História Sweet Tears&Bitter Blood❀Namjin - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Asia, Bangtan Boys, Bts, Colegial, Coréia Do Sul, Hoseok, Jeon Jungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Makne, Namjin, Namjoon, Park Jimin, Rap Monster, Seokjin, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Visualizações 46
Palavras 648
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - ∆"Friends"∆


N a m j o o n

Estávamos todos tomando café da manhã, Jin e Hoseok conversavam animadamente sobre o que poderiam fazer de tarde, Yoongi desceu as escadas, fitando o chão.

-Somi... Desapareceu.

-O quê?-Indaguei, fitei o rosto de Hoseok.

-Yoongi, para de brincar-Hoseok disse, com um sorriso triste.

-Eu não estou brincando, Somi desapareceu!-Yoongi estava claramente alterado.

-Acha que pode ter sido Jimin?-Tae perguntou, entrando na sala.

-Por que ele levaria Somi?-Yoongi perguntou.

-Ela precisa da cura não é? E Jimin é formado em medicina, certo?-Tae falava como se fosse a coisa mais simples do mundo.

-Lupus não tem cura.

-Mas vampiros não contraem doenças, provavelmente ela não viverá tanto tempo quanto um vampiro comum mas talvez ela consiga ter mais alguns dias.

-Isso faz sentido-Cortei aquele clima pesado.

-Logo Somi vai estar tentando matar algum de vocês-Tae falou.

S o m i

Acordei, minha cabeça estava doendo, não sabia que horas eram nem onde estava, me sentei, estranhamente não senti nada estalando ou minha pele ardendo, nem estava com sede.

-Ola querida-Jimin sorriu, aparecendo ao meu lado.

-Vai embora Jimin-Mandei.

-Em primeiro lugar eu te salvei em segundo estamos na minha casa e terceiro: estou apenas pedindo em troca a sua amizade.

-Você é doente!

-Um doente não salvaria alguém tão insignificante, se troque, tem roupas no armário, faça isso rápido.

-E se eu não quiser?

-Tenho várias maneiras para puni-la.

-Eu sou uma vampira, agora?

-Sim.

-Como me transformou.

-Como assim? Te beijando-Ele sorriu.

Senti minha boca suja por um instante, é um gosto amargo a invadiu, era como veneno, minha garganta parecia estar fechando lentamente e minha traquéia parecia estar contraindo até se partir ao meio.

-Então...

-Sim, eu te beijei e você bebeu meu sangue durante o beijo.-Ele desapareceu e me levantei.

Me troquei, apenas coloquei um vestido azul  desci as escadas e me deparei com Jimin, na cozinha, ele estava sentado á mesa.

-Você sabe que promessa é dívida-Ele disse.

-Eu não fiz promessa nenhuma contigo.

-Em troca eu quero que você mate Yoongi.

-Eu não vou fazer isso-Cruzei os braços.

-Você vai sim.

-Eu não posso matar Yoongi!

-Pode.

-Se eu não for? O que você vai fazer?

-Eu já disse que tenho punições para você.

-Pois vá para o inferno, você e as suas punições, que se dane!

Jimin se levantou rapidamente, a cadeira arrastou contra a cerâmica causando um ruído escandaloso, ele seguro o meu pulso, fincando as unhas com toda a força possível e me arrastou até o sótão da casa dele, me jogando lá, apesar de estar em um lugar, frio, úmido e silencioso eu pelo menos estava privada da presença de Jimin.

Não tinha entendido o que tinha de tão ruim ali, não poderia ser apenas me deixar de castigo como uma criancinha, andei pelo sótão, tentando encontrar alguma saída mas só algumas janelas apertadas se encontravam ali, e em todos os lados eu sentia um cheiro bom, um estranho cheiro que nunca sentira antes, abri uma caixa de papelão, de onde o cheiro vinha, com receio, bolsas de sangue, iguais aquelas que são usadas em hospitais.

Me afastei, de repente eu senti uma estranha sede, minha garganta parecia seca, o que me causava desconforto, eu não conseguia me mover, mesmo sendo uma vampira, não consegui superar meu medo de sangue, Jimin também colocara vários espelhos ali, para eu ver o monstro que tinha me tornado.

Minha pele pálida, cabelos longos pretos entegravam a minha raça, a parte branca dos meus olhos se encontrava preta, a pupila branca e o glubulo preto vermelho, eu não parecia humana, joguei o espelho no chão.

-Você se tornou um monstro, querida-Jimin sorriu, cínico.

-Filho da puta-Rugi, entre os dentes.

Soquei o rosto pálido de Jimin, o mais baixo caiu no chão, sai correndo dali, o mais rápido que podia, o mundo parecia se desintregar á minha volta, minha velocidade aumentara, estava conseguindo sair, estava indo embora mas quando sai daquela casa e me vi em uma floresta, na qual nunca andara antes, mas não parei continuei correndo, até que esbarrei em alguém, olhei para o garoto na minha frente, assustada.


Notas Finais


Eu mandei se acalmarem porque sou boazinha e ainda não é o momento para matar os personagens.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...