História Sweet talk - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow, Supergirl, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Detetive Joe West, Dra. Caitlin Snow, Felicity Smoak, Iris West, Kara Zor-El (Supergirl), Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais
Tags Arrow, Flashfrost, Snowallen, Snowbarry, The Flash
Exibições 146
Palavras 1.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente pra acompanhar tem

Música Dynasty da Cover Miia nas notas finais .

Capítulo 3 - A conversa


              Pov' Caitilin

Sai do corredor muito irritada o Barry acha que pra mim é fácil olhar na cara dele depois de eu ter transado com ele. Não é, eu... Já sofri muito e eu não estou querendo sofrer de novo. Eu não sei como aquilo foi acontecer foi como se eu não soubesse mais me controlar.Como se eu esquecesse de tudo e de todos.

Fui tirada dosmeus devaneios com o meu computador soando o alarme os resultados da garra com a coruja estavam prontos. Estranho os resultados mostravam que o animal estava agindo normal.

- Aí meu Deus!  - Disse pra mim mesmo e sai correndo para o Córtex. 

- Gente meus resultados não deram em nada! - Disse fazendo Cisco, Felicity e Barry me olharem estranho. 

- Como assim não deram em nada Caitilin. - Disse Cisco confuso. 

- É não deram em nada é como se a coruja tivesse fazendo  o que ela faz  normalmente. - Disse explicando. 

- Barry procure ficar de olho nela no próximo ataque por favor. - Disse Cisco.

Voltei pro meu laboratório e voltei a fazer pesquisas. 6 h sai e fui para casa tomei um banho me arrumei e fui ler um livro. As 8:15 Barry tocou a campainha fui lá abrir a porta. 

- Atrasado! - Disse olhando pro chão. 

- Me desculpe. Não vai me deixar entrar. - Disse ele .

- Ha claro me desculpe. - Disse ainda olhando pro chão e saindo do seu caminho o deixando entrar e feixando a porta.

- Da pra você parar com isso, anda Caitilin olha pra mim! - Disse Barry alterando o tom de voz. Engoli seco e então levantei a cabeça para olhar aqueles par de olhos verdes maravilhosos.

- Barry você acha que é fácil olhar na cara do meu melhor amigo sabendo que eu transei com ele sendo que ele tem uma namorada. - Disse alterando meu tim de voz.

- Ha e você acha que pra mim é fácil olhar na cara do Joe sabendo que eu trai a filha dele com minha melhor que por sinal é minha médica pessoal e eu tenho que olhar tanto pra ela quanto pra ele todos os dias? - Disse Barry irritado com a voz grossa. 

Eu já tinha visto Barry brigar comigo, com Joe, com Cisco  e Wells e eu nunca vi ele gritar ou falar daquela forma com alguém. 

- Não.  - Disse com a voz fina quero chorar as lágrimas já estão caindo eu só não quero me desabar a chorar na frente do Barry. 

- Caitilin é... me desculpa a culpa é toda minha por ter de agarrado e... - Barry dizia olhando no meu olho. 

- Barry como você disse naquela noite nós queremos, quer dizer queríamos isso não vai acontecer de novo.  - Disse olhando no fundo dos olhos dele.

- É não vai ! - Disse Barry. 

- Barry ninguém tem que saber, ninguém!- Disse para ele que acentiu pra mim dizendo que entendeu.

- Agora Caitilin por favorolha nos meus olhos você não sabe o quanto me dói não poder olhar nos seus olhos. 

     Deem play na música 1.

O que? Barry Allen disse que doía nele não poder olhar nos meus olhos. Eu sei que é estranho mais fiquei sentida com suas palavras. Sinto que brotou um sorriso bobo no meu rosto com aquelas palavras. 

Pov' Barry

Não sei porque disse aquilo mais fiquei feliz quando vi um sorriso brotar nos lábios de Caitilin. E que lábios, que sorriso. Barry ó você de novo olhando para Caitilin Snow assim.Para ela é sua amiga nada mais não transforme isso numa amizade colorida.

 Eu e Caitilin somos muito próximos desde que o Tony nos atacou ele primeiro era praticamente metal e depois ele se tornou um zumbi mais isso é passado. Caitilin foi uma grande amiga durante todo esse tempo ela ficou comigo o tempo todo cuidando de cada machucado que eu tinha me reclamando quando eu fazia besteira, ela me conquistou e conquistou mi ha confinça com o jeito doce dela de ser. Eu quero um abraço vou andando até Caitilin mas ela recua.

- Caitilin tudo bem eu só quero um abraço.  - Disse para ela que continuava parada .

- Esta com medo de mim Caitilin. - Disse dando mais um passo até ela que dá um passo pra trás. 

- Barry é melhor você ficar onde está. - Disse ela fazendo gesto com a mão paraindicar que eu deveria continuar ali.

- Eu não vou fazer nada só vou te dar um abraço ok? - Eu disse indo até ela é a abracei Caitilin me abraçou também .Seu abraço era gostoso você sente que é de saudade aproveitei para sentir seu cheiro.  

Podem parar de ouvir a música 1 o clima parou .

Ela tinha o cabelo muito cheiroso . Não sei porque fiz aquilo mas comecei a beijar seu pescoço. 

- Barry- Ela disse em um sussurro. De seu pescoço fui para a boca beijei - a.Seu beijo era quente e apaixonado ao mesmo tempo.Coloquei uma de minhas mãos no cabelo de Caitilin e a outra em sua bunda e a trouxe para mais perto de mim intensificando mais o beijo, nossas linguas entraram em sincronia.Nos separamos rapidamente ao ouvir a campainha. nos viramos para a porta.Nossas respirações estavam descompassada devido ao beijo.

- E agora ? - Sussurrei para Caitilin. 

- Vem comigo! - Sussurrou ela saindo da sala e eu a segui.

- Fica aqui em baixo. - Ela disse me mostrando a cama. - Entra aí logo Allen acho que é a Felicity. - Disse ela nervosa. 

- Tá bom! - Sussurrei e entrei debaixo da cama.

 

       Pov'Caitilin

Não acredito que aquilo estava acontecendo Barry tinha me beijado novamente e eu tinha me rrendido.Fui abrir a porta e me deparei com uma loira e me surpreende porque não era Felicity era Kara.Agora que fudeu de vez ela tem Super audição vai perceber meus batimentos cardíacos.

- Oi! Kara!.- Disse olhando para ela.

- Oi Caitilin será que eu posso dormir aqui é que Barry não tá em casa e se eu for pra casa do Cisco não vai ser muito legal. - Ela disse .

- Claro.  Aqui quarto de hóspedes pode dormir lá.Mais eai você quer alguma coisa? - Perguntei nervosa.

- Não, você parece nervosa tem algo acontecendo?- Ela perguntou olhando para mim. Nunca pensei que ia aprender a mentir mais já táva na hora.

 - É que eu não esperava você aqui é que eu ia ler um livro meio erótico e eu ia gritar entende? - Disse como assim eu ia... esquece o que falei tá falado. 

- Ha Caitilin eu sei que todas nós temos necessidades então eu vou dormir cedo.  - Diz ela entendendo meu lado.

 - Seu quarto é seguindo a esquerda segunda porta é uma suíte então já sabe. - Disse e vi Kara saindo em direção ao quarto. 

Sai correndo dsala e fui pro meu quarto.

- É Barry vai logo, aproveita que a Kara foi pro quarto. - Disse vendo Barry sair de baixo da cama.

- Tá e divirta- se com seu livro erótico.- Disse ele dando risada. 

- Cala a boca Allen agente quase foi descoberto. - Disse irritada. 

- É claro agente ainda tem que conversar. Tchau.  - Ele disse saindo correndo da minha casa/apartamento. 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Então o que acharam?
Música https://youtu.be/eonW4f9Dq6c


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...