História Sweet Poison-Interativa BTS- - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 34
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que vcs gostem!! <3

Capítulo 30 - Sorry Bae-22 capítulo


Fanfic / Fanfiction Sweet Poison-Interativa BTS- - Capítulo 30 - Sorry Bae-22 capítulo

.*.*.*Pov Nari On*.*.*.

Ele me deu outros beijos até o sinal tocar pra hora do intervalo, me virei pra ir embora e senti um tapa na minha bunda, sorri de canto e sai andando

Agora que me lembrei da Yuna, eu não falo com ela desde que ela saiu do quarto falando que ia pra gincana, ela deve estar preocupada, chego no refeitório e vejo a Yuna na mesa que nós dividimos com outras quatro garotas

-Oi gente!!, tudo bem?-eu disse dando o meu melhor sorriso
-Ai meu deus! Nari!! Pensei que você tinha morrido, com quem eu ia jagar videogame se você morresse?-ela disse rindo e eu ri também

-Oi Nari!-todas as quatro disseram em uníssono  e eu sorri, e foi só isso mesmo, essa era as únicas palavras que eu trocava com aquelas quatro, eu e a Yuna ficamos o resto do intervalo conversando sobre coisas aleatórias, óbvio que eu não contei do meu 'pequeno' incidente, eu comi  pouco, porque vai que a menina bugou meu estômago e eu vou vomitar oque eu comi,

depois do intervalo fui pro meu quarto e me deitei, fiquei só observando o teto por longos minutos

(...)

Acabei de acordar e senti dores pelo meu corpo inteiro, acho que dormi de mal jeito, levantei e estralei meu pescoço, sim eu consigo fazer isso, eu ainda estava sozinha no quarto, olhei no relógio e eram  três horas da tarde, faltavam duas horas pra aula acabar, as sete ia ter a janta e as oito todo mundo no quarto, eu arrumei um pouco meu cabelo e fui pro corredor e depois desci as escadas pro corredor dos meninos, eu sei que meninas não podem vir aqui mas agora o corredor esta completamente vazio, andei um pouco enquanto passava as mãos nas portas do armário

-O que uma donzela faz no reino dos ogros?-acho que hoje o povo enfiou na cabeça que eu faço parte de um conto de fadas

-Hmm... Até agora não vi nem um ogro-me virei pra trás pra ver quem falava e encontrei um menino alto e bonito-não mesmo...Ops! Desculpe-eu tinha olhado ele de cima a baixo, por que eu faço essas coisas?, agora eu sinto que meus ossos estão queimando de tanta vergonha

-Tudo bem, você também não é nada mal-ele deu um sorriso maravilhoso-Prazer meu nome é Sehun, eu vim pra cá por causa da minha  namorada, mas a gente  terminou faz um mês-só eu entendi a indireta? Acho que oque ele quis dizer foi 'To livre pra namorar quem eu quiser' eu lembro dele, eu vi ele lá no blog do MHS ele estava namorando a Tzuyu, ainda bem que a cobra largou o ratinho, ok isso foi maldade, não vou sair espalhando ódio gratuito,

-Oi, por favor não conta pra ninguém que me viu aqui-eu disse mexendo na pontinha dos meus cabelos, se eu tentar seduzi-lo talvez ele não conte pra ninguém que ele me viu, situações desesperadoras exigem atos desesperados

-Relaxa, eu não conto, só se você me der um beijo...
-FICOU LOUCO? Nem morta-o tiro saiu pela culatra

-Ok então, acho que a diretora vai amar saber que você estava dando uma voltinha no corredor-ele se virou pra ir embora

-Ok espera! Eu te dou um beijo se você não contar pra ninguém

-Pode ser-ele andou na minha direção e segurou minha  cintura

-Você tinha razão, um mar de ogros...-ele se aproximou e começou a me beijar, eu só esperei pacientemente com os olhos abertos aquele beijo acabar, mas antes dele finalizar eu ouvi o sinal bater, ele não queria me soltar, ele só me soltou depois que muitos meninos já tinham visto o beijo, sai correndo e fui pra o corredor das meninas, é oficial, nunca mais vou naquele corredor, o Sehun parecia ser tão legal que pena que eu me enganei, cheguei no dormitório e fui ficar com a Yuna já que  nossas outras duas colegas de quarto eram praticamente fantasmas, abri meu notebook e chamei ela

-Bora jogar thesims4?-eu tinha acabado de baixar o jogo

-Bora! A gente pode fazer os crush ai a gente casa com eles e tem cinco filhos

-Meu deus Yuna!-começamos a rir

(...)

A gente não fez os crush no thesims, a gente só fez uma personagem qualquer e agora eu acabei de comer e estou indo pro dormitório já que a Yuna já subiu, poxa ela nem me esperou


Notas Finais


Aeee eu não sou a única viciada nas teorias de Love yourself né? KKKK espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...