História Sweet Revenge - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens Anthony Rester, Kanzo Mogi, L Lawliet, Light Yagami, Misa Amane, Nate "Near" River, Personagens Originais, Ryuuku, Sachiko Yagami, Sayu Yagami, Shuichi Aizawa, Touta Matsuda
Tags Anime, Death Note, Lawliet, Light, Magia, Misa Amane, Near, Nota De Morte, Rem, Riuk, Romance, Sobrenatural, Terror, Watari
Exibições 15
Palavras 1.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


desculpe as amadoras de lemon, MAS EU N SEI ESCREVER kkkkk, eu vou dar meu melhor. Qualquer coisa mudo shonen-ai para yaoi... EU NUNCA TENTEI ESCREVER NENHUM CENA DO TIPO, DESCULPE.

Capítulo 32 - Segredo


Fanfic / Fanfiction Sweet Revenge - Capítulo 32 - Segredo

-Você quer dizer que não sente vergonha de pensarem isso?-Light pergunta soltando o braço de L

-Eu somente disse que não me importo com o que pensam de mim, não entendo como essa visão possa ter algo relacionado com ter ou não vergonha de que pensem que somos um casal!-L grita aproximando-se de Light

-Isso significa que você não tem vergonha de mim-Light diz e em seguida dá um sorriso simpático

-Como assim?-L pergunta franzindo a testa

-Você aceitou que eu lhe desse comida em um local cheio de pessoas, mesmo sabendo que você podia recusar. E quando o rapaz falou que éramos namorados, você não tentou reverter a situação, nem ao menos tentou explicar que o ponto de visto dele estava errado, você simplesmente não se importou. Se tivesse vergonha de mim, se fosse algo que lhe incomodasse, você rapidamente teria tentado reverter aquela afirmação-Light explica sem tirar seus olhos dos de L.

-Não é que eu não me incomode ou não tenha vergonha, eu simplesmente não me importo, só isso-L responde dando de ombros

-Não se importa com a afirmação ou comigo?-Light pergunta arqueando as sobrancelhas

-Não está fazendo perguntas demais?-L pergunta cruzando os braços

-Na minha concepção, não-Light responde

-Não sei por que ainda estou perdendo tempo com você!-L diz batendo o pé, impaciente.

-Tirando os machucados causados pelos rapazes, eu gostaria de saber onde conseguiu estas cicatrizes-Light pergunta apontando para uma das cicatrizes no corpo de L

-Aposto que você também tem alguma-L diz tentando desviar-se da conversa

-Com certeza, cicatrizes dos tiros que levei pouco antes de morrer. E as suas, como foram parar aí?-Light pergunta dando um passo na direção de L

L fica em silêncio somente olhando para Light.

-O que foi? O gato comeu a língua?-Light provoca e em seguida ri

-Algumas coisas devem permanecer no passado, sem direito de passagem para o presente-L responde finalmente, virando-se de costas para Light.

A parte de trás de sua camisa estava rasgada, mostrando claramente vários tipos de cicatrizes, mas Light não podia dizer especificamente pelo quê foram causadas.

Light aproxima-se de L, levanta seu braço direito lentamente, toca a camisa rasgada de L e puxa, terminando de rasgar. L pelo impulso vira-se para Light e o soca no rosto.

-Qual seu problema, por que me socou?-Light pergunta colocando a mão no rosto

-Eu que pergunto! O que pensa que estava fazendo?!-L grita

L segurava sua camisa no copo, que rasgada, não se prendia mais.

-É assim que você sempre trata as pessoas que querem te ajudar?!-Light grita ainda com a mão no rosto

-Me ajudar terminando de rasgar minha roupa?-L pergunta em tom sarcástico

-Eu quis olhar mais de perto essas marcas-Light responde dando um passo para trás.

-Você é realmente teimoso Light!-L grita novamente

-Você nunca confia em mim, eu só queria que confiasse em me contar suas coisas!-Light grita meio rouco

-Você alguma vez confiou em mim? Alguma vez tivemos intimidade suficiente para isso?-L pergunta aproximando-se de Light

-Misa e Masao, Salão de beleza-

-Como ficou meu Cabelo?-Misa pergunta sorridente e mexendo em seu cabelo

-Continua lindo! O que não está lindo são as dívidas que eu tenho agora-Masao diz sorrindo forçadamente

-Estou pronta para ir ver minha amiga!-Misa diz saindo do salão, Masao vai atrás.

-Não dá para ir a pé, e eu não tenho mais dinheiro Misa!-Masao diz colocando a mão na cabeça, preocupado.

-Não se preocupe, eu tenho dinheiro para um táxi!-Misa diz tirando de sua bolsa uma carteira. Ela abre e milhares de notas saltam da mesma.

-Ual! Mas se você tem tudo isso de dinheiro, por que eu que tive que pagar tudo?-Masao pergunta olhando com os olhos arregalados para a carteira de Misa

-Sabe, esse dinheiro têm outras finalidades, então eu só uso quando realmente preciso-Misa responde guardando sua carteira

-Que finalidades?-Masao pergunta

-Um táxi!-Misa diz fazendo sinal para que um táxi que passava naquele momento parasse

-Casa de Gray, Misa, Masao, Sora, Ken e Gray-

-Amiga! Ainda bem que não aconteceu nada grave com você! Nunca mais me dê um susto desses!-Gray diz abraçando Misa

-Eu me arrumei todinha só para vir te ver!-Misa diz saindo do abraço de Gray

-Você está linda como sempre!-Gray diz sorrindo

-Eu achava que a Gray era linda, mas perto da Misa produzida, ela é um monstro-Ken diz baixo, mas todos puderam escutar

-Cala boca pivetizinho!-Gray diz e em seguida dá um tapa na cabeça do garoto

-Misa, esse é o seu namorado?-Mari pergunta aproximando-se dela

-Não, ele é só meu amigo. Foi ele quem ficou comigo o dia inteiro e pagou para mim tudo o que eu queria!-Misa responde dando um simpático sorriso para Masao

-Você é rico?-Sora pergunta aproximando-se dele

-bom... Não. Digamos que vou ficar com dívidas pelo resto da minha vida. Certamente não vou ter dinheiro nem para fazer meu enterro!-Masao responde meio sem graça e todos riem.

-Meninas, o que acham de uma festa do pijama?-Gray pergunta sorridente

-É uma ótima idéia!-Sora responde animada

-Eu tenho colchonetes suficientes para todas nós. Hoje não vamos dormir no quarto, vamos dormir na sala, assistir um filme de terror, comer muita pipoca e muito doce!-Gray diz sorrindo de forma simpática e olhando para todos que estavam presentes.

-Coisas de menina? Não quero, obrigado!-Ken diz dando de ombros e retirando-se

-Mas e eu? Está escuro e eu não tenho dinheiro para voltar para casa. Posso Ficar aqui com vocês e ir embora amanhã?-Masao pergunta envergonhado para Gray

-Bom... É uma festa de meninas... –Gray responde coçando a cabeça meio sem graça

-Por favor! Eu nunca te pedi nada!-Masao diz aproximando-se de Gray e juntando as mãos uma na outra em gesto de por favor.

-Você não prefere juntar-se a Ken?-Mari pergunta olhando para Masao

Posso pelo menos assistir o filme?-Masao pergunta dando um sorriso nervoso

-Bom, claro que pode!-Gray responde

Misa, Gray e Sora deixam o local. Quando Mari saía logo atrás delas, Masao a segura pelo braço.

-Eu preciso falar em particular com você-Masao diz soltando o braço dela

-O que quer?-Mari pergunta franzindo a testa

-É verdade que você tem o Death Note?-Masao pergunta sussurrando

-Foi Misa quem deu esta informação, estou certa?-Mari pergunta também sussurrando

-Sim, foi ela-Masao responde

-Sim, é verdade. Acho que ela suspeitou quando perguntei um nome a ela. Mas o que quer de mim? Está gravando minha voz para mostrar as provas para a polícia e depois me prender?-Mari pergunta cruzando os braços

-Não é isso, é que... Eu queria pedir uma coisa-Masao diz coçando a cabeça.

-O que?-Mari pergunta franzindo a testa

-Light e L-

-Eu vou de uma vez por todas agarrá-lo e só vou soltá-lo quando você me disser tudo sobre isso!-Light diz puxando L pelo braço. Encosta o corpo dele no seu, e o segura por trás, para que ele não se soltasse.

-Me solta! Você é um pedófilo ou o que?!-L grita tentando soltar-se

-Me conte tudo e eu te solto!-Light grita segurando L ainda mais forte.

Os braços de Light encostavam a pele fria e magra de L. Ele podia sentir seus ossos encostando-se em seus braços, podia sentir perfeitamente sua pele, e se arrepiava por senti-la pela primeira vez.

L podia sentir os braços de Light encostando-se em sua barriga e apertando-a. Sentia suas costas indo contra a barriga de Light. Quanto mais ele tentava soltar-se, mais ele podia sentir os braços de Light o apertando.

Como em um impulso, L chuta Light, tropeça e cai no chão. Light aproveita que o rapaz caiu e deita encima dele, em seguida imobiliza seus braços.

-O que vai fazer agora? Aproveitar o momento ou chutar-me de novo?-Light pergunta em tom de provocação

“O silêncio e o barulho

Eles já se abraçaram apertado, assim como nós?

Alguma vez eles já brigaram como nós?”-You & I (One Direction)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...