História Sweet Little Cat - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Namjin, Taekook, Vkook, Yoonmin, Yoonseok, Yoonseokmin
Exibições 619
Palavras 1.284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores,tudo bem?
Estou aqui trazendo o capítulo especial dos +70 favoritos <3 Vocês são um amores,sério. Eu resolvi fazer apenas de JiHope por que me pediram,mas depois eu irei fazer um de Yoomin e também um de Yoonseokmin :3
Eu particularmente não acho que sou boa escrevendo,principalmente lemon,então qualquer crítica será bem aceita c:

Avisos:
> O capítulo contém cenas quentes,se você não gosta,não se sinta obrigado a ler.
> Se você não gosta do casal,não precisa ler também,ok? Esse capítulo é especial e não tem muita importância na história.

Boa leitura \o

Capítulo 4 - Capítulo Especial - Hobi,eu preciso de você!


P.O.V - Hoseok

Acordei com um pouco de calor e sentindo meu membro ser pressionado. Julguei ser  o cio de Jimin, já que esses dias ele estava se esfregando novamente em mim e em Yoongi — o que era um dos 'sintomas' do cio dos híbridos de coelho. Eles fazem isso para 'marcar território' . Abri meus olhos me deparando com Jimin sentado em cima de meu membro, todo vermelho e ofegante. Consegui sentir seu pênis, que estava mais duro que o meu.

— Jimin, você está no cio?

— S-Sim... Ahn, Hobi! — Ele se esfregou em meu membro mais forte e eu sabia que ele já iria gozar. Após um tempo se esfregando ele gemeu mais alto e gozou, sujando sua cueca — já que só está com ela e uma blusa minha — e eu sabia que depois o Yoongi iria ficar bravo, já que ela era sua. Jimin tem a mania de usar tudo nosso, já que diz ter nosso cheiro e que o deixa relaxado. No começo eu achei estranho, mas agora acho super normal. — Eu ainda estou quente, Hobi! Eu quero você agora! — Ele me beijou necessitado, pedindo passagem com a língua. Depois de terminarmos o ósculo fechei meus olhos, ainda com sono. — Hobi, eu preciso de você, então não volte a dormir, ok? — Ele beijou as minhas bochechas — P-Por favor, vá rápido! Eu preciso de você. E o Suga não está aqui para ajudar. — Ele disse. O Yoon esta na casa dos pais dele, e disse que era de máxima urgência.

— Mas não se preocupe amor, amanhã ele volta para nós nos divertirmos, ok? — Sorri acariciando suas orelhinhas.

Enquanto ele me beijava, começei a tirar a calça do meu pijama. Depois de tira-la, já que tínhamos parado o beijo em busca de oxigênio, tirei a blusa de Jimin e sua cueca, que estava melada com o sêmen dele. Aproveitei para tirar minha blusa e minha cueca também. Após nós dois estarmos despidos procurei pelo lubrificante na gaveta. Quando achei fiquei atrás de Jimin, para prepara-lo.

— Hobi, não quero o lubrificante.

— Mas irá doer se eu não passar. — Falei preocupado.

— Então faça aquilo que eu gosto! — Eu sabia do que ele estava se referindo, era o 'beijo grego' que as vezes eu fazia nele. Como sabia que ele já estava limpo — já que antes mesmo de começar a tentar fazer sexo com nós, Jimin se preparava — comecei com o beijo. — Ahn, Hobi! Rápido! — Depois, quando percebi que ele já estava bem preparado, posicionei meu membro em sua entrada. — Vai logo, Hobi! — Gemeu manhoso.

— Só se meu coelhinho me disser o que quer. — Sorri malicioso.

— E-Eu quero que o Hobi me foda. — Ele gemeu quando introduzi a cabeça de meu membro dentro dele, mas não ousei ir mais adiante, queria que ele falasse mais coisas. — Hobii! Eu... Eu quero que o Hobi enfie seu pau em mim e me faça gemer loucamente. Eu quero que você me enlouqueça e me faça perder a voz de tanto gritar o seu nome e quero que você faça os vizinhos verem que eu sou só de você. Por favor, Hobi!

— Muito bem, meu amor. — Sorri. — O Hobi vai te recompensar, mas você só precisa me chamar de um jeito que só você sabe que vai me excitar.                   

— Eu preciso chamar você de 'mestre' ? — Perguntou corando.

— Sim, meu amor. — Lambi seu pescoço. — Você vai fazer isso por mim, não vai? Porque você é um bom garoto, não é?

— Siiim, eu v-vou! — Ele gemeu quando eu comecei a estoca-lo com força e fundo, mas devagar. — Mestre! Mais rápido! — Ele gemeu alto.

— Uh! J-Jimin! — Escutei meu celular tocar e sai de dentro de Jimin só para pega-lo e atende-lo. Quando vi o nome de Jeongguk na tela, estremeci. Ele iria me matar, porque eu já deveria ter ido para empresa. Quando fui atender, Jimin se encaixou novamente em meu pênis e o empurrou para dentro dele. Não consegui segurar meu gemido. — Huh! A-Alô?

Alô, Hoseok? — Escutei Jeongguk e seu tom de voz transparecia que ele queria me matar. Provavelmente devem ter ligado para ele ir na empresa, já que o Namjoon não pode me cobrir, e o pior é que o Jeon odeia ir na empresa em dias de folga.

Sim? — Respondi, arfando por conta dos vai e vem que eu estava fazendo dentro de Jimin.

Posso saber o por quê de sua falta no trabalho? — Perguntou visivelmente irritado. Engoli seco.

Então, é que aconteceu... algo. — Quando enfiei mais forte em Jimin, senti ele estremecer e soltar um gemido mais alto. Eu tinha encontrado seu ponto.

É o cio do Jimin, não é? — Ele perguntou, e eu não fiquei surpreso. Geralmente quando eu faltava é por causa do cio, ou por algum sintoma ruim. Mas mesmo assim, eu não falto muito por causa do cio de Jimin. Já que ele vem com mais frequência eu deixo tudo com Yoongi, já que ele é o passivo-ativo da relação de nós três e daí eu o ajudo a noite, mas quando o Jimin quer a ajuda de nós dois, ele não evita de ligar para mim quando estou na empresa e gemer alto e manhosamente acompanhado de Yoongi, me chamando para me divertir com eles.

Sim. Eu mal tinha acordado que ele já estava se esfregando no meu--

Eu realmente não quero saber o que vocês fizeram, estão fazendo ou vão fazer. — Ele me cortou. — Você vai ter que me dar um dia de folga depois, ok?

Ok. Ahn. Agora deixe eu desligar, não quero você me escutando gemendo, nem escutando meu Jimin gemer também. — Eu sou um pouco possessivo com Yoongi e Jimin e sempre fico enciumado quando esses conversam com meus amigos.

Pode apostar que eu também não. — Eu ri baixinho. — Já vou desligar, até. — Antes de eu responder ele desligou. Deixei o celular na cômoda e foquei em entrar fundo,forte e rápido em Jimin.

Nossos gemidos aumentavam, preenchendo o cômodo. Eu sentia que já ia gozar, e Jimin também. — J-Jimin! Eu vou gozar, o-ok? Posso gozar dentro de você?

— Sim! Goze dentro de mim, mestre! — Ele gemeu mais alto, gozando e apertando meu pênis. — AHN! Mestre! — Ele desabou no colchão e eu me retirei de dentro dele, cansado e ofegante. Me sentei na cama, vendo Jimin se masturbar necessitado. Depois de um tempo eu já estava duro de novo. Quando se tem um namorado gostoso e fofo, se masturbando na sua frente e gemendo seu nome manhosamente, você não se segura. — Eu ainda estou duro, mestre. — Jimin engatinhou até mim, se sentando em meu membro. Gemi com o ato, e o híbrido também. Eu o ajudava elevando meu quadril em sua direção. 

— Você é tão apertadinho! — Gemi e beijei seus lábios vermelhinhos. Comecei a acariciar seu rabinho felpudo, um lugar sensível para Jimin, enquanto eu lambia seus mamilos rosinhas.

— Ahn, mestre. Assim, e-eu não aguento! — Ele gemeu, rebolando timidamente, roubando um gemido arrastado meu.

— Não se segure, Jiminie. — Disse. — Se solte e deixe seu mestre te foder forte e rápido, do jeito que você gosta. — Falei e depois comecei a me movimentar mais rápido, arrancando gemidos de nós dois. Depois de um tempo entrando forte em Jimin, senti meu ápice chegando. 

— E-Eu vou gozar! Hoseok! Ahn, mestre! — Jimin se desfez, gemendo alto. Aposto que os vizinhos escutaram. Ele se contraiu e eu não me aguentei e gozei, gemendo roucamente.

Depois de um tempo regulando nossas respirações, eu me retirei de dentro do coelhinho. Nos ajeitamos na cama e trocamos carícias.

— Eu amo você, e também o Yoon. — Falei, recebendo um sorriso e um 'eu também' do híbrido. Após mais carícias, dormimos juntinhos. Temos que descansar, porque ainda temos o resto do dia e os dois próximos de puro sexo.


Notas Finais


Qualquer erro me avisem ^^
Ficou até que curtinho o capítulo,então me desculpem ><
Beijos~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...