História Sweet Heart - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pierce The Veil, Sleeping With Sirens
Personagens Gabe Berham, Jack Fowler, Jaime Preciado, Jesse Lawson, Justin Hills, Kellin Quinn, Mike Fuentes, Tony Perry, Vic Fuentes
Tags Kellic, Kellic Quentes, Kellin Quinn, Pierce The Veil, Sleeping Whit Sirens, Victor Fuentes
Visualizações 29
Palavras 1.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei que demorei mas to de volta e agora fic vai voltar a andar novamente, é um cap curtinho mas espero que gostem.

Capítulo 12 - Capitulo XII


Fanfic / Fanfiction Sweet Heart - Capítulo 12 - Capitulo XII

Hoje é meu dia de folga então decidi ir visitar o Kellin e meu irmãozinho, tem uns dias que não vejo eles, Vic ta cuidando dele por causa dos remédios e por que o Kells não se lembra nem de como fritar um ovo, o que é engraçado, a uns meses atrás ele estaria preparando uma lasanha deliciosa. Não me preocupei em avisar que estava indo, tinha certeza que estavam la, o Kellin ainda não pode sair de casa e o Vic não o deixaria sozinho.

Passei no mercado pra compra refrigerante e uns salgadinhos, logo cheguei no apartamento do Kellin e toquei sua campainha todo animado, mas minha animação foi embora logo em seguida quando vi Kells abrir a porta com cara de quem provavelmente chorou a noite toda, ele nem se quer me disse oi, apenas pegou o salgadinho da minha mão e foi andando até o sofá sendo seguido por mim totalmente preocupado, por que ele ta desse jeito, devorando o salgadinho como se não tivesse comido nada o dia inteiro e onde caralhas está o Victor?

- Kells... Cade o Vic? Ele não devia estar aqui cuidando de você? - Olhei pra ele preocupado e me sentei ao seu lado.

- Não, ele desistiu disso ontem, acho que eu sou realmente insuportável. - Okay, ele ta suspirando, a briga foi feia.

- Okay, me conta o que aconteceu, ele não teria "desistido" atoa, então anda, põe logo tudo pra fora. - Vi ele suspirar de novo, olhar pra tv quieto e depois abaixar a cabeça.

- Eu contei que me lembrei da Cop, ele ficou todo esquisito e começou a jogar indireta dizendo que queria se livrar de mim, eu falei umas verdades a ele, ele ficou bravo e desistiu de mim, isso ja tem uns três dias. - Não sei por que mas tenho quase certeza de que não foi bem assim que rolou, Vic jamais faria isso, Kellin deve ter feito algo que não quer me falar.

- Okay, então você fica aqui, um pouco que eu vou ali conversar com o Victor, isso não ta certo, ele não pode deixar você aqui sozinho, você ainda precisa de ajuda, eu ja volto.

Ele confirmou então eu sai de seu apartamento, atravessei o pequeno corredor preocupado, tinha algo errado, quero saber o que realmente rolou pra eles terem brigado dessa forma, meu irmão me falou que tem sido um tanto difícil cuidar do Kellin, principalmente por sua teimosia e sua insistência em implicar com ele, mas creio que Vic não tenha dito que quer se livrar do Kells, até por que eu sei muito bem que ele quer poder cuidar do garoto pra sempre se puder. Bati na porta de Vic e ele logo abriu com uma carinha triste, ele me olhou e suspirou baixo como se ja soubesse por que eu estava ali, o menor apenas me deu espaço para entrar, eu o fiz e o mesmo fechou a porta indo direto para o grande sofá de sua sala e eu o acompanhei sentando ao seu lado, vi ele respirar fundo e me olhar como se ja esperasse a bronca, mas antes que eu pudesse dizer algo o mesmo se pôs a dizer.

- Olha.. eu sei por que você ta aqui... mas você tem que me ouvir primeiro. - Ele fez uma pequena pausa esperando minha confirmação que logo veio, eu realmente queria saber o que tinha acontecido de verdade, sei que Kellin tinha me escondido algo e distorcido um pouco as coisas e, conhecendo meu irmão como eu conheço, sei que ele me contaria cada detalhe do que aconteceu. - A Cop apareceu la no apartamento e me expulsou de la e ele não fez nada, então eu pensei que ela ia passar o dia com ele, mas ela foi embora de manha e deixou ele sozinho, então eu decidi sair durante a tarde, ate chamei vc, lembra? quando eu sai ele estava no chão do corredor e disse que estava me esperando, eu me senti culpado pq eu não tinha feito de proposito, ai eu deixei de sair e fui cuidar dele, fiz ele comer, dei as vitaminas e tudo mais, então ele me chamou pra ver filme e eu fui, ele começou a falar que havia se lembrado da Cop e disse que lembrou do dia da feira de quadrinhos, eu contei o que tinha acontecido aquele dia, ele disse que não importava e disse que era bom ele ta recuperando a memoria, eu confirmei e disse que era bom, que logo ele se lembraria de tudo e voltaria a ter a vida dele e ele começou a falar que eu queria me livrar dele como se eu fosse um monstro Mike. - Ele me olhou com lágrimas nos olhos e aquilo me partiu o coração, é horrível ver meu irmão dessa forma, gosto de ver ele alegre como ele sempre foi, o abracei para o acalmar e o olhei em seguida.

- Calma, não precisa chorar irmãozinho, vai ficar tudo bem, okay ? Ele ta triste também sem você la com ele, ele estava com uma carinha de choro na hora que eu fui la ver ele... Mas... você sabe como ele era teimoso naquela época, agora é a mesma coisa, pra ele é como se ainda fosse 2014 e ainda estivéssemos na escola, vamos la conversar com ele, vocês tem que se darem bem de novo Vic, vocês precisam um do outro, e você sabe muito bem disso, faz isso por mim, vai la comigo resolver isso, Vic olhou para o chão por um tempo pensando no assunto, mas ele sabia que eu tinha razão, eles precisavam um do outro, sei que o Kellin não assume mas ele gosta do Vic e da companhia dele, se não gostasse, por que estaria tão triste pelo Victor não estar mas indo ficar junto a ele. Victor aceitou a minha proposta, se vestiu devidamente por antes estar somente de pijama e fomos até o apartamento do Kellin por tudo em ordem novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...