História Sweetie Louis abo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Drama, Larry, Romance
Exibições 184
Palavras 1.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Abandono


Louis

Estava vendado, meus olhos coberto por um pano sujo que tinha um cheiro horrível, meu corpo balançava e pulava com o movimento do carro, meu filho chorava em meus braços, meu corpo ainda sujo pelo parto recente doía.

Tudo começou a meses atrás, sou casado com um alfa, grosseiro, que foi forçado a casar comigo após meu cio, quando descobri que tinha ficado grávido era tudo muito novo para mim, quando um ômega tem o seu primeiro cio aos dezessete anos e engravidar sem ser casado ,  sociedade te condena, minha família não aceitou influenciada pelo leis postar pela pessoas que só sabem julgar, minha mãe me bateu tanto naquele dia, como nunca antes tinha me batido, meu pai me obrigou a casar com aquele monstro, chorei tanto naquela noite, chorei por sentir a rejeição da minha família, que nem se preocupam em saber o porque de meu corpo está cheio de marcas e de minha roupa está rasgada, eles nem perceberam que tinha sido um estupro, não tive como resistir ao meu cio chegar quando estava na rua, e ser usado por um alfa desconhecido. Que na primeira oportunidade depois de uma disputa com outros alfa, conseguiu ganhar. E aqui estou eu, grávido.

8 meses depois.

O pesadelo de estar morando com a pessoa que te fez tão mau, um desconhecido, que se arrependeu no momento que o efeito do cio passou, ele começou a me odiar. Os meses que passou foram tão difíceis, cada enjôo cada desejo não realizado, tantas noites mal dormidas com medo de perder esse bebê,  que com o tempo passei a gostar tanto, e a amar.  A raiva de ser ignorado, se ele não me queria por quê me usou.

- Ahn .. - gemi de dor, era tarde da noite, naquele dia estava me sentindo doente, já  estava pré sentido que meu bebê iria nascer, e finalmente aquele dia tão esperado por mim chegou. Acordei com uma dor na barriga que estava enorme - Ahn. Droga fiz xixi na roupa.

A dor ficou intensa.

- Meu bebê vai nascer, finalmente - Tirei minha calça moletom e a cueca junto com minha blusa, meu corpo estava suando, morde o lábio segurando un grito quando veio mais uma contração mais intensa, limpei a mente, tinha que me transformar em lobo para poder ter o filhote.

Muitas horas de esforço para o filhote nascer, eu sozinho e abandonado, sem ninguém para me ajudar. Nem minha, que nunca veio me visitar, durante esses oito meses nem uma ligação recebeu. Minha vista escureceu, desmaiei após escutar um choro do meu filhote.

Acordei com um saculejo, nos meus braços o filhote chorava.

- Aonde estou? - desorientado pela faixa que cobria meus olhos.

- Finalmente acordou putinha, cale a boca desse filhote antes que eu rasgue a garganta dele. - a voz do alfa fez o corpo estremecer, mesmo sem conseguir enxergar por causa do pano, ele acalentou o bebê que agora soltava pequenos gemidos, enquanto esfregava a cabeça no peito de Louis por cima de uma regata cavada que ele vestia, a pequena criança esfregou a cabeça até encontrar o tanto queria o mamilo duro foi sugado pelo bebê que chupava esfomeado chegando a engasgar com o líquido. Louis gemeu pela sensação nova de está dando de amamentar pela primeira vez.

- Para onde você está nos levando?

- Você logo saberá putinha.

Minutos depois Louis sentiu o carro diminuindo a velocidade até pará. Escutou uma porta abrir, a porta a seu lado abriu e sentiu uma mão agarrar seu braço o puxando sem nenhum cuidado, o filhote chorou assustado pelo movimento brusco. A faixa que cobria seus olhos foi retirada, agora dando para ver que estava no meio do nada. Debaixo do sol, poente , que mesmo ainda indo embora, fazia  seu corpo suar.

- É aqui que você vai ficar, não quero mais você perto de mim com esse filhote imundo que tenho certeza que não é meu. Puta do jeito que você é, deu para muitos.

Louis não teve forças para gritar quando viu o carro indo embora, para falar a verdade,  ele ficou aliviado. Louis ficou no meio de uma estrada deserta no meio do nada, com seu filho que viu pela primeira vez como ele lindo e parecido com ele. Loiro , suas bochechas fofinhas coradas, estavam molhadas pelo choro recente.

Ajeitei o filhote no colo enquanto tirava minha regata e cobria o bebê que estava nu, ficando com os mamilos a mostrar ao vento, fazendo ficar eriçados, coloquei a boquinha do bebê de novo no mamilo vendo ele sugar com força, o bebê abriu os olhos levemente dando para ter uma breve visão de seus olhos azuis.

Louis levantou a cabeça observando que o sol está quase se pondo, o desespero tomou conta dele, o que faria agora sozinho nessa estrada deserta.

Harry

Harry um alfa  dono de uma fazenda muito rica naquela região, de tudo tem nessa fazenda fartura é o que não falta. Apesar de ter uma vida cheia de regalias do dinheiro ele, era um homem infeliz, apesar de nem sempre ele foi assim, logo quando ele herdou a fazenda de seu avô, ele se casou com Miliabell sua linda e adorada esposa, naquele dia do casório a festança rolou solta, muita bebida e comida era destribuida, para aquelas pessoas que presenciava a felicidade dos noivos. Naquela mesma noite Harry tomou Maliabell para si, com toda ternura que tinha, seu filho foi gerado ali naquele antro de amor.

O tempo foi passando e Harry e Miliabell aproveitava cada momento, então numa noite de tempestade, o bebê nasceu, mais o dia de era para ser o mais feliz, se tornou um pesadelo quando Miliabell morreu ao dar a luz ao pequeno Zayn.

Desde esse dia o carinhoso Harry tornou, o alfa a quem todos temia. Mais mesmo assim ele não culpou seu filho.

Harry que tinha levado seu filho para a cidade para fazer compras estava retornando, seu filho agora com três anos falava sem parar no banco sentado ao seu lado, ele dividia a sua atenção entre a estrada e o menino.

Foi quando avistou um lobo cinza andando cambaleando na estrada, mesmo longe dava para ver que levava um pequeno filhote na boca, viu quando o lobo caiu no chão respirando ofegante. Acelerou o carro, chegando perto do lobo parou.

- Zayn, fique dentro do carro.

Harry saiu do carro andando até chegar ao lado do lobo, se ajoelhou sentido cheiro do ômega misturado com sangue seco. Passou a mão no pelo do lobo o sacudindo levemente, viu o lobo soltar um suspiro cansado e abrir os olhos se deparando com os olhos azuis do lobo. O lobo se despertou pulando trazendo o filhote na boca dando passos para trás.

- Se acalme, não vou fazer mau, tome a sua forma humana.

Louis com muito receio deixou sua transformação acontecer, ficando nu na frente daquele homem alto. Aconchegou seu filho nos braços, quando o menino sentiu o cheiro do peito, choramingou, querendo mamar, Louis olhou para baixo envergonhado, ajeitou se bebê colocando a boquinha do bebê perto de seu mamilo fazendo o bebê mama.

- Quem é você? - Harry perguntou, meio embaraçado por se pegar olhando para os mamilos daquele garoto.

- Sou Louis.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...