História Sweet Revenge - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Justin Bieber
Personagens Demi Lovato, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Vingança
Visualizações 47
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aeeeeeeeee chegueeeeeei

Capítulo 19 - Eu te amo


Fanfic / Fanfiction Sweet Revenge - Capítulo 19 - Eu te amo


P. O. V. Madie Bieber 

Cheguei em casa 8:30 da noite, estava tudo em silêncio, sinal que o Justin não estava em casa graças a Deus!  


Subi para o meu quarto e tranquei a porta, logo em seguida tomei um bom banho e vesti o meu pijama sexy e confortável, me deitei e dormir

Mas acordei com uma barulheira do caramba, olhei no relógio e eram três horas da manhã. Me levantei e fui me arrastando até as escadas, desci,  fui até a cozinha de onde tinha vindo o barulho e me deparei com o chão todo molhado de suco e cacos de vidro, Justin tentava enrolar um pano na mão

- Desculpa te acordar, eu cheguei agora, fui beber alguma coisa mais derrubei tudo e me cortei tentando limpar - ele falou me encarando e logo voltou a se concentrar no pano encharcado de sangue em suas mãos

- aonde fica a caixa de primeiros socorros? - perguntei meio sonolenta

- em cima daquele armário - ele falou apontando pra um armário que tinha ali

o armário era bem maior que eu! Sem chances de mim se sequer alcançar

- não alcanço - falei corando

Ele não disse nada, só riu pelo nariz e foi até lá, pensei que ele me entregaria a caixinha vermelha mas não, ele simplesmente a abriu e tentou fazer um curativo enquanto eu o observava

- isso tá uma bosta - falei rindo porque o curativo estava solto

Fui caminhando até o balcão e deu impulso sentando no mesmo, Justin apenas me encarava

- vem! eu te ajudo com isso - falei esticando a mão pra ele que logo veio com a caixa de primeiros socorros a colocando na minha mão

Peguei o soro e comecei a lavar o machucado, enquanto o Justin resmungava que estava doendo mas o corte nem era tão grande assim! Puro drama

- Ai caralho - ele reclamou de novo

Só peguei a gaze e o algodão fazendo o curativo e prendendo o riso da careta que Justin fazia

- prontinho senhor fodão - falei debochada

Ele não disse nada,  somente senti as mãos dele deslisarem sobre a minha perna me fazendo o encarar

- você me acha fodão? - ele perguntou se aproximando me fazendo sentir àquele alito quente e excitante

ALERTA VERMELHO! ALERTA VERMELHO! Madie pelo amor de Deus se controla! Eu tentei mas quando ele passou o polegar na minha vagina por cima do short eu gemi

- Justin - falei olhando aquela imensidão castanha que ele ousa chamar de olhos

- quero te fazer engasgar com o meu gozo enquanto meu pênis entra e sai da sua boca - ele disse baixinho com aquela rouquidão na voz

- ah... - eu gemi fechando os olhos

Filho da puta! Aí já é jogo sujo! Isso não é justo, quem ele pensa que ele é?

- tão molhada - ele falou precionando o dedão na minha intimidade

Quando ele foi me beijar eu desviei o rosto e ele me encarou sem entender, eu realmente queria aquilo e sentia a Madie Jr. (Minha vagina) implorando por aquilo, porém eu não podia me entregar tão fácil! Eu não sou uma vadia! E eu ainda não esqueci que ele quebrou o nosso acordo.

- Não quero - falei tentando ser convincente e ele me encarava atônito

O empurre de leve e desci da bacana, caminhando com classe até a sala mas antes escorreguei no suco e senti mãos me segurando evitando que eu desse de cara no chão

- Santo Deus - falei fechando os olhos pra me recuperar do susto mas o som da gargalhada do Justin me fez o encarar

- você é hilária - ele ficou vermelho de tanto rir e eu fechei a cara na mesma hora

- qual a graça? - falei o empurrando pra longe de mim

Ele se desequilibrou e caiu de bunda no chão, comecei a rir igual a uma retardada enquanto ele me encarava com as sobrancelhas arqueadas

- me ajuda - ele falou estendendo a mão

Eu continuei rindo mas fui ajudá-lo, peguei na mão dele mas ele me puxou me fazendo cair também, ele em um movimento rápido se jogou em cima de mim 


-sai daqui seu gordo - falei tentando empurrar ele de cima de mim

- só se você disser que me ama! - ele disse me esmagando

- eu não minto - falei rindo

- tá bom então! - ele começou a me fazer cócegas fazendo a minha barriga doer de rir

- tá eu falo! - eu não aguentava mais aquilo era torturante

- diga - ele falou parando de me fazer cócegas e me olhando nos olhos 

- eu te amo seu idiota

E logo ele me beijou.... 


Notas Finais


Então é isso.... hahaha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...