História T3ddy - Apaixonado pela empregada - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas Olioti
Tags T3ddy Romance Violência
Exibições 131
Palavras 977
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI OI GENTE

POVOOO VOU COMEÇAR UM NEGÓCIO DIFERENTE AQUI <3

TODA VEZ QUE O CAP BATER 10 COMENTÁRIOS EU VOU POSTA CAP NOVO OK ? ENTAAAAO VALENDOOOOO

Capítulo 34 - 0.34: CIÚMES?


Acordei com alguém agarrado na minha cintura, me virei e vi que Leonardo dormia tranquilamente, fiz de tudo para não acorda - lo e fui ao banheiro, eu não lembro de nada, será que fiz algo de errado ontem à noite?

— Bom dia — Leonardo disse entrando no banheiro com voz sonolenta.

— Bom dia o que aconteceu ontem. — perguntei.

— Nada de mais, você ficou bêbada aí eu te trouxe pra minha casa e a gente dormiu — ele sorriu, e puta que pariu que sorriso.

— Hm — lê dei um selinho — preciso ir em casa — eu disse e ele fez um ok com gestos.

Caminhamos até o ponto de ônibus e ficamos esperando ele chegar, abri a câmera pra ver meu estado, pelo menos meu olho claro não me deixava ser feia.Apontei a câmera para nois dois enquanto me arrumava.

— Sai to feio —  Leonardo disse arrumando seu cabelo com a touca, o mesma porra de gesto que Lucas fazia com o boné, tira esse homem da minha mente deus.

— Ah tá né — falei e ele pegou o celular tirando a foto.

— Você não salvou a ft — ele disse e me entregou o celular

— Para de graça Leonardo! Estamos maravilhosos tenho que admitir — eu disse.

— Você tá né — ele pegou ao meu queixo me conduziu e a gente se beijou.

— O ônibus — sussurrei entre o beijo e ele parou.

— Vamos — ele segurou na minha mão e entramos, pagamos passagem e sentamos na cadeira alta eeeeee

— Tudo bom lindo? — gravei snap espremendo sua boca.

— Quando a pessoa tem um sorriso maravilhoso — tirei uma foto com a mão na sua bochecha e aquele sorriso destruidor.

Os próximos snaps foram eu cantando que nem uma louca no ônibus. Postei tudo e esperei começar o mimimi.

P.V.O T3ddy.

— Até mas Ana — buzinei chamando sua atenção, tinha acabado de deixar em casa e liguei o som do carro no último volume. 

Abri meu snap tirei uma ft e postei com a legenda " agora é a vida que segue " Lívia atualizou os snaps, nem ousei abrir quando vi aquele garoto na capa, simplesmente peguei e exclui ela dalí.

Como ela mesmo disse eu preciso arranjar alguém que eu ame de verdade, preciso seguir minha vida e essa dor e passageira, porque eu já sofri antes.

E por pensar nisso tenho uma ideia melhor. Voltei a casa da Ana e a chamei na porta a mesma veio atender

— Vamos sair agora? — perguntei.

— Agora? — ela falou

— Sim — respondi

— Tá deixa só eu pegar meu casaco, e minhas coisas.

— Não precisa quero que você venha logo a agarrei e a prendi a parede.

— Ual que mulher teria total burrice de largar um homem tão bom quanto você. — ela sussurrou ao pé do ouvido.


— agora vamos — sussurrei de volta.

Entramos no carro e fomos a sorveteria no centro, começamos a conversar até uma coisa me tirar toda atenção, Lívia estava sentada em uma mesa lá no fundo com aquele playboy, eles estavam meio que agindo como um casal, acho que ela ainda não tinha me visto.

— Lucas tá me ouvindo? — Ana disse me tirando do transe.

— Sim claro que eu tô — falei dando mas algumas olhadas furiosas para eles.

P.V.O Lívia

— Aí meu deus é o t3ddy — ouvi uma menina gritar correndo em direção a mesa.

— Ah não — ri negando com a cabeça — oque esse Idiota está fazendo aqui? — perguntei baixou

— Oi? — Leonardo perguntou — Nada — sorri

— Aquele alí não é o Lucas Olioti o empresário? — Leonardo perguntou.

— Não fala com ele Leonardo por favor — eu disse e ele questionou — Porque? — Eu só não gosto dele por favor não.

— Tudo bem, eu não vou falar com ele.

— ele disse e eu me alíviei.

— Porque ele tá olhando pra cá? — Leonardo voltou a perguntar.

Meus olhos voltaram a Lucas onde ele também me olhava, e ficamos se encarando por segundos

— Ei — Leonardo estalou os dedos no meu rosto me tirando atenção do Lucas

— Que que aconteceu menina? — ele riu

— Eu não sei só senti uma sensação estranha mas deixa pra lá. Vamos? — perguntei me levantando da cadeira

— Mas você nem comeu

— Perdi a fome — peguei minha bolsa da cadeira e saí para fora, Leonardo me seguiu e ficamos no parque do lado de fora.

— Você tá estranha.. — ele disse e eu neguei

— Eu estou normal, eu só quero ir pra casa descansar em instantes meu celular tocou

— Alô?

— Cade você — a voz do Luba invadiu meus ouvidos.

— Já tô indo pra casa

— OK tchau

— Tchau.

— Era meu melhor amigo — guardei o celular

— Hm — ele fez um bico fofo e eu começei a dar vários selinhos nele.

— Agora você tem que me levar — sorri

— Não tem mas como eu te roubar né ? — ele perguntou e eu fiz não com a cabeça

Depois de 2 horas no trânsito, cheguei em casa nossa que saudades da minha cama.

— Quem era o boy? — Luba surgiu do nada

— Meu boy novo — disse me deitando na cama.

— Como você é rápida — ele riu

— É bom te ver assim, melhor do que ficar chorando — luba deu um beijo na minha testa

— E seria ótimo se aquele idiota não me perseguisse

— Como assim? — ele perguntou

— Ah Lucas tava lá com uma loira de farmácia com cara enjoada — revirei os olhos só de lembrar da cena.


Notas Finais


CIÚMES NENON 🌚

Favoritem e acompanhem minha outra fic: https://spiritfanfics.com/historia/mensagens-t3ddy-6621194

<3 até babys💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...