História TAEGI - Aprendendo a Amar - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga, V
Tags Taegi Vsuga
Visualizações 92
Palavras 2.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Rerou, Rerou! Tell me What you want right now!

Vou logo avisando que vocês vão ler muito "Hyung" nesse cap.

Gente, antes de começar queria explicar um pouco sobre o Chae Yung, não sobre quem é ele na fic, mas sim sobre aparência e tudo mais. E não, ele não é nenhum K-idol, até onde eu sei, ele só existe nessa fic.

Chae Yung: 23 anos, 1,78 de altura, 68 kg. Ele é loiro e seu corte de cabelo é um topete, sim ele é coreano, tem olhos castanhos e gosta de azul. Então a maioria das vezes que ele aparecer imaginem ele usando alguma peça de roupa azul.

E vocês vão ler muito "Aish e Aigoo" também, por que essas palavras grudaram no meu cérebro , SOCORRO!. Aigoo é o mesmo que Aish.

Gente, eu sei que nessa altura do campeonato ja é tarde prafalar, pois vocês já devem er percebido, mas enfim, sempre que aparecer o texto/frase em negrito com itálico e entre aspas é porque é um pensamento do personagem independente se é na visão dele ou não.

BEEEEEM, BOA LEITURA TE VEJO LA EMBAIXO!

Capítulo 20 - Meu Hyung.


Fanfic / Fanfiction TAEGI - Aprendendo a Amar - Capítulo 20 - Meu Hyung.

[Taehyung On]


SG: Voltou... Por que? – Estava confuso.

V: Ah, não... Só fiquei surpreso, não esperava que ele fosse voltar... Tão cedo. – Tomei meu suco em um gole.

SG: Então você conhece ele?

V: Conheço. “Infelizmente” .

SG: Eu achei ele super gente boa, ele me ajudou bastante. – Franzi as sobrancelhas.

V: Ah, é? Que legal...

SG: Sim! Aish, vou ir dormir. To com soninho, boa noite TaeTae. – Bagunçou meus cabelos.

V: Boa noite, já vou dormir também. 


   Suga subiu para seu quarto, um pouco depois subi também. Me joguei na cama e bufei pensativo.


“ É sério? Por que agora Chae Yung? Você não vai nos deixar em paz? ”


   Eu fiquei um tempo acordando virando de um lado pra o outro até finalmente pegar no sono.

.

.

.


[Yoongi On] 

 


   Já era quase hora de irmos para a faculdade e nada do Tae acordar. Então fui até até quarto, ele estava dormir todo embolado nos cobertores.

SG: Aigoo... Tae acorda nós vamos nos atrasar. – Ele apenas resmungou e virou pra o outro lado. Taehyung!

V: Aish, Hyung não quero ir hoje... Não to me sentindo bem.

SG: Aham, sei... – Ele se cobriu. Taehyung levanta! – Comecei um cabo de guerra com a coberta conta ele, mas ele acabou puxando-a junto comigo. 

V: Meu Hyung é tão fofinho. – Me enrolou na coberta e me abraçou. Meu hyung é um rocambole!

SG: Aish, eu sei que sou fofo, mas nós temos que ir! – Falei e ele fez bico, me abraçando mais forte.

V: Antes, eu era o bebê, agora sou eu quem tenho que cuidar do bebê Suga. “Não que eu sempre fosse o bebê, se é que vocês me entendem, mas o Sugaxi vivia me mimando.”

SG: kkk então, antes era eu quem ficava te bajulando? – Ele assentiu que sim. Mas, agora sou eu quem sou o bebê? – assentiu novamente. Huuuum, sinto que você só ta enrolando pra não ir pra faculdade. – Me debati saindo das cobertas. Vamos, vamos, e rápido por que estamos atrasados!!! 

V: Aish! Ta bom! – Se levantou indo pro banheiro. Nunca vi tanta ansiedade pra ir pra faculdade. 

.

.

.


[Taehyung On] 


    Yoongi foi para sua sala, eu segui andando pelos corredores, afinal minha aula vai demorar um pouco para começar.

    Estava caminhando para a cafeteria quando sem querer esbarro com alguém, e infelizmente esse alguém era Chae Yung.


CY: Hum? Eai, Tae? – Sorriu sarcástico. Tudo bem?

V: Ah, oi Yung. To ótimo e você? – Sorri sem mostrar os dentes, também sarcástico.

CY: Melhor impossível! E como vai Yoongi? – Meu sorriso desapareceu dando lugar a um semblante sério. Sabe, um amigo me contou que ele não se lembrar mais de nada, é uma pena não?

V: Chae Yung, fique longe do Yoongi. Ou eu... – apertei as mãos em pulso.

CY:  Ou o que? Vai me bater? E ai como vai explicar pra ele sem dizer a verdade? – Eu estava desolado. Vai simplesmente bater no amigo dele por bater?

V: Você é tão sínico. 

CY: Sínico, eu? Nãoo. Eu só vim lutar pelo que é meu...– Se aproximou de mim.

V: Seu!? Você está maluco!? – O encarei.

CY: Sim, meu. – Ele me encarou sério. Antes o Yoongi só tinha olhos pra você, ou seja, eu não tinha chance nenhuma. Você era uma pedra no meu caminho, aquele amor cego que ele tinha por você... – Cerrou os dentes. Mas agora, Tae, ele não me parece nem um pouco interessando em você. – Meu corpo tremeu, mas me mantive firme. Pelo que eu entendi, você nem falou pra ele que namoram, ops, namoravam. Que pena que teve que cancelar o casamento. – Sorriu sínico.

V: Você é um filho da puta! Se você acha que eu vou entrega-lo de mão beijada pra você, você está muito enganado! – Ele se distanciou. Ele não ama você!

CY: Ha! Eu sei que não vai Taehyung. Mas sabe, agora eu tenho pelo menos uma chance, já que... ele também não ama você, não é mesmo? – Senti pontada pontada no coração que fez meu corpo gelar.

V: . . . – Respirei fundo e mantive minha postura. Ah? Posso garantir que ele gosta mais de mim do que de você.– Dei um sorriso sarcástico. Afinal, ainda é comigo que ele vive, e é pra mim que ele faz marmita pra trazer pro trabalho. O Suga cozinha tão bem né? Ah é, você nunca provou a comida dele. – Vi seu sorriso desaparecer.

CY: Vamos ver, por quanto tempo... – Ele se virou para ir embora. E Tae, entenda, não vou deixa que você fique com ele. Por que você sabe, eu tenho chances. Você nem ao menos pode contar pra ele a verdade, já que isso poderia afetar a saúde dele, não é? Pobre do Suguinha... – Ele riu.

V: “ Maldito! ” – Eu estava transpirando raiva. Você não se cansa de se iludir? Você sabe que ele nunca te amou. Por que acha que ele te amaria agora!?

CY: Por que você mesmo não responde essas perguntas Taehyung? – Falou rindo enquanto mexia no celular. Afinal, a carapuça também te serve.


    Aquelas palavras me afetaram, querendo ou não, eu também não estava em uma situação muito boa.


CY: Que tal? – Me mostrou o papel de parede de seu celular, que era um foto dele e de Yoongi tirada recentemente. Bem, agora eu tenho que ir cuidar do meu Hyung, até mais Kim Taehyung.


   A imagem de Yung sumiu corredor afora. Eu fiquei parado no mesmo lugar.

   Comecei a sentir meu corpo bambalear, e minha mente rodar.


[Autora On]


   Taehyung desmaiou no corredor, logo algumas pessoas que estavam por perto o levaram pra a enfermaria.

   Enquanto isso Chae Yung seguia para sua sala a passou largos e pisadas fortes de raiva, se esbarrando em qualquer um que estava a sua frente.


CY: Saí da frente! 

??: Oxi, cara! ... Chae Yung? O que faz aqui?

CY: Ah, é você Namjoon.– Sorriu sínico. Como o que? Eu vim atrás do que é meu.

RM: . . . Chae Yung, nem pense em–

CY: Ah, Kim Namjoon, cala a boca você também! Não basta aquele idiota do Taehyung! – Saiu.

RM: Que ótimo, esse cara voltou... Cadê o Tae?


    Rap mon foi até a enfermaria, pois soube por um de seus amigos que Tae estava lá.

    Quando chegou Taehyung já tinha acordado.


RM: Tae! Tá tudo bem com você? O que ouve.

V: Sim, estou melhor. Eu só fiquei gripado e com febre, mas já me deram remédio.

RM: Aigoo, que susto. Como você não percebeu que estava com febre?

V: Aish, por que antes era Yoongi que cuidava disso pra mim. Mas agora sou eu quem tem que cuidar dele. – Fez bico. Bem, mas eu percebi que tinha algo de errado, porém ignorei.

RM: Aigoo, Tae. Que dependência. – Riu. Mas mudando de assunto, você viu que Chae Yung voltou?

V: Infelizmente eu o encontrei hoje de manhã. – Cruzou os braços. Não acredito que ele teve a audácia de voltar aqui!

RM: Esse cara...– Bufou sentando-se ao lado de V.

V: Se já não me bastasse a professorinha, agora isso. – Passou a mão no rosto.

RM: Ah, os meninos me falaram que o Suga deu pra pagar de Hétero.

V: Pois é...

 


[Taehyung On]


   O motivo pra que eu odeie tanto Yung? É algo que vem de anos, desde quando eu o conheci.

 


***Flashback On***

 


   Eu estava animado, era meu primeiro dia na faculdade e meu amado hyung, também meu namorado, iria me apresentar a alguns amigos e me mostrar a faculdade.


V: Wow! É tão grande! Ei, ei hyung é bem maior que a escola, não é? – Sorria pra tudo que via.

SG: Aish, claro pirralho. Isso é uma universidade. – Revirou os olhos. Me explica por que eu sou o passivo dessa relação? – Riu.

V: Se você quiser me levar a um lugar mais reservado daqui, eu te lembro o porque. – Sussurrei em seu ouvido e coloquei as mãos em sua cintura.

SG: Taehyung! – Deu um tapa em meu braço.


   Estava tudo indo muito bem comigo e com Sugaxi, eu estava gostando de tudo e conhecendo novas pessoas. Até que ele chegou, Chae Yung.


CY: Yoongi Hyung! – O loiro chegou quase se jogando em cima de Suga.

V: . . . – Franzi o cenho.

SG: Aigoo, sai de cima, Yung. – Falou o empurrando. agora sim, Oi Yung.

CY: Oi Hyung! – Sorriu.

V: É, oi. 

CY: E você, quem é?

SG: Esse é meu namorado, Kim Taehyung. – Ele sorriu me fazendo sorrir também. Mas enquanto isso o tal de Chae Yung, fechou a cara. É o primeiro ano dele.

CY: Oh, então é ele seu namorado. Bem vindo. – Nunca ouvi um bem vindo mais falso.

V: Sim, sou eu. E obrigado. – O encarei, e sorri falsamente, ele apenas deu  sorriso rápido e voltou a encarar meu Hyung.

CY: Hyung, vamos pra sala! – Sorriu.

SG: Oh, sim. Pode ir na frente, vou levar o TaeTae na sala dele e já vou. – Eu passei meu braço pelo pescoço de Sugaxi e sorri vitorioso.

CY: Ok... – Parecia querer me fuzilar.


[ . . . ]
 


V: Eu não gostei dele. – Inflei as bochechas.

SG: Por que? – Olhou confuso.

V: Aish, hyung. Você é muito lerdo. 

SG: Ué, porque!?

V: Aigoo! – Virei Yoongi rapidamente o encostando na parede. E logo selei nossos lábios, pedi passagem com a língua e, óbvio, ele cedeu. Fui um beijo calmo, mas com desejo. Logo depois desci para seu pescoço deixando ali um marca. – Só pra deixar bem claro que você é o meu Hyung. – Sorri. 

SG: Nunca, disse o contrário. – Sussurrou no meu ouvido. Agora vamos! – Me empurrou e saiu andando.


   Mas as coisas não pararam por ai, depois que conheci aquele Chae Yung ele não me deixava mas em paz com Yoongi.

   Todo vez que nos encontrávamos era como uma disputa de quem era o preferido do Suga, é claro que eu sempre saia vitorioso.

   Porém eu odiava aquele olhar de desejo em cima de Yoongi toda vez que nos encontrávamos, as provocações se ciúmes de Yung estavam me tirando do sério.  Até que um dia o foi a gota da água para mim e provavelmente para ele, pois o mesmo já havia me falado que odiava me ver perto de Yoongi. 

   Nós brigamos, brigamos feio. Quase quebramos a cafeteria toda, teríamos quebrado  se Yoongi e os meninos não tivessem chegado.


RM: TAE! PARA! – Me segurou.

JK: VOCÊ TAMBÉM CHAE YUNG! – segurou Yung.

SG: O QUE VOCÊS PENSAM QUE ESTÃO FAZENDO IDIOTAS!?

V: ME LARGA NAMJOON-HYUNG! – Tentava sair do braços dele.

CY: DESGRAÇADO! ME SOLTA! 


   Chae conseguiu sair dos braços de kook e me acertou novamente, me fazendo cair no chão. Ele teria vindo pra cima de mim de novo se kook junto de Jimin, desda vez, não o tivessem segurado.


SG: TAE! – Suga correu para ver se eu não havia me machucado mais, e me ajudou a levantar. Tá tudo bem!?  – Pude ver o olhar de derrotado de Yung. O mesmo estava quase corando.

V: Eu estou bem,Hyung. Não se preocupe. – Limpei meu rosto. Não foi nada de mais.– Suga apertou minha mão e me abraçou.


   Chae levantou e saiu correndo corredor a fora. Ele não apareceu mais na faculdade por um tempo, depois nós descobrimos que ele havia mudado de universidade.

 


***Flashback off***

 


   Eu e Namjoon saímos da enfermaria, fomos até a cafeteria e encontramos Suga, Kook e Jiminie sentados em uma mesa.

    Pelo visto eles já tiveram o primeiro horário, e namjoon perdeu o dele e eu estou matando aula.

   Nós nos sentamos com eles, fiquei de frente com Yoon.


SG: Que feio, Tae e Namjoon, matando aula, tsc. – Brincou.

V: Ei! Eu estava na enfermaria.

RM: E eu estava com ele!

SG: Sério? Você está bem Tae? – Virava minha cabeça de um lado pra o outro.

V: Agora sim.

JM/JK: O que você teve?

V: Só estava com febre, e desmaiei. – Dei de ombros.

RM/SG/JK/JM: SÓ !?

V: Ah, relaxem, Kkk to melhor.


   Eu e Namjoon pedimos algo para comer também.


RM: Sobre o que estavam conversando?

JK: Yoongi, disse que é um ativão da porra. – Tomou um gole de sua coca-cola, enquanto eu quase engasguei com meu chá.


   Rap mon olhou pra mim confuso, e logo depois recebi um mensagem do mesmo: "Tae, você é/era o passivo?" eu apenas neguei com a cabeça indignado.


SG: Ué, claro que sou. Nunca vi nenhuma garota reclamar. – Todos olhamos com uma cara tipo "Wtf!?"

JM: Claro que não viu, você não lembra de nada, né migo.


   A conversa estava pegando um rumo muito esquisito.


SG: Aish, por falar nisso é tão bom ouvir um "Ooppaaa", não é Tae? – Ele realmente me perguntou sério.


   Todos estavam olhando pra mim incrédulos com as bocas abertas.


RM: Ah, Yoongi...

JM: Acho que você ta meio, neh... – Jimin fez sinal de maluco para Yoongi.

SG: Oxi, por que?

V: O que eles querem dizer Suga é que eu prefiro, vamos dizer, um "Hyuuung!" – Foi a vez de Suga olhar de boca aberta.

SG: Omg! Você também é gay!?

JK: Tava meio óbvio né, migo. 

SG: Eu nem desconfiava! – Não aguentei e comecei a rir, não sabia se era pela cara dele ou se era de nervoso.


.

.

.

 


[Yoongi On]

 


   Eu e Taehyung estavamos  em casa assistindo um filme.

   Não sei por que mas agora eu to desconfiado do Tae, Será que ele gosta de alguém? Por que as vezes sinto que ele está tão carente... Estou me sentindo estranho em relação a isso. Antes não tinha parado pra observar essa carência, porque eu achava que ele era hétero mas nunca o vi de conversinha com nenhuma garota, ou algo do tipo.


V: Hyung, você quer alguma coisa pra beber? – Perguntou da geladeira.

SG: Huhum! – Agia discretamente. Leite! “Espera, que?” – nem eu sabia o por que de ter pedido isso.

V: Leite? Ta bom né. – ele voltou e se sentou ao meu lado. Eu o encarava discretamente. Hyung? Ta tudo bem? Você não para de me encarar, tem algo no meu rosto? – Passou a mãos nas bochechas.

SG: Ah não, não é isso... – Ele deu de ombros e se encostou no sofá. AAAAH, TAE PRECISO TE PERGUNTAR!

V: O que, Hyung!? – Me olhou assutado e confuso.

SG: VOCÊ ESTÁ APAIXONADO POR ALGUÉM!? – Tae se engasgou com o leite que também tomava, eu bati em suas costas para que ele voltasse ao normal.

V: Por que isso de Repente, hyung!? 

SG: POR QUE SIM! RESPONDE!

V: A-ah... – Ele travou.

SG: Responde logo!

V: . . . Estou. . . Assim, muito apaixonado. 

SG: POR QUEM!? ME FALA!

V: A-AH NEM PENSAR!

SG: POR QUE!?

V: POR QUE NÃO! – Ele respirou fundo. Na verdade, eu já te falei quem é a pessoa que eu gosto, mas você infelizmente esqueceu. – Sorriu triste.

SG: A-ah, entendo... – Meu coração doeu por não lembrar. E ela sabe que você gosta dela?

V: . . .No momento não.

SG: Então, você Promete pra mim que vai se confessar pra essa pessoa, e depois vai me contar, novamente, quem é ela. Promete? – Falei esticando meu mindinho para ele.

V: Eu... Eu prometo, hyung. Prometo que irei me confessar quando tiver coragem, e prometo que te contarei quem é. – Ele sorriu, esticou o dedinho e nós cruzamos os mindinhos.

SG: Feito! “ Quem será a pessoa pela qual Ele está apaixonada? Será que eu conheço ela!?” – Sorri.


Notas Finais


MDS O QUE TEVE DE SORRISO SARCÁSTICO

Teve flashback, quanto tempo que não tínhamos um, não?

Aí man, tivemos um pouquinho do velho açúcar, eu estava morrendo de saudades dele e de escrever pensando no velho Sugaxi. S2.

Gente, escrevi "Audácia" na fic chorando, Um minuto de silêncio para WTF BANGTAN... Ai meu kokoro, sabia que eu acertei que quem beijou o Yoongi foi o Kook? Pois é vou mudar meu nome para, Laura Holmes! Stop, Stop Laura, já faz muito tempo isso, vamo só sentar e chorar armyguinhos. “TEVE YOONKOOK SZ”.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...