História Sweet Lie / Yoonmin - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais, Suga
Tags Bangtan, Bts, Jimin, Minyoongi, Parkjimin, Suga, Yoonmin
Exibições 20
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Trust Me


Fanfic / Fanfiction Sweet Lie / Yoonmin - Capítulo 8 - Trust Me

   Eu já estava fora da sede da revista quando Yoongi veio correndo atrás de mim, ele parecia surpreso e confuso com o que tinha rolado naquela sala.

   — Ei!! Jimin, espera!!

   — Oi?? - e me virei como se não tivesse escutado nada. — Ah, é você! Diga!

   — O que foi aquilo? E que papo de jogo é esse? - ele dizia ofegante por ter corrido atrás de mim.

   — Aquilo? O quê?

   — Não se faça de desentendido você sabe muito bem do que estou falando, do que houve lá na sa...

   — Cala a boca pelo amor de Deus!! - coloquei minha mão sob sua boca. — Você sabe que tem pessoas nos vigiando? Quer que elas ouçam o seu segredinho? - tirei rapidamente quando vi um rapaz com uma câmera bem atrás de um arbusto.

   — Não, claro! Mas o que foi aquilo? Me fala?

   — Yoongi, a gente conversa sobre isso depois! Agora tenho outras coisas para fazer!

   — Como assim depois?

   — Eu te ligo mais tarde ok? - fui em direção a um táxi que estava estacionando por perto.

   — Tá! - ele soltou um pequeno sorriso e voltou para dentro da sede.
   Dentro do táxi eu não parava de sorrir, pois me lembrava do que havia rolado naquela sala, foi difícil mas tive que me conter.

   Chegando em casa o porteiro me avisou que Ana já tinha ido embora, e que havia chegado um pacote para mim, e que já estava lá em cima, achei estanho pois eu não tinha comprado nada.
   Cheguei em meu apartamento e uma caixa de tamanho médio estava em cima da mesa da sala, joguei minhas coisas no sofá e fui ver o que era. Ao abrir vi que eram duas taças e uma garrafa de vinho italiano que eu não sabia nem pronunciar o nome, só sabia que era da Itália por causa da bendeira no rótulo, no fundo da caixa havia uma cartinha. Quando fui pega-la para ler, meu telefone tocou e fui atender.

   — Alô!?

   — Já se passaram 2 horas desde que foi embora, eu precisava falar com você logo!

   — Ah! Yoongi tem que ser agora? É que eu recebi uma caixa aqui e estava quase descobrindo que era quando você me interrompeu!

   — A caixa já chegou? Ah que bom!

   — Foi você? Entendi tudo agora. Mas preciso ler a carta!

   — Não precisa!

   — Por quê? Eu tenho que ler ué!!

   — Eu vou falar o que está escrito nela! Depois promete que vai me explicar o que houve hoje?

   — Ok então!! Pode começar!

   — "Eu lhe peço mil desculpas por tudo, por ter feito isso com você, você não merece isso e isso é minha culpa. Mas quero que saiba que vou dar um jeito nisso tudo. Mas antes disso eu preciso dizer... Park Jimin, eu te amo, é difícil de acreditar, mas eu te amo muito, desde o primeiro momento que te vi, eu não tinha sentido nada assim por ninguém, algo mudou em mim desde aquele dia graças a você! Quero que seja meu, e me sinto um idiota por ter feito tudo isso. Só quero que você saiba que pode confiar em mim, e que isso que sinto e que estou sentindo é sincero. AMO VOCÊ.". Bom foi isso...

   — É... - eu havia ficado sem palavras, pois nunca aquilo tinha acontecido comigo. — Yoongi, eu... eu vou... eu te ligo daqui a pouco. - e desliguei rapidamente o telefone.

   Fiquei estático por alguns minutos, pensando no que tinha acabado de ouvir, foi inesperado. Deixei as coisas na sala, peguei meu casaco que estava em cima do sofá e sai de casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...