História T3ddy And Love 2 - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Figueiredo, Felipe Neto, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Maria Júlia Trindade, Mauro Nakada, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Christian Figueiredo, Felipe Neto, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Maria Júlia Trindade, Mauro Nakada, Rafael "CellBit" Lange
Tags Hot, Lucas Olioti, Romance, Youtubers
Visualizações 79
Palavras 1.627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sei, EU DEMOREI CINCO DIAS PRA POSTAR ESSE FUKING CAPÍTULO !! É q deu problema no bloco de notas… não, mentira ! Eu perdi o capítulo… mentira tbm. EU TAVA SEM CRIATIVIDADE, OKAY ? 😹. Mas o cap ta aí, lá vem tiro. Sim, mais tiro 👌😹❤️🌈

Capítulo 42 - Revelações


Fanfic / Fanfiction T3ddy And Love 2 - Capítulo 42 - Revelações

POV T3ddy


Até que ouço os latidos do Pug e o som do disparo da arma. 


Não senti nada, abri os olhos e vi o desgraçado sair correndo e entrar no carro. 

Rapidamente me levantei e sai correndo atrás do veículo, mas isso era estúpido. 

A placa estava tampada, HAAAAA ! Virei as costas pra voltar e pedir ajuda pra alguém, quando vi o Pug deitado no chão com um pouco de sangue em volta dele. 

Na hora o desespero tomou conta de mim, eu não sabia o que fazer. Minha namorada foi seqüestrada e o cachorro dela foi baleado. 

O Pug salvou minha vida… 

Rapidamente o recolhi e fui correndo pro estacionamento pegar meu carro. 

Coloquei o Pug ali e entrei no veículo pegando meu celular, minhas mãos tremiam, lágrimas não paravam de cair. 





               POV Chris

Estava eu, o Mauro e a Amanda em casa gravando, na verdade só quem estava gravando era eu e o Mauro. A Amanda só estava aqui porque… porque a gente está ficando e tals kk. 

Então o celular do Mauro toca. 

— Ixi, é o T3ddy ! — Disse ele pegando o aparelho 



Ele atendeu.

— Oi T3ddy… QUE ? COMO ASSIM A JUDI FOI SEQÜESTRADA ? 

— Meu deus ! — Amanda se chocou 



Fiquei em choque, encarando os dois. 

— Ta, ta, já to indo pra aí ! — Disse o Mauro

— O que aconteceu ? — Perguntei com os olhos arregalados 

— Ele não explicou direito, mas chegou dois caras e levaram a Judi pra um carro, o T3ddy tentou defender ela mas ele apanhou e balearam o Pug ! — Respondeu ele nervoso 

— Mas onde ele ta ? — Perguntou a Amanda

— No veterinário **** 

— Vamo pra lá logo ! — Falei enquanto caminhava até a porta 




Saímos todos apressados, o trânsito das 20:00 não ajudou nada. Chegamos lá e o T3ddy estava sentado numa cadeira chorando. 

— O que aconteceu, cara ? — Perguntei o encarando 

— Eu e a Judi tínhamos brigado, aí ela saiu pra levar o Pug pra passear, quando eu virei as costas ouvi o grito dela, tinha dois caras puxando ela pra um carro ! Eu fui correndo atrás deles e lutei com um, mas ele me deu um soco forte no peito e eu acabei caindo no chão, ele apontou uma arma na minha cara, mas o Pug entrou na frente e… — Ele não conseguiu terminar de falar e começou a chorar mais 



Eu e o Mauro o abraçamos. 

— Mas você já denunciou ? — Perguntou a Amanda 

— Já liguei, mas eu preciso ir na delegacia pra fazer a queixa, e eu não podia deixar o Pug aqui sozinho ! — Respondeu o T3ddy
Até que chega uma moça com um jaleco branco e nos encara. 

— Senhor Lucas Olioti ? 

— Sim !? — Disse ele enquanto limpava as lágrimas 

— Pode me acompanhar, por favor ! 



Os dois entraram em um corredor. 







                 POV T3ddy 

A moça me guiou até a sala em que o Pug estava. Ele estava deitado na "cama" dormindo com uma fiava enrolada na barriga. 

— Olha, o caso dele é grave, mas as chances dele sobreviver são muitas, pois ele agüentou até agora, porque um tiro em um animal já consegue o matar na hora ! — Disse ela se referindo ao Pug 

— Mas ele vai ficar bem ?

— Só o tempo dirá, mas ele vai precisar ficar aqui de recuperando por alguns dias ! 

— Ok 

— Mas como isso aconteceu com ele ?





Expliquei a história pra ela, a moça disse que eu poderia sair de lá pois os veterinários cuidariam do Pug. 

Então fui eu e os outros pra delegacia. 






                POV Judi 

Acordei em um lugar estranho, era um quarto normal. Eu estava deitada numa cama, a ultima coisa que eu me lembro foi do Lucas tentando impedir que dois caras me levassem. Mas ele não conseguiu… mas eu ouvi o disparo da arma !

NÃO ! AQUELE CARA NÃO PODE TER ATIRADO NO LUCAS ! ISSO NÃO PODE SER REAL !

Deve ser um sonho, sim, é isso, eu to sonhando, e quando eu abrir os olhos eu vou acordar no apartamento do meu namorado com ele do meu lado. 

Mas não, isso não é um sonho. O Lucas pode estar ferido, ou morto… HAAAAAAAA !

Por que isso teve que acontecer ? Me levantei daquela cama e caminhei até a porta do quarto. 

Ela estava trancada, fiquei forçando a maçaneta ((como se a porta fosse cair automaticamente)). 

Até que escuto o barulho dela sendo destrancada, dou alguns passos pra trás com medo de quem passaria por ali. 

A porta se abriu e o boyzinho entrou a fechando. 

— Que bom que você acordou, gata ! — Disse ele se aproximando 

— Me deixa ir embora ! — Falei enquanto recuava dando passos pra trás 

— Mas já ? Nem começamos ! — Ele me encurralou na parede 

— ME SOLTA ! SOCORRO ! — Gritei em meio as lágrimas 




Ele começou a beijar meu pescoço, eu sentia nojo e raiva…


— Sai ! — Tentei o empurrar

— Fica tranqüila, se você não quer trair seu namorado fica sabendo que aquele lá já deve ta morto ! — Ele sorriu 

— Não ! — Comecei a chorar mais ainda 

Ele começou a me beijar, mas eu não retribuía e tentava o empurrar. 

— SE VOCÊ NÃO RETRIBUIR VOCÊ VAI JUNTO COM SEU NAMORADINHO ! — Ele tirou uma arma da cintura e colocou bem na frente do meu rosto 

Ele começou a tirar minha roupa, minha única reação foi chorar cada vez mais. 





              POV T3ddy 

Depois de todos aqueles procedimentos consegui fazer a denúncia. Demorou muito, eles disseram que vão fazer buscas. 

O Mauro, o Chris e a Amanda já tinham ido embora. Eu estava indo pra antiga casa da Judi pra avisar a família dela. 

Eu quase nem conseguia prestar atenção na direção, a Judi está em perigo e eu não posso fazer nada…

Várias lágrimas rolavam meu rosto ! 

EU DESEJO MORTE PROS DESGRAÇADOS QUE FIZERAM ISSO ! HAAAAAA… 






             POV Pedro 

Estava deitado no sofá olhando pro teto, já faz um tempo que to assim, desde que eu comecei a sentir algo estranho. Um sentimento ou pressentimento ruim, uma coisa que está consumindo meu peito, mas eu não sei o que é. 

E agora que não tem mesmo nada pra fazer, já que a Diana, o Gustavo e o Guih voltaram pra Araraquara. 

Agora só está aqui eu, a Isa, minha mãe e o Rodrigo. A Sasá saiu, ela foi comprar bolo ((gulosa)).

Sou tirado dos meus pensamentos com o som da campainha invadindo meu ouvido.

Me levanto do sofá e vou até a porta, abri dando de cara com o T3ddy, ele estava soluçando e com uma expressão bem triste. 

— Que foi, cara ? — Perguntei assustado 

— A Ju-Judi…ela foi seqüestrada ! 




Não, isso não pode ser real… 
MINHA IRMÃ NÃO !

— QUE ? COMO ? POR QUE ? QUEM FOI O DESGRAÇADO ?! — Comecei a chorar também 





Minha mãe e o Rodrigo vieram correndo da cozinha assustados. 

— O que aconteceu ? 

— Seqüestraram a Julia, mãe ! 




Minha mãe começou a desabar em lágrimas. Rodrigo estava em choque. Eu estava nervoso, com raiva ! 



— Entra aqui, se acalma ! — Disse o Rodrigo pro Lucas 




Ele entrou.


— MAS COMO ISSO ACONTECEU ? VOCÊ NÃO FEZ NADA !? — Um sentimento de medo me invadia, a Judi está em perigo 


— Pedro, se acalma ! — Minha mãe veio na minha direção ainda chorando 


— Eu não quero me acalmar, mãe… é a Judi ! — Comecei a chorar 

— Mas como isso aconteceu ? — Perguntou Rodrigo 

— A gente tava na parte de fora do prédio, e acabamos brigando, ela saiu andando pra levar o Pug pra passear, quando eu virei as costas ouvi o grito dela, tinha dois homens encapuzados arrastando a Julia pra um carro ! Eu sai correndo na direção deles e lutei com um, ele atirou no Pug…


— E o Pug ta bem ? — Perguntou minha mãe

— Sim, eu levei ele no veterinário ! 

— Mas por que vocês brigaram ? Por que ela tava com uma marca roxa no braço ? Por que ela tava te tratando mal hoje de manhã ? — Perguntei esfregado meu rosto devido ao nervosismo 

— Ela apareceu com aquela marca depois que vocês saíram da festa e foram "conversar", e vocês estavam bem estranhos ! — Disse Rodrigo


— VOCÊ BATEU NA MINHA IRMÃ ? QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FAZER ISSO ? — Me levantei bruscamente e fui roçando os punhos até ele 

— VOCÊ FEZ ISSO MESMO, LUCAS ? VOCÊ BATEU NA JÚLIA ? — Rodrigo fez o mesmo 

— GENTE ! MINHA FILHA TA NAS MÃOS DE UM ESTRANHO E VOCÊS FICAM SE PREOCUPANDO COM ISSO ! — Minha mãe entrou na frente de Lucas e nos encarou chorando 

— O que aconteceu gente ? — Disse Isa descendo as escadas 

— Nada… 






Sabrina também chegou. Ela nos encarou com uma expressão de indagação. 


— O que aconteceu, gente ? — Perguntou ela enquanto colocava umas sacolas sobre o sofá 


— Seqüestraram a Julia… — Minha mãe começou a chorar mais 





Sabrina estava em choque, assim como nós. 


— HAN ? Cade minha irmã ? Quem fez isso ? — Isa foi até o Lucas já com lágrimas nos olhos 


— Sabrina, cuida da Isabella, a gente vai rodar o bairro, se for preciso até a cidade ! — Disse Rodrigo





Saímos da casa, fui eu e a mãe da Judi no meu carro, e o Rodrigo e o Pedro no carro do Rodrigo. 

 

 

 


               POV Judi 

Foi a pior coisa que poderia ter acontecido comigo, eu fui estuprada. Sempre vi nos jornais sobre garotas ou garotos sendo abusados sexualmente, mas nunca pensei que isso aconteceria comigo !

Eu me sinto um lixo, uma prostituta qualquer… e provavelmente ele vai voltar, todos os dias, e toda hora que lê quiser ! 

E a pior coisa é que o Lucas pode estar morto ! POR QUE ISSO TEM QUE ACONTECER JUSTO COMIGO ?
 


Notas Finais


Deixa seu comentário pra min ficar Happy 😹🌈. Beijos 😽


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...