História Sweet Revenge - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens Anthony Rester, Kanzo Mogi, L Lawliet, Light Yagami, Misa Amane, Nate "Near" River, Personagens Originais, Ryuuku, Sachiko Yagami, Sayu Yagami, Shuichi Aizawa, Touta Matsuda
Tags Anime, Death Note, Lawliet, Light, Magia, Misa Amane, Near, Nota De Morte, Rem, Riuk, Romance, Sobrenatural, Terror, Watari
Exibições 17
Palavras 1.487
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


L tem mais sobre seu passado que vcs imaginam heuheuheueheuehue
depios coloco imagem no cap, ta relampiando ;-;

Capítulo 31 - Eu te odeio, eu te amo


Fanfic / Fanfiction Sweet Revenge - Capítulo 31 - Eu te odeio, eu te amo

-Que ótimo! Já está de noite! Quase um dia inteiro para escolher uma roupa e um calçado, eu mereço!-Masao pensa em voz alta

Misa sai do provador pela décima quinta vez.

-O que acha?-Misa aproxima-se de Masao que já estava vermelho de raiva de tanto esperar

-Está linda como sempre, como todas as outras vezes que você saiu do provador. Me diz que vai ser roupa!-Masao diz levantando-se do banco

-Sim vai ser essa!-Misa responde sorrindo

-Pensei que essa hora nunca chegaria!-Masao diz olhando para cima e levantando os braços

-Ficar bonita demora!-Misa diz e em seguida dá um leve empurrão em Masao, o qual dá um leve sorriso.

-Venha, eu vou pagar isto!-Masao diz caminhando em direção ao caixa.

O preço das roupas é contabilizado.

-Deu 780,00 reais-A moça do caixa diz para Masao com um sorriso simpático no rosto

-Mas o que?-Masao diz arregalando os olhos.

-á vista, cartão ou cheque senhor?-A moça pergunta sem tirar o sorriso do rosto

-Cartão-Masao responde ainda com os olhos arregalados

-Você pode parcelar em até 12 vezes-a Moça diz

-Então em doze vezes, por favor-Masao responde

Masao cochicha para Misa:

“Como que um vestido e um salto deram tudo isso?”

Misa levanta os ombros como se dissesse: “Não faço idéia”.

Masao paga as coisas e saem da loja.

-Agora eu quero ir fazer o cabelo!-Misa diz aproximando seu rosto do de Masao e sorrindo

-E tem salão de beleza aberto essa hora?-Masao pergunta franzindo a testa

-Claro que tem! Mulher não tem hora para ficar bonita não!

-Masao respira fundo-Então okay, minha donzela!

Pensamento de Masao:

“Eu deveria ter me apaixonado por uma garota com gostos mais baratos, definitivamente-

-Light e L, refeitório, Boarding School Keon-

Light resolvera comer o resto da comida, enquanto L o observava atentamente.

-Para de me olhar enquanto como, é constrangedor-Light diz parando de comer e olhando para L

-Desculpe, é um passa-tempo-L responde sem tirar seus olhos de Light

-Você deveria realmente se alimentar de verdade, algo que não fosse doce. Você parece tão fraco que daqui a pouco acho que vai se quebrar-Light diz colocando suas mãos no braço de L

-Achei que tivesse deixado bem claro para não me tocar-L diz e em seguida empurra a mão de Light

-Desculpe... -Light diz voltando seus olhos para a comida

Light pega com os palitinhos um pouco de seu alimento, olha para L e diz:

-Diga “Ah”

-O que?-L pergunta franzindo a testa

-Diga “Ah”-Light repete

-Você não vai fazer isso, vai?-L pergunta olhando com indiferença para Light

-Eu vou sim. Vamos Ryuuzaki, diga “Ah”-Light diz levando os Hashis para a boca de L

L olha para Light e Franzi a testa, em seguida olha para a comida nos palitinhos e lentamente abre a boca, com as bochechas corando de vergonha. L pega o alimento com a boca e o mastiga.

-Eu não acredito que você fez isso, ainda mais num ambiente escolar com várias pessoas olhando!-L diz com a boca cheia de comida

-Não reclame Ryuuzaki, você aceitou mesmo podendo recusar-Light diz pegando um pouco mais de comida com os palitinhos.

-E-eu pensei que... -L diz gaguejando

-Mais uma vez, diga “Ah”-Light diz levando outra vez comida até a boca de L, o qual aceita com receio.

-Até que a comida não é tão ruim-L diz coçando a cabeça

-Pensei que fosse falar que aceitar comida de mim não era tão ruim-Light diz e em seguida solta um curto riso

-O que quer dizer?-L pergunta arqueando as sobrancelhas.

-Você é mais inteligente que isso Ryuuzaki-Light diz e respira fundo em seguida

Faltavam ainda duas horas para o toque de recolher, enquanto havia tempo, os alunos caminhavam pela escola.

Light e L andavam pelo jardim da escola, que agora estava tomado por alunos conversando, rindo e se divertindo no tempo livre que ainda restara.

Á alguns metros de distância havia um grande tumulto, que cada vez mais atraía pessoas para lá.

-O que está acontecendo?-Light pergunta olhando para uma roda de pessoas que se formava

-Uma briga talvez?-L responde

Os dois caminham até que se aproximassem do local.

Uma roda de pessoas rodeava dois alunos que brigavam em socos e tapas. Os alunos gritavam palavras de incentivo para a briga.

-Eu vou lá!-L diz aproximando-se das pessoas, mas é segurado por Light

-Está maluco? Vai dar problema para você!-Light grita

-Eu vou parar a briga, me solta Light!-L grita e puxa seu braço que estava sendo segurado por Light.

L caminha para a roda de pessoas e tenta passar pelo meio delas, empurrando-as. Em poucos segundos L estava no meio da roda junto com os dois garotos que brigavam.

Um dos rapazes parte para cima do outro, prendendo-o no chão e imobilizando-o colocando seus braços um de cada lado do rapaz que estava no chão.

L puxa o rapaz pelo capuz de seu casaco.

-Parem de brigar! Isso aqui é um colégio, não um Ringue!-L grita

O rapaz que estava no chão levanta-se, empurra o outro rapaz e fica de frente para L.

-É quem é você para achar que pode mandar assim na gente?-O rapaz pergunta

-Está pensando o que? Que um cara estranho igual você que não consegue nem uma mina, pode vir bancar o papaizão? Por que não vai com seu namoradinho e nos deixa em paz?-O outro rapaz diz também se aproximando de L

-“Namoradinho?”-L pergunta franzindo a testa

-O nerdzinho ali!-O rapaz responde e aponta para o lado com a cabeça

-Mas... –L ia dizer algo, mas é cortado pelo outro rapaz.

-Agora que você se enfiou onde não devia você faz parte do “Ringue”-O rapaz diz e parte para cima de L

As pessoas da roda gritavam para animar a brigar, como se fossem líderes de torcida.

Os rapazes socavam L, empurravam-no no chão, chutavam-no e rasgavam sua roupa.

L não fazia nada, somente aguentava toda violência contra si dos rapazes.

Não pararam até o diretor chegar ao local.

-O que está acontecendo aqui?!-O diretor grita fazendo as pessoas pararem de gritar e os rapazes pararem de bater em L.

Todos olharam para o diretor ao mesmo tempo, e permaneceram em silêncio.

O diretor empurra as pessoas da roda e entra no meio, deparando-se com os dois rapazes olhando assustado para ele, e L no chão, imóvel, com as pernas encostadas ao peito e cabeça baixa.

-Vocês de novo? Não aprenderam com a última suspensão? Andem, dessa vez tomarei medidas mais drásticas!-O diretor diz puxando os dois rapazes pelo braço.

As pessoas olhavam assustadas e cochichavam.

Todos foram aos poucos deixando o local, permanecendo somente L no chão.

Light corre até L e agacha-se para falar com ele. Sua situação estava precária: Roupas rasgadas, sujo, machucados pelo corpo e algumas cicatrizes aparentes.

Vamos para um local mais calmo-Light diz ajudando L a levantar-se.

Os dois caminham para dentro do colégio, onde estavam somente os dois em um pátio vazio.

-Eu te falei para não ir lá!-Light grita

-Não é da sua conta!-L responde também gritando

-É a quinta vez só hoje que te vejo grita-Light diz olhando para o chão

-Agora vai mandar também no meu tom de voz?-L pergunta ainda gritando

-Calma Ryuuzaki, eu estou preocupado com você! Já viu seu estado?-Light colocando suas mãos uma em cada ombro de L.

-Eu não me importo! Eu só queria que o mundo tivesse paz!-L responde sem mudar o tom de voz

-Você sozinho não pode mudar o mundo Ryuuzaki, não tente se meter onde só vai piorar as coisas!-Light diz acompanhando o tom de voz de L

-Você não me diz o que fazer!-L responde

-Por que você é assim? Por que toda vez que tento te ajudar você tem que me tratar dessa forma?-Light pergunta diminuindo o tom de volta

-Primeiramente, tire suas mãos dos meus ombros!-L diz tirando ele mesmo as mãos de Light de seus ombros

-Você ainda não respondeu minha pergunta-Light diz cruzando os braços.

-Desde que eu e você temos ficado mais tempo juntos, você tem descoberto mais coisas do que deveria sobre mim! Eu só quero manter certas coisas longes, entende? Eu só não quero... Eu não quero... –L para de falar e encosta-se na parede

-Continue-Light diz seguindo L e encostando-se também na parede logo ao seu lado

-Só esqueça!-L diz desencostando-se da parede e caminhando para fora do pátio, porém é segurado pelos braços por Light

-Você não quer que as pessoas pensem que somos namorados assim como aquele garoto pensa?-Light pergunta olhando fixamente os olhos de L

-Eu não me importo com o que pensam de mim, não me importo com boatos, eu sei o que penso e o que sinto, e não é um mero mal educado que vai definir isso!-L responde também olhando fixamente os olhos de Light

“Eu te odeio, eu te amo

Odeio te amar

Não quero, mas não posso

Colocar mais ninguém acima de você” I hate you, I Love you (Gnash)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...