História Tabuleiro Ouija - BTS+Horror - [Vkook] - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts+horror, Espírito, Namjin, Vkook, Yoonmin
Visualizações 164
Palavras 939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá!
Eu falei que esse capítulo provavelmente sairia na segunda ou na quarta, não foi?
Então senta aí que eu vou explicar.
Bom, não sei o que que está me acontecendo esses dias, a minha imaginação e criatividade tá voltando, e vamos combinar isso é bom!
Então, significa que talvez segunda não sai um capítulo :C
Mais como eu disse "TALVEZ" eu não sei como eu vou estar até lá
então vou jogar minhas cartas agora u.U
Boa leitura !! E tenha nightmares!! Mentira tenha sonhos bons <33

Capítulo 3 - Chapter 2


Todos esperavam Hoseok com seu notebook, menos Jimin, que tentava a todo custo manter a calma.

- Ah graças a Deus Hoseok, vem vamos logo com isso! - Exclama Jeon quando Hoseok aparece na sala com seu note em mãos.

Ele se senta no meio do sofá e coloca o aparelho na mesinha de centro, o aparelho já estava ligado; menos mal. Pensara Jeongguk.

- Essa é a foto dele, até que 'pra um espírito ele não ta nada mal. - Diz Hoseok apontando para a foto na tela de seu aparelho.

- É, ele é bem bonito! Mais, você não disse que encontrou reportagem e tal? - Pergunta Jeon curioso.

- Ah sim... - Hoseok abre o histórico de navegações em seu notebook indo direto para um blog, que continha uma reportagem antiga.

"O jovem Taehyung é encontrado morto."

Vizinhos relatam ter escutado vários gritos vindo da casa do Sr. Seokjin, perícias indicam que o jovem foi encontrado morto, há relatos e pesquisas que comprovam que o jovem de apenas 16 anos foi morto enforcado, Kim Seokjin, o pai do rapaz foi encontrado desacordado no chão da sala, mas o que mais assustou todos foi o incêndio depois das possíveis mortes.

Policiais acharam Seokjin vivo, mais o mesmo parecia atordoado demais e foi levado para o hospital, já o seu filho Kim Taehyung foi morto, por queimaduras de 3°.

Ninguém sabe explicar ao certo o que aconteceu com o garoto, policiais acreditam que o próprio pai  havia o matado, mais nada foi comprovado. 

                                                              - Jornal 2008, 15 de julho.

- Eu li uma que o dizia que o pai de Taehyung não quis dar entrevista, talvez estivesse escondendo algo. - Fala Hoseok encarando os amigos.

- Talvez Taehyung havia jogado o jogo, é a única explicação para a morte dele, e além do mais ele não estaria preso no meu tabuleiro caso contrário. - Agora fora a vez de Jeon em falar.

- Isso é verdade, mais e aí, ele morava aqui em Busan? - Pergunta Yoongi encarando Hoseok.

- Bom, parece que ele morava em uma casa perto da casa de Lisa, aquela loirinha que estudava com a gente na faculdade, mais parece que trancou, por motivos de sei lá o que... - Indaga Hoseok fechando a tela de seu computador.

- Bom, e se nós fossemos lá, só 'pra dar uma investigada. - Começa Jeon. - Talvez possamos achar algo sobre o paradeiro de Seokjin. - Guk fala fazendo todos ali presente arregalarem os olhos, principalmente Jimin.

- Nem pensar! Você está louco, mal sabemos se mora alguém lá, não seja ridículo Kookie, além do mais, por que esse interesse nesse 'espírito' agora? - Pergunta Hoseok indignado.

- Pensem comigo, talvez esse garoto não morreu por um acaso, talvez aconteceu algo a mais, ou vocês acham que a polícia fez tudo o que dava, a fala sério, se vocês não forem comigo, eu posso muito bem ir sozinho. - Profere Jungkook irritado.

- Eu vou! - Fala Yoongi - Aoh! - Reclama o esverdeado ao receber uma cotovelada do namorado. - Pensa bem gente, Kookie tem razão, aliás, não temos nada a perder, até podemos ajudar, naquele tempo não tinha tantos recursos igual agora. - Tenta explicar Yoongi.

- Ta bom! Eu vou também... E você Jiminnie? - Pergunta Hoseok ao amigo que bufa em frustração.

- Okay! Mais se a coisa ficar feia, não diz que eu não avisei. - Informa Jimin cruzando os braços.

- Então está decidido... Bom, quando eu chegar em casa mando mensagem para vocês, falando o que será necessário 'pra nossa "investigação". - Gesticula Jeon animadamente.

- Bom, então vamos Kookie, eu e Yoongi levamos você 'pra casa. - Fala Jimin sugestivo.

- Okay, tchau Hobi! Até amanhã. - Jeon se despede dando um beijo na bochecha do amigo, que por segundos fica corado.

                                                                                [...]

Jeon já estava em sua cama quentinha, agradecia aos deuses por esse momento de descanso, mais por um motivo ele não conseguia dormir, os seus pensamentos voltavam para a foto do espírito, ele achou aquele garoto muito bonito.

- Merda Jeon! - Exclama, ao perceber que estava ansioso para a tal "investigação" que iriam fazer, eles já haviam combinado tudo o que iriam fazer e levar.

Jeon desligou o abajur e deitou sua cabeça no travesseiro macio e aconchegante, lentamente seus problemas foram sumindo, e sua cabeça foi esvaziando aos poucos, suas pálpebras ficavam cada vez mais pesadas, e acabaram fechando em um sono profundo.

- Socorro Jeon!.... Me ajude.

Jungkook levantou assustado e suando frio, ele havia escutado algo, uma voz grossa suplicando por sua ajuda, a voz era suave, porém grossa, o que fez levar a sugestão de que era a voz de um menino.

Jeon suspirou e olhou em seu despertador, era 02:45 ele se levantou e calçou suas pantufas, e foi para sua cozinha, abriu a geladeira e pegou a jarra de água, colocou o conteúdo no copo, e o bebeu.

TRACK! 

Um estrondo pode ser ouvido por Jeon, que pelo susto deixou cair no chão seu copo.

O barulho havia vindo do seu porão.

- Merda! - Exclamou indo até lá, ele acendeu a luz do local, e viu que não tinha nada caído ou quebrado no local, até ele olhar pro chão e avistar seu tabuleiro jogado no mesmo.

Estranho, eu guardei essa merda!

Jeon pensara, suspirou e pegou o tabuleiro em mãos, e o guardou de volta no seu respectivo lugar.

Ele desligou a luz e saiu do local, indo para seu quarto, naquela noite não conseguira dormir tão bem, pois escutava barulhos e sussurros o chamando.

 

 

 

Continua...


Notas Finais


Então, já criaram teorias?
Ou é muito cedo?
Gostaram, comentem!
Se tu não sabe o que comentar, ou comenta um simples "oi" que eu respondo, ou se tu quiser comentar qualquer coisa aleatória também <33
Eu não conto números e sim leitores <33
AH apenas dois capítulos e já tem 24 fav's vocês são incríveis, a cada dia vem crescendo <33 Obrigada, vcs me fazem feliz !! <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...