História Sweet Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, MAP6, VIXX
Personagens J.Jun, J.Vin, Minhyuk, Personagens Originais, Sign, Sun
Tags Minho, Nudez, safadeza, Sunjun, Yaoi
Visualizações 5
Palavras 1.586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hiiii...enfim boa leitura

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction Sweet Love - Capítulo 1 - One

~Seul, 08:30 A.m~

× Byungsun ×

Já faz exatamente 2 meses ,26 dias ,13 horas 4 minutos e alguns segundos que eu não vejo a cara do meu amado marido super ocupado.

Kim Youngjun , o moço mais ocupado da face da Terra , dono de uma das maiores empresas de tecnologia da Coréia do Sul com seus 28 anos fez sua própria fortuna e óbvio o cara que me pediu em casamento na nossa formatura na Universidade. Somos casados a 6 anos... no começo era um mar de rosas com nuvens de algodão doce, claro que todo casal tem suas brigas e etc ,e nós não somos uma exceção. Mas claro que no fim sempre acabavamos na cama com um de nós se desculpando.


Hoje em dia sinto falta até de puxar aquela bochecha ,dizendo meu tipico "Cala boca seu fofo". Pois é somos um casal meio louco. Mas voltando ao foco do assunto ESTOU EXTREMAMENTE PUTO.... PUTASSOO


Por que?


PORQUE MEU MARIDO LINDO SÓ LIGA PRA DROGA DO SEU EMPREGO E esquece de mim.... sabe.... literalmente e isso é frustrante.... AFF. Ta certo, ele trabalha pra nos sustentar – coisa que é desnecessário já que nossa conta bancária pode sustentar mais de 10 familias por anos –, mas ele é do tipo que sai pro trampo antes do Sun aqui aqui acordar e chega quando já estou dormindo.

Mas ok vou dar um jeito nessa situação toda.

Droga... to tão perturbado com esses pensamentos que esqueço de levantar da cama – já que eu estava destraido ... encarando a parede. Sorrio e me levanto e caminho para o banheiro estralando minhas costas de uma forma meio dolorosa. Faço minha higiene e tomo um banho demorado. Saio do banho enrolado numa toalha e só pra ressaltar... TA UM FRIO DO CARALHO. Corro até o closet com o queixo tremendo de tanto frio – o universo não gosta de mim então não conspira ao meu favor. Escolho um conjunto moletom cinza e me visto as pressas.

Abraço meu próprio corpo na intenção de recuperar minha temperatura normal, e obvio que não adiantou muito... mas fazer o que? Não vou morrer por causa disso.

Desço as escadas correndo pra cozinha seguindo o cheiro delicioso de comida da MinHyun nossa cozinheira ou doméstica – não gosto de chama la de empregada... fica feio esse nome nela. Ela é bem bonita pra uma mulher de meia idade, com seus cabelos loiros , face delicada e olhos pequenos – óbvio rs. Chegando na cozinha a vejo de costas fazendo lavando alguns talheres. Me aproximo lentamente e faço o maximo de silêncio ate me encostar na bancada. Ergo a mão pronto pra estapear a bancada e assusta la...

– Nem pense nisso moço – A escuto soltar uma leve risada. Suspiro frustrado sentando na bancada a olhando.

– "Nisso" o que? – Sorrio pegando um pedaço de bolo de banana e mando pra dentro.

– Yaa... Pode parando de incenação , vi seu reflexo no microondas – Ri baixinho secando as mãos.

Sorrio tombando a cabeça me fazendo de inocente. Gosto de assusta la quando a vejo destraido, mas parece que ela não cai mais nisso.

– Ok você me pegou — levanto as mãos em sinal de rendição –Prometo não fazer mais isso Hyun. Mas enfim...... – suspiro sem saber o que dizer. Pra dizer a verdade , eu já sabia o assunto a seguir.

– Quer dizer algo senhor Kim?

– "Senhor"? – a repreendo com o olhar mas deixo essa questão de lado por enquanto. Fico um tempo em silêncio sem saber por onde começar– Eu quero enforcar ele... – suspiro novamente enquanto fazia desenhos imaginários na bancada.

– Sabe... por que não tenta fazer ele chegar mais cedo? Ai quem sabe você o mate asfixiado – rimos com seu comentário.

A única pessoa que desabafo sem um pingo de medo é ela. Talvez por ser simpática ou gostar de seu emprego , já que ela não é de se abrir muito comigo como eu me abro com ela.

– Já tentei convencer ele , mas ele sempre diz a mesma coisa...

– ..."amor to em reunião, me liga depois" – falamos em coro. A mesma se vira pra mim e me encara com uma expressão neutra – Você poderia então esperar ele acordado ou ir ate a empresa

– O problema é que eu durmo cedo e nem um incêndio consegue me acordar e o outro probleminha é que ele vive em reuniões e blá blá blá – reviro os olhos fazendo uma careta.

– Não seja por isso – diz colocado uma leiteira de agua no fogo – Amanhã é sábado então tenta conversar com ele hoje, já que ele vai chegar às 9 da noite

– E provavelmente vai se trancar no escritório como todas as vezes que ele chegou nesse horário – faço biquinho cruzando os braços. Minha reação gera uma risada da mesma.

– Bom então , minha cota de conselhos esgotou senhor Kim, a não ser que o senhor me dê um aumento – diz num tom de brincadeira

– Ah claro, só vou dar um aumento se você fizer meu chá – rimos e logo a vejo correr ate o armário catando um saquinho de chá ,seu gesto só me faz rir mais ainda . Passamos um bom tempo conversando enquanto eu tomava meu café da manhã. Basicamente todos os dias eram assim, bom de segunda a sexta quero dizer – ate porque ela folga aos fins de semana.

Depois de um tempo vou pra sala me distrair com algo que não seja Youngjun. Me jogo no sofá e ligo pro mesmo.

Quem disse que me destrai?

– Alô?

Sorrio abobalhado a escutar a voz dele... mesmo sabendo que respondeu com grosseria. Logo fecho a cara me ligando no seu tom de voz.

– É assim que você atende seu esposo... seu grosso.

Escuto um suspiro arrastado do outro lado da linha e aquilo me fez ficar um pouco mais puto.

– Desculpa Sun, pensei ser outra pessoa... Mas o que foi? Ta tudo bem?

Olho pros lados formulando uma desculpa por ligar já que ele parecia estressado.

– Só queria saber se você ta bem? Sabe é...... que quase não te vejo nesses últimos dias – falo baixinho meio envergonhado. Escuto uma risada leve do outro lado o que me leva a sorrir feito um adolescente apaixonado de 17 anos.

Bom...tenho andado estressado essas ultimas semanas.... então não tô nem tão bem assim – imagino o mesmo apoiar o celular no ombro enquanto assinava suas papeladas com sua carinha de concentração que na minha opinião é hilária.

Continuo a sorrir feito bobo com tal pensamento. Fico um tempo em silencio escutando suas falas suaves , parece mais relaxado comigo ao celular.

– Quando é que nós vamos passar um fim de semana juntos , tipo como antigamente? – ficamos um tempo em silencio, e eu ainda esperando sua resposta. Quando finalmente abro a boca pra gritar com ele.

– Já falamos sobre isso Sun...

– E essa é sempre sua resposta. Você é o chefe dessa joça Jun, por que sempre você ta ai ? não responde. Custa você ter um tempinho só pra você?

– Ta bom – o escuto suspirar – mas não prometo nada.

– Amor? – escuto soltar um "hm" me incentivando a continuar – ....sinto sua falta – falo baixinho como se temesse algo.

– Também sinto sua falta amor... – o mesmo faz uma pausa e eu só escuto sua respiração suave antes de voltar a falar – bom adimito que... a culpa é minha por, não estarmos nos vendo esses últimos dias, e você, tenho certeza que quer arrancar minha goela né, senhor Sun? – reviro os olhos e ele ri já imaginando minha reação. Odeio ser chamado de senhor pelo simples fato que tenho somente 25 anos.

– No momento quero arrancar sua outra coisa... seu grosso – rimos.

– Huuum sou mesmo – modo safado on rs – .... e o que seria essa "outra coisa"? – responde logo assim que sua crise de risos cessa.

– Aquele lugarzinho onde sua marca de nascença se encontra – me deito no sofá enquanto escutava sua risada linda.

– E como eu iria fazer você se divertir? – sorrio notando seu tom malicioso. Youngjun é do tipo 5% anjinho e 95% safadão – .... em todo caso preciso do meu companheiro de longas datas pra outras coisas.

– Juun nós perdemos o foco do assunto – falo entre risadas.

–Ah claro... sua culpa – o escuto rir. Sinto que consegui tirar seu mal humor temporário – mas enfim, prometo chegar um pouco mais cedo em casa... Ok?

– Ok – sorrio distraído

– Ok então – rimos novamente – tenho que desligar.... sua vozinha fofa ta me distraindo e eu não to conseguindo ler mais nada nos contratos – coro com seu comentário. Ao contrario do Youngjun sou 98% anjinho e 2%safado – te amo.... – no momento que eu iria responder ,o escuto gritar com alguem.

– Mas eu não fiz nada porra – não evito rir quando escuto o Minhyuk falar no fundo num tom meio indignado. Ele é o irmão mas velho do Youngjun, é casado com o Kiho que esta grávido de 8 meses de um menininho.

Que inveja boa que sinto deles.

Suspiro apos me despedir devidamente do Youngjun, e pelo visto seu mal humor retornou. Olho cada canto da sala sem saber o que fazer. Ter folga do trabalho é um cú.

Sou formado em pediatria porque sou apaixonado por crianças... já o Youngjun... seu defeito por enquanto é dizer que não quer filhos no momento , porque ele teria que arrumar um tempo extra pro bebê – sendo que não tem tempo nem pra mim.

Nas poucas vezes que transamos – coisa que no momento ta pior que achar água no deserto – , eu torcia pra droga do anticoncepcional não funcionar ou eu torcia pra ele esquecer de usar aquele plástico ridículo.

RESUMINDO

Youngjun.

É.

Um.

Puto.

Mas eu amo ele de mais.


Notas Finais


É isso #Mefaça feliz e diz se gostou❤

Bj na teta esquerda😆😆😆😆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...