História Tá Rolando Amor? - Capítulo 63


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Eadlyn Schreave, Kile Woodwork, Maxon Calix Schreave
Tags A Herdeira, A Seleção, Eadlyn, Kile, Romance
Exibições 505
Palavras 1.047
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá amores, voltei!!!

Ah, esqueci de contar que teremos um P.O.V Americam em breve na nossa maratona. Então vamos logo para o cap, sem dúvidas estão ansiosas por conta da imagem de capa.

❤ Boa Leitura ❤
💚 Desculpa qualquer erro 💚

Capítulo 63 - Eu vou ser papai!


Fanfic / Fanfiction Tá Rolando Amor? - Capítulo 63 - Eu vou ser papai!

Kile: Senhor Schreave, isso que estava acontecendo não é o que o senhor está pensando.

Eadlyn: É, nós não estávamos se pegando. 

Kile: Eadlyn! — Repreendo, ela estava piorando a situação.

Maxon: Eu não acredito! Minha filhinha e você estavam... eu não acredito. Vocês não se odeiam?

Eadlyn: Sim, nós se odiamos!

Maxon: Se isso for ódio, eu não quero nem imaginar o que vocês fariam se gostassem um do outro.

Kile: Tenho certeza que o senhor não iria querer saber! — Murmuro.

Maxon: Vocês mentiram o tempo todo. Claro, estava óbvio que vocês não se odiavam. — Maxon parecia completamente perdido. 

Eadlyn: Nós nos odiamos, fora os beijos para as câmeras só rolou isso entre nós.

Kile: É sogrão, foi só um beijo. — Digo virando para pegar a minha camiseta que estava caída no chão.

Maxon: Kile... O que é isso... nas suas costas?

Kile: São só marcas das unhas da Eadlyn... — Respondo distraído, mas logo me arrependo ao ver o rosto do Maxon ficar vermelho. 

Maxon: Me diz que essa marca em seu pescoço não foi feita pela Eadlyn! — Olho no espelho da penteadeira próximo a nós e vejo a marca vermelha em meu pescoço feita pela Eadlyn.

Kile: Essa marca não foi feita pela boca da Eadlyn! — Respondo rápido demais, droga!

Maxon: Vocês estão mentindo! — Acusa. — Vocês já...

Eadlyn: Vocês já o quê?

Maxon: Você sabe muito bem Eadlyn!

Eadlyn: Não, eu não sei. — Eadlyn se faz de confusa.

Maxon: Vocês já tiveram algo a mais que beijos?

Kile: Sim, tivemos abraços.

Eadlyn: Apertos de mãos. 

Maxon: Não se façam de engraçadinhos. Vocês sabem muito bem o que eu quero saber. — Eadlyn e eu nos encaramos, fingindo estar confusos. — Vocês já tiveram relações intimas? — Pergunta corando. 

Eadlyn: Não! — Mente.

Maxon: Eadlyn, não minta para mim. 

Eadlyn: Não sei porquê você está perguntando se está claro que sim, nós já fizemos sexo. — O rosto do senhor Schreave, fica uma mistura de emoções. Ele leva as mãos até o coração.

Maxon: Meu Deus! Chama o Doutora Yang, acho que eu estou tendo um ataque cardíaco. — Ele diz gaguejando, se sentando numa poltrona que estava próxima a ele. 

Kile: Eadlyn, o coração do seu pai já está numa idade avançada. Você deveria falar que nós já fizemos sexo de uma maneira delicada!

Maxon: Além de tirar a inocência da minha filhinha, ainda me chama de velho. Agora que eu te mato mesmo garoto! — Olho para o rosto do Senhor Schreave, agora eu podia identificar nitidamente a expressão de ódio. Antes que minha cabeça pudesse raciocinar minhas pernas já corriam descendo pela escada. 

Kile: Mãe socorro! — Grito correndo em direção a minha mãe. Agarro ela e não solto por nada.

Marlee: O que você fez agora, Kile? — Minha mãe pergunta impaciente. 

Kile: Nada de mais, apenas Eadlyn e eu fizemos aquilo...

Marlee: Aquilo o quê? — Não dá tempo de responder, Maxon aparece gritando na escada.

Maxon: Eu não acredito que você desonrou a minha filhinha! — Todos arregalam os olhos.

America: Vocês fizeram sexo?

Maxon: Eu te mato!! — Maxon desce as escadas em vem em minha direção.

Kile: Mãe, me socorre!

America: Maxon, acalma! — America segura o marido pelo braço e faz ele sentar em uma poltrona. — Eadlyn, isso é verdade? — Pergunta a filha, que havia chegado até a sala. — Vocês não se odeiam?

Eadlyn: Sim.

America: Sim, o quê?

Eadlyn: Sim para os dois. Nós não se odiamos e sim, já fizemos...

America: Eu não acredito, vocês enganaram nós...

Eadlyn: Sim, fizemos a mesma coisa que vocês fizeram com nós. Mentimos para vocês.

Carter: Desde quando vocês não se odeiam?

Kile: Nós nunca se odiamos, no começo tentamos, mas não conseguimos. 

Maxon: Faz quanto tempo que vocês começaram a fazer.... vocês sabem o quê. — Maxon tinha um problema em falar a palavra sexo.

Eadlyn: Há pouco tempo.

Maxon: Eadlyn, se vocês não se odiavam desde o principio, está claro que vocês já fazem isso desde o começo.

Kile: É verdade, só a poucos dias começamos a ter relações mais intimas. Quando íamos ter pela primeira vez, o senhor fez o favor de ligar e empacar tudo. 

Maxon: Garoto, você está brincado com fogo! 

Kile: Eu? Eu nem falei a palavra sexo!

Maxon: Agora eu te mato! — Ameaça se levantando.

Kile: Mãeee. — Grudo novamente no pescoço da minha mãe. America senta novamente o Maxon na poltrona. — Calma, Sogrão!

Carter: Kile! — Meu pai me repreende. 

America: Eu ainda não acredito que vocês engaram nós. Estava claro que vocês não se odiavam. O jeito que o Kile olha para Eadlyn o tempo todo. A forma que eles dançam ou a forma que ele proteja ela o tempo todo. — Iria perguntar quando eles repararam nisso, mas vejo Eadlyn correndo para um corredor, corro atrás dela. Ela entra no banheiro e fecha a porta.

Kile: Eadlyn, o que foi? — Ela não me responde, parecia estar vomitando. — Eadlyn, me responde. Você está bem? Se você não destrancar essa porta, juro que a arrombarei. — Ela destranca a porta, seu rosto estava pálido, ela tinha uma escova de dentes na boca e escovava os dentes. — Minha linda, você está bem? 

Eadlyn: Aquela comida não me caiu bem, tinha muito tempero. — Esclarece enxaguando a boca. 

Kile: Ahh... — Espero ela terminar de enxaguar a boca, até que um pensamento invade minha cabeça. — Meu Deus! Eadlyn! Eadlyn, nós não usamos preservativo. Eadlyn eu vou ser pai!

Eadlyn: Não Kile, você não vai ser pai! — Afirma de dentro do banheiro, eu estava esperando ela ao lado de fora.

Kile: Sim Eadlyn, eu vou ser pai! — Afirmo. Meu Deus, eu pai, um neném, um mini Kile ou Eady. Meu Deus!

Maxon: O quê? — Grita Maxon aparecendo no corredor. Meu Deus, eu estou morto.


Notas Finais


E agora? Será que ela está grávida mesmo?

Não tirem conclusões precipitadas...

🎶“Além do horizonte existe um lugar, lindo e tranquilo pra gente se amar"🎶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...