História T3ddy - Quando é para acontecer - Capítulo 5


Escrita por: ~

Exibições 45
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, olá!
Vocês estão bem?

Para você que chegou até aqui, obrigada e mais um capitulo!

Espero que gostem, de verdade!

Capítulo 5 - Ajuda de Amiga



   Fomos para a casa de Beatriz. Ela morava sozinha e eu me sentia bem na casa dela, me sentia como se estivesse em casa. Beatriz era minha melhor amiga e eu precisava dela naquele momento. 

_você não trouxe nada, não é? – Ela perguntou e eu assenti. _eu vou pegar uma roupa para você e uma toalha, acho que um banho vai te fazer bem. – Ela disse saindo pelo corredor e me deixando na sala. Coloquei minha bolsa em cima do sofá e sentei esperando por ela. Olhei meu celular e tinham umas 20 ligações de Thiago que eu não tinha visto. 

Entrei no WhatsApp e também tinham várias mensagens e ligações dele que eu ignorei. Fui até a conversa de Christian, ele tinha mandado uma mensagem que dizia:

WHATSAPP ON
CHRISTIAN 8:04 PM: Já chegaram? Você está bem?
GABRIELA 8:26 PM: Acabamos de chegar na casa da Bia, Chris. Eu estou bem. 

WHATSAPP OFF

Eu não estava bem e ele sabia disso, mas não adiantava ficar lhe dizendo. Não adiantava ficar dizendo que estava mal para ninguém. Eu não estava bem e quem deveria saber já sabia, as pessoas mais próximas e que sempre me ajudam já sabiam. O restante das pessoas que conviviam comigo não podiam me ajudar, elas já tinham problemas demais e minha vida não as interessava. 

Beatriz logo voltou e me olhou ali sentada. 

_ele te ligou? – Ela perguntou e eu assenti positivamente respirando fundo para segurar o choro. _ignora, amiga. Esse cara não merece chance de explicação. Quando quiser tomar um banho, deixei umas coisas no banheiro para você. – Beatriz disse e eu assenti me levantando. 

Fui até o banheiro e ela tinha deixado uma roupa para mim. Tirei minha roupa e liguei o chuveiro no mais quente. Fiquei ali embaixo da água quente por vários minutos pensando em tudo o que tinha acontecido. A minha vida parecia ter parado ali, eu nunca tinha vivido aquilo, eu nunca tinha sido traída, nem por amigas nem nada. Eu nunca tinha passado por uma decepção tão grande. Não pude conter umas lágrimas que desceram durante o banho, mas quando saí do chuveiro já não estava com o rosto vermelho. 

Me sequei muito devagar e coloquei a roupa que Beatriz havia deixado ali para mim. Nós duas tínhamos o mesmo tamanho, então serviu perfeitamente. 

Sai do banheiro e caminhei até o quarto de Beatriz. Coloquei minhas coisas em cima da cama e fui até a cozinha. Estava com um cheiro muito bom de comida e Beatriz com uma roupa quase igual a minha e com os cabelos presos. Ela estava ali cozinhando. 

_resolvi fazer algo para gente comer. – Ela disse e eu assenti com um meio sorriso sem ânimo. Eu não tinha comido nada aquele dia, mas não estava com fome. Eu não estava me sentindo bem para comer. 

_precisa de ajuda? – Ofereci me aproximando. 

_claro que não, Gabi. – Ela disse rapidamente. _você precisa descansar. – Ela disse e eu revirei os olhos. 

_não, amiga. Isso vai me fazer bem, vou me distrair. – Disse forçando um sorriso e ela sorriu me olhando. 

_é ótimo ouvir você falar assim. – Ela me olhava parecendo orgulhosa. 

Comecei a ajuda-la e estávamos em silencio por um tempo. 

Beatriz e eu já estávamos ali cozinhando a pelo menos duas horas. Isso rendeu muitas conversas. Eu estava adorando conversar com Beatriz, ela fazia com que eu me sentisse bem e esquecesse de tudo o que estava acontecendo. Ficamos em silencio por algum tempo. Eu estava colocando o arroz na mesa, pois a lasanha estava quase pronta. 

_como você está se sentindo, amiga? – Beatriz perguntou interrompendo o silencio. 

_estou bem. – Eu respondi olhando as panelas. _todo o amor que eu sentia por Thiago sumiu. Só ficou um vazio que eu não sei com o que preencher. – Eu disse respirando fundo segurando o choro. 

_amiga, eu sei que você ama o Thiago e que vai ser difícil, mas, por favor, não sofra por ele. – Eu a olhei sem entender o que ela queria dizer com aquilo. _vocês ficaram dois anos juntos e sei que não vai ser fácil esquecer, mas ele não merece o seu sofrimento. Você vai seguir sua vida e logo não vai mais lembrar dele, por que isso nunca foi amor, amiga. Ele não te merecia e não merece seu sofrimento. – Beatriz disse e eu senti uma lágrima correr pelo canto do meu olho. _e agora para de chorar. – Ela disse limpando minha lágrima e me fazendo sorrir. 


Notas Finais


Hei! Você chegou até aqui, OBRIGADAAAA!

Não desistam de mim, peoples, Continuem acompanhando e comentem e favoritem se gostarem, realmente me deixa muito feliz saber a opinião de vocês.

A história ainda tem muita reviravolta para dar, gente, acreditem!

Beijinho, beijinho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...