História Sweet Sacrifice (Larry A.U.) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Ariana Grande, Justin Bieber, Little Mix, One Direction
Personagens Ariana Grande, Ashton Irwin, Calum Hood, Harry Styles, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Josh Devine, Justin Bieber, Leigh-Anne Pinnock, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Perrie Edwards, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Jariana Brande, Jerrie, Larry Stylinson, Lashton Hemwin, Magia, Malum Cood, Misticismo, Nosh Devoran, Suspense, Ziam Mayne
Exibições 114
Palavras 2.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEY, OLHEM QUEM VOLTOU AKVAKVAKGAJGWJ

N tenho muito pra falar aqui, então vamos ao capítulo, e leiam as notas finais, please

Kisses😘

Capítulo 14 - Leigh-Anne


Leigh-Anne's P.O.V.

- Leigh-Anne, vamos, você vai acabar se atrasando! - Minha tia me gritava pela décima vez.

- Já estou indo! - Respondi pondo um predaço de torrada na boca e correndo até o carro onde minha tia já me esperava.

Fazia pouco menos de uma semana que eu havia chego em Doncaster mas minha tia Sadh, como é sempre muito bem organizada, já tinha me matriculado num colégio bem próximo daqui.

Sinceramente, eu não sei se estou pronta pra uma mudança tão grande quanto essa. No Brooklyn eu tinha meus amigos, escola, trabalho, meus pais... Agora vou ter que me acostumar com tudo de novo.

Escola nova, pessoas novas, vida nova...

E se as pessoas não gostarem de mim?

Bem, eu nunca tive dificuldade para fazer amigos ou me enturmar, mas é impossível não ficar insegura quanto a isso. No Brooklyn eu e o pessoal fomos nascidos e criados juntos, mas aqui, em Doncaster, em outro país... Eu realmente não sei como as coisas serão...

-Tudo bem, querida? - Tia Sadh perguntou quando havíamos parado em um semáforo. - Parece preocupada...

- Eu só estou pensando em como serão as coisas na escola nova. - Respondi olhando a janela do carro.

- Não precisa ficar assim, tudo dará certo, você vai ver. - Paramos em frente ao enorme colégio. - E eu tenho certeza que todos irão te adorar, basta só ser você mesmo pois você é uma garota maravilhosa.

- Obrigada, tia. - A abracei ainda sorrindo pelo o que ela me disse. -Até mais tarde, e me deseje sorte.

A abracei mais uma vez e entrei no prédio a minha frente.

{…}

Depois de passar na diretoria para ver em qual turma eu iria ficar e receber todas as instruções da diretora, eu fui para onde seria minha sala pelo resto do ano.

Ao chegar eu travei na porta. Havia um bando de adolescentes rindo, conversando, e até se pegando no meio da sala de aula, mas nenhum deles pareceu se importar com a minha presença ali. Decidi passar e ir direto para o fundão, ignorando  qualquer tipo de olhar sobre mim.

Eu me sentei ao lado de um garoto loiro que parecia nem ligar pra mim, mas, quando eu ia por os fones de ouvido e ignorar a todos de volta, ele falou comigo.

- OI, QUAL É O SEU NOME? VOCÊ É NOVA AQUI, NÃO É? - Ele perguntou de uma forma bem escandalosa.

- Pelo amor de Deus, loira, você tá assustando a garota! - Um menino de cabelos cacheados e olhos verdes disse para o loiro.

- EU SÓ ESTOU SENDO EDUCADO, SEU OGRO!

- Seja educado feito uma pessoa normal, idiota, e não grita comigo porque eu não sou tuas negas!

- AÍ, PAREM SE NÃO EU VOU DAR UMA CHINELADA NA CARA DE VOCÊS! - Outro garoto loiro gritou para os dois.

- Desculpe por isso, eles não são muito normais. - Uma garota baixinha com um cabelo enorme disse ao meu lado.

- Percebi... - Ri deles.

- AÍ, OLHEM PRA MIM E CALEM A BOCA! - Ela gritou e na hora os três pararam de falar/discutir e nos olharam. - BOM! - Se virou para mim. - O cabeludo dos olhos de esmeralda é o Harry, o loiro escandaloso é o Niall, e o loiro real é o Luke, e eu me chamo Ariana.

- Olá. - Os três disseram em uníssono e depois sorriram.

- Oi... - Respondi ainda rindo do jeito deles. - Meu nome é Leigh-Anne, mas podem me chamar só de Leigh ou Anne, tanto faz, e respondendo ao Niall  sim eu sou nova na escola... Na verdade, sou nova no país.

- De onde você é? - Harry perguntou curioso.

- Sou de New York, USA.

- JURA? SEMPRE QUIS IR PRA LÁ! - Niall deu pulinhos, e aquilo me fez rir feito uma foca retardada.

- Cara, vocês não são normais. Gostei muito de vocês!

- Se você acha isso anormal, espera pra ver quando todos nós estivermos reunidos. - Luke falou.

- "Todos nós"?!

- Somos em quatorze. - Ariana respondeu.

- Nossa... - Imagina, mais oito deles... Deve ser uma loucura só!

- É, MAS EU SOU O QUE BRILHA MAIS, BEIJOS! - Niall disse jogando o cabelo.

- Alunos, todos para os seus lugares que a prova irá começar. - A professora anunciou entrando na sala.

- Como assim?! Eu cheguei num dia de prova? - Me desesperei.

- Pelo visto sim... - Harry respondeu. - Espero que você seja boa em sociologia.

Quando ele me disse a matéria que seria a prova eu soltei o ar que tinha prendido sem ao menos perceber.

- Sou ótima!

- Que bom, assim você passa as respostas pra gente, porque eu não sei nada.

Nós cinco rimos de Niall, mas a professora mandou que ficássemos quietos pois ela já iria iniciar a prova.

{…}

- Ei, Leigh, quer ficar com a gente no intervalo? - Ariana perguntou assim que eu saí da sala.

- É, assim você conhece o resto do povo. - Luke sorriu.

- Ah, eu ia gostar. - Aceitei o convite deles e logo os quatro começaram a me puxar pelos corredores do colégio.

Logo nós já estávamos no que deveria ser um pátio. Havia uma enorme árvore lá e eu pude ver quatro garotos sentados de baixo dela. Niall e Harry me levar até eles, então deduzi que seriam mais alguns de seus amigos.

- Hey povo. - Harry falou com eles e foi logo se jogando no chão, sentando ao lado de um ruivo e abraçando ele.

- AI SEU GAY, ME SOLTA! - O ruivo gritou empurrando Harry para longe. - Quem é sua amiga?
- AH  GENTE, ESSA AQUI É A LEIGH-ANNE, DIGAM OI E AMEM ELA, MAS NÃO MAIS DO QUE ME AMAM!

- Claro que não, loira... - Um moreno disse e deu um beijo na bochecha de Niall. - Mas voltando... Sou Calum, prazer.

- Prazer, Calum. - Sorri para ele.

- Eu sou Michael. - O ruivo me deu um abraço.

- Sou Ashton. - O de cabelos cacheados como os de Harry que estava abraçado com Luke falou sorrindo pra mim.

- E aquele estranho anti-social alí é o Zayn. - Ariana apontou para um dos amigos que estava sentado mais no canto e parecia perdido em pensamentos.

- Não sou anti-social, só estou preocupado com o Liam... E oi, Leigh. - Ele levantou e me abraçou também.

- Oi Zayn. - Respondi e me sentei junto deles de baixo da enorme árvore.

Narrador's P.O.V.

Leigh-Anne já havia se dado muito bem com Harry e seus amigos, amigos e todos eles adoraram a "garota nova". Em apenas vinte minutos eles já haviam conversado sobre tantas coisas aleatórias e também se conheceram mais um pouco, sempre rindo de alguma piada ou das histórias de Niall.

A morena, depois de conhecer aquele grupo de amigos, esqueceu todos aqueles pensamentos negativos e todas as dúvidas sobre seus futuros colegas, ou até mesmo amigos, na nova cidade. Ela percebia que havia se encaixado ali e todos faziam com que ela se sentisse bem, mas sempre sendo eles mesmos.

- Deixa eu fazer uma pergunta aqui: Vocês são gays? - Leigh-Anne perguntou aos garotos e Ariana caiu na gargalhada.

- Cacete, você ainda tinha alguma dúvida?

- Eu não sou gay. - Niall soltou e todos olharam pra ele.

- Tá de sacanagem, né? - Harry perguntou indignado.

- Se você não é gay, eu sou um negão, nunca pintei o cabelo e o Calum não quer me pegar. - Michael disse irônico e todos caíram na gargalhada.

- Pera aí... - Calum parou de rir do nada. - O que você falou?!

- Quem falou o que? - Josh perguntou chegando com Liam, Jesy e Perrie.

- Michael explanou que o Calum quer pegar ele. - Zayn respondeu. - E povo, essa aqui é a Leigh-Anne.

- LEIGH-ANNE?! - Jesy, Perrie e Liam gritaram surpresos.

- É, essa sou eu. - Riu. - E vocês são...?

- AH, sim, eu sou Perrie. - A loira se apresentou sorrindo largo. - Esses são Liam, Jesy e Josh.

- Engraçado... Parece que eu conheço vocês de algum lugar... - A morena se referiu a Perrie e Jessica.

Antes que qualquer um pudesse dizer algo o sinal que indica o término do intervalo tocou e logo todos foram para suas respectivas salas.

{…}

Já perto do horário de saída, Leigh-Anne pediu permissão para ir ao banheiro pois não estava se sentindo bem.

Desde que havia conhecido Perrie e Jesy sua mente estava uma completa bagunça. Flashbacks de memórias antigas mostravam as três e mais uma garota que ela se lembrava chamar Jade juntas, mas havia um porém...

Aquelas memórias eram de épocas totalmente diferentes, e ela não havia vivido nenhuma delas...

Na verdade, ela havia vivido sim, dos se lembrava! Seriam vidas passadas? Talvez... Ela estava confusa, e essa era sua única certeza.

Agora ela estava em frente ao espelho do banheiro feminino olhando-se e tentando controlar o suor, a tremedeira, as imagens... Leigh-Anne sentia-se estranha, parecia que, aos poucos, algo bom e forte tomava conta de si. Era uma sensação louca de poder...? Sim, ela se sentia poderosa, e aquilo era a coisa mais estranha do mundo pra ela.

Quando a morena ouviu alguém entrar no banheiro ela logo tratou de lavar o rosto para tentar melhorar, ou ao menos disfarçar, o seu estado.

- Então quer dizer que é verdade... - Eleanor disse se escorando numa parede. - A grande Leigh-Anne, bruxa elementar do ar, mais uma das lendárias Little Mix. - Ela a olhou de cima a baixo e sorriu cinicamente. - É, não me parece grandes coisas.

- Do que você está falando? - Perguntou confusa. - Afinal, quem é você?

- Sou Eleanor Calder, querida. Sou do Clã de Calder. - Eleanor se aproximou de Leigh-Anne e segurou um de seus braços com força. - Sou descendente de Martha Calder! Se lembra dela? A BRUXA QUE FOI MORTA PELAS LITTLE MIX!

- Sai de perto dela, ô surtada. - Perrie disse entrando no banheiro, e Jesy estava ao seu lado.

- Uma Calder!? Não acredito nisso... - Jesy olhou Eleanor surpresa. - A última Calder que eu vi foi Martha... E eu me lembro muito bem dela, principalmente do quanto ela era má e de quantas pessoas aquela maldita matou! Me lembro da...

- Maldição. - Eleanor a interrompeu.

- Sim... A maldição... - Leigh-Anne pensou alto. - Eu me lembro...

*Flashback On*

- Martha... Não faça isso... - Jade praticamente implorou.

- Não nos obrigue a fazer algo que não queremos!

Perrie e Jade tentaram se aproximar da Calder, mas foram arremessadas pra longe por ela.

- É TARDE, JÁ ESTÁ FEITO! -Martha sorriu cínica. - As Little Mix nunca mais serão as mesmas. - Gargalhou. - Está sobre vocês a minha maldição. VOCÊS NUNCA MAIS IRÃO FICAR UNIDAS, SE O FIZEREM MORRERÃO PELAS MÃOS DO PRÓPRIO DEMÔNIO E NADA PODERÁ MUDAR ISSO! Vocês irão renascer separadas, serão humanas normais, mas irão se encontrar, e quando estiverem juntas serão mortas! - Ela parou para pensar e então continuou. - Eu serei justa. Vocês terão seus poderes de volta ao se encontrarem e poderão tentar quebrar a maldição no período de quatro luas cheias, mas se não conseguirem, tudo irá recomeçar. QUE ASSIM SEJA E ASSIM SERÁ POR TODA A ETERNIDADE!

Eu pude sentir o ar pesar, e cada palavra que saia da boca de Martha atingia meus ouvidos como facas.

- Não... - Disse quase sem forças. - NÃO!

*Flashback Off*

- Leigh, o que foi? - Perrie se preocupou com a amiga que não parecia bem.

- Eu estou legal, só um pouco tonta... - Leigh-Anne respondeu. - Eu me lembro de algumas coisas, Peh... -  Começou a chorar. - Eu me lembro de nós, lembro quem eu sou...

Jesy e Perrie sorriram e abraçaram a amiga, enquanto Eleanor apenas revirou os olhos.

- A bondade de vocês me enoja! - A Calder ia sair do banheiro, mas antes de chegar a porta se virou e falou uma última vez. - Eu farei a vida de vocês e de seus amigos, Little Mix, o próprio inferno!

Saiu.

As três meninas se entreolharam, riram e se abraçaram mais uma vez. Elas estavam felizes por finalmente estarem juntas, mas não estavam completas, e em momento algum poderiam deixar o medo e o receio de lado. Elas sentiam que dessa vez, nessa vida, tudo poderia ser diferente pois elas tinham aliados poderosos e eles poderiam ajudar a finalmente quebrar a maldição. Mas e... Se não conseguissem? Teriam que passar por tudo de novo? Teriam que nascer em lugares totalmente diferentes sem ao mesma lembrar umas  das outras? Teriam que redescobrir seus poderes?

Essa era uma dúvida que não iria sair de suas mentes tão cedo, mas agora elas só pensavam em uma coisa, ou melhor, um alguém.

Jade.


Notas Finais


To atualizando rapidinho, né non? KKKKKK

Mas vou fazer uma pausa :)

Eu preciso dar uma pausa em Sweet Sacrifice pq eu preciso alimentar minhas outras fanfics. Mesmo que Make Your Choice e My Heart Is Broken (leiam lá🌚) sejam menos "famosas", eu preciso atualizar elas, e por isso vou demorar mais pra atualizar S.S., mas não me odeiem

EU MUDEI A CAPA, VCS VIRÃO? O QUE ACHARAM? TÁ BOM OU EU TROCO?

E por hoje é isso, amo vocês, desculpe qualquer erro, obrigado ao pessoal que sempre comenta, porra vcs são um incentivo pra mim, AMO VOCÊS!!!!!

Kisses 💕😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...