o braço de seu pai. Quando me avistou, enxugou suas lagrimas, se levantou e deu alguns passos em minha direção, me pegou por meu pulço e me puxou perto da cama aonde o homem estava deitado.
  -Então pai... essa é a gorota pela qual me apaixonei! -Ele disse sorridente, mas ainda em prantos.
  O pai dele soltou um largo sorriso com muita dificuldade.
   -Olá senhor! Eu me chamo _______. Finalmente pude o conhecer! -Disse me inclinando mostrando um  gesto de saudação.
   -V-você... é-é... de b-boa familia n-não é? - Ele falou suspirando com dificuldade.
   -Sim! Meus pais, eles tem uma rede de vinicolas de vinho em varios paises! E também tem uma fabrica de eletronicos bem famosos! -Falei me enpolgando um pouco.
   -J-jura?... e como... c-como se chama... a-a vini...cola? -Mais palavras com dificuldade.
   -O nome da vinicola? É Sweet wine, senhor! -Eu falei, e logo vi o homem arregalar seus olhos como se estivesse vendo um fantasma.
   -O que foi pai? -Perguntou Yoongi o olhando preocupado.
    Nesse momento o homem apontou sua mão que estava tremendo.
  -T-tire e-essa v-vadia daqui agora!!!!. -Ele gritou quase tendo um ataque.
  -Mas pai... por que, o que ela fez? -Yoongi ficou encarando nós dois.
  

  
      Do nada o pai dele começou a tosir e a passar mal.
   -_______ chama um medico rapido!! -Min gritou em panico.

 
      Assenti, e sai correndo do quarto, desci as escadas e comecei a chamar pelos medicos que andavam por la, e que rapidamente subiram as escadas correndo. Acompanhei eles, mas quando eles entraram no quarto, eu fiquei ali, esperando na porta. 
   Do nada um medico vem em direção a porta, e a fecha! Na minha cara.
   Minha preocupação foi aumentando. Passaram se alguns minutos, e eu ali andando de um lado para o outro, ate que resolvi me sentar em uma das cadeiras em frente ao quarto.
   Mais alguns minutos ali e nada!...Até que a porta é aberta. Os medicos saem e em seguida Yoongi. Após a saida de todos Yoongi fecha a porta e me encara com uma cara de choro. Me levantei e corri em sua direção.
  -Ele está bem não é? -Perguntei olhando fixamente nos olhos dele.
  -Sua saúde esta muito fragil! Se ele ficar alterado novamente desse jeito, acabara tendo outro ataque cardiaco.  -Falou com desanimo.
  -Jura? Eu sinto muito mesmo! -Abaixei minha cabeça descepsionada comigo mesma.
  -Tá! Eu acho melhor você voltar para casa!
  -Eu não quero colocar meus pés de novo naquela casa! Por favor!!
  -_______, eu não tenho culpa se seus pais não te amam!  Eu não posso te arrumar lugar melhor a não ser a sua casa! Volte por favor! -Disse Yoongi me abraçando, e logo após me soltou e entrou novamente no quarto fechando a porta.
 
   C》♡O《N》T《I》N《U》A♡《....
  
  
 


Notas Finais


~Amanhã posto o proximo!!
~Se hoje to postando um pouco tarde... é pq não tive tempo mesmo! Mas ta ai!
~Vou assistir dorama, e depois cair no sono Zzz...Zzz....Zzz
KISS :3 ^~^ Dormem bem, e sonhem com seus bias *-* vou sonhar com os meus... quem quiser saber... é o Namjoon e o Yoongi
♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...