História Sweet love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Mineta Minoru, Personagens Originais, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Tags Bakudeku, Deku X Kacchan, Jirou X Denki, Katsudeku, Kirishima X Po, Kirishima X Tsuna, Loveline
Visualizações 28
Palavras 581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem pelo capitulo fodidamente curto

Capítulo 4 - Endorphin, the drug of happiness


Abri a porta do meu quarto e adentrei no mesmo, mas parei assim que meu celular apitou. “Cadê você?” Era uma mensagem do Shouto. Eu desliguei o celular e tranquei a porta. Como ele acha que eu poderia responder?! ‘Oi amorzinho, me desculpa, mas eu vi você com uma puta ruiva e quase me derreti em lágrimas, não vou poder ir em um encontro com você porque acho que entrarei em depressão e irei me matar por ser traída pelo único garoto que eu já amei...’ (Sintam a ironia). Me deitei na cama e coloquei o rosto no travesseiro, comecei a gritar, gritar muito, tentei chorar, mas as lágrimas devem ter secado depois de chorar tanto. Me levantei relutante e peguei uma embalagem... de endorfina, minha droga para a felicidade. Abri a embalagem e retirei um frasco com o liquido amarelado e com a ajuda de uma agulha e enfiei uma enorme quantidade no meu braço sem pensar duas vezes, eu só queria esquecer aquilo. Senti meus membros ficarem leves e minha visão embaçou... talvez amanhã eu nem lembre meu nome, mas quem se importa?

- Endorfina, a droga da felicidade – Falei para mim mesma sorrindo como uma boba.

Me senti aliviada por ter trancado a porta...

Minha cabeça não parava de girar;

Eu não dormi; não consegui por mais que tentasse, meu cérebro não me obedecia;

Eu tive tantos flashbacks que apenas deixei queimarem nas minhas memórias; pensei em Shouto e em como vou encara-lo amanhã.

Pensei em Kirishima...

Aos poucos meu corpo foi perdendo a força e eu cai de joelhos no chão frio.

[...] Autora

Os olhos de Tsuna se abriram um pouco devagar por conta da claridade, ela sentiu seu corpo inteiro doer e latejar. Tateou o local duro onde estava deitada, havia dormido no chão. Não era a primeira vez que ela acordava daquele jeito, mas era a primeira vez que ela injetou aquela quantidade de endorfina em seu corpo. Os efeitos colaterais daquela droga poderiam ser mortais caso a loira tivesse tomado o frasco inteiro.

Aqueles olhos vermelhos pela primeira vez estavam sem vida e as olheiras eram assustadoras, tanto quanto as de Aizawa. Com o apoio da penteadeira a garota se levantou e encarou o espelho.

- Nada que uma maquiagem não resolva – Falou com a voz fraca.

Ela pegou um corretivo, pó e base aprova d’água. Tudo aquilo já era uma rotina, sempre que Tsuna estava infeliz ou querendo esquecer algo ela tomava endorfina e passava metade da noite em claro sorrindo e cantarolando. A garota usou sua individualidade para abrir a porta do banheiro e pegar as roupas que estavam na gaveta. Seu corpo estava tão cansado que ela não conseguiria andar até as gavetas buscar suas roupas.

Ela entrou no banheiro e se despiu, a água gelada começou a correr por todo seu corpo. Sentiu uma dor enorme em seu corpo quando o choque térmico se fez presente. Os olhos da garota se arregalaram e ela havia voltado ao normal.

A endorfina apenas a ajudava a dormir/desmaiar, um bom banho sempre resolvia seus problemas e a maquiagem ajudaria ela a resolver os problemas com a aparência.

- Tsuna! Termina logo a porra desse banho que a gente tá’ atrasado – Falou Bakugo batendo na porta do quarto da garota.

- Já tô’ indo... apresado do caralho – Sussurrou.

- Eu ouvi isso.

A loira soltou uma risada abafada e vestiu seu uniforme, logo depois passando a maquiagem escondendo as magoas do dia anterior.


Notas Finais


Desculpa pelo capitulo curto, eu odeio fazer capitulos desse tipo, mas é o que tem pra hoje.

O que é endorfina?

----> A endorfina é neurotransmissor, assim como a noradrenalina, a acetilcolina e a dopamina, e é uma substância química utilizada pelos neurônios na comunicação do sistema nervoso. É uma hormona, uma substância química que, transportada pelo sangue, faz comunicação com outras células, este é o hormônio do bem estar. Melhora o sistema nervoso central, proporcionando a elevação da auto estima, reduzindo sintomas depressivos e de ansiedade, além de manter o controle do apetite.

Os efeitos colaterais foram inventados, a endorfina não faz as pessoas desmaiarem e nem a deixam delirando (as vezes sim).

Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...