História Taehyung ~O matador em série - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Morte
Visualizações 31
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drabble, Drama (Tragédia), Hentai, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Você Já pensou o tão horrível é a mente de um serial killer? 

Já pensou porque ele faz isso? Prazer...talvez amor..?

Vou contar a história de um serial killer que se apaixonou por uma garota...isso mudaria alguma coisa? Talvez não...dizem que seriais killer não amam...Mas será que é verdade? Vou contar uma história de um serial killer que se apaixonou, ele realmente existiu e existe até hoje mas foi condenado a prisão perpétua.

Bom eu espero que todo vocês que lerem gostem porque eu estudei muito pra fazer uma fanfic sobre seriais killer

E só um pedido desculpem se vocês se assustarem...quis mostrar um pouco da vida de um serial killer pra vocês 

       

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Taehyung ~O matador em série - Capítulo 1 - Prologue

-Porque você faz isso...? -exclamou a garota enquanto lágrimas tomavam conta do seu vocabulário


-Muitas pessoas me fizeram mal...Porque não fazer também -Falo sarcástico piscando algumas vezes


-Espera...você...você é o Kim Taehyung -Ela falou ficando apavorada


-Como você sabe..? -falei olhando em volta


-O-o garoto que destruiu o orfanato...-Suas mãos estavam bem presas oque faziam gotas de sangue cair sobre seu lindo cabelo sedoso


-ERA PRA MIM TER ACABADO COM VOCÊS TODOS...PORQUE VOCÊ NÃO MORREU...A CULPA FOI SUA POR NÃO ME AMAR -Começo a ficar nervoso, coloco a mão na cabeça com os olhos cheios água chorando de raiva...enquanto meus olhos piscavam rápido e frequentes


-Porque você não para com isso...? -Falou a garota enquanto soluçava


-é tão bom...você não faz ideia de quanto matar as pessoas é bom -A olho com um olhar psicótico


Pego uma faca e me aproximo sentando em sua frente


-NÃO...ALGUÉM ME TIRA DAQUI -a garota gritou tentando se soltar


-Ninguém irá ouvi-lá...-Alisei a faca por seu rosto todo, podia ver o ar de medo da menor, corto uma parte da sua pele arrancando a mesma e colocando no chão


A garota gritou enquanto se contorcia de dor


-Grite mais alto...-Falei encostando meu rosto por todo o seu e limpando o sangue com minha língua, Alisava os cabelos da mesma


-Sabia que eu faço coleção...-Exclamei me levantando, a mesma estava suando e com muita dor pudia sentir aquilo era prazeroso, havia uma cortina tapando umas prateleiras


-Eu cuido muito bem...mas falta uma coisa pra minha coleção ficar completa -Rapidamente abri a cortina mostrando várias prateleiras com pés de garotas com o sangue já podre


-AAAAH -Ela estava com a boca tapada e começou a gritar encolhendo seus pés


-Falta um viu -Falei apontando para as prateleiras onde tinha um espaço em branco sorri de canto e me aproximei dela pegando seu pé com força e alisando o mesmo em meu rosto


-Hum...tão lindo -Falei enquanto sentia seu pé em meu rosto, tirei o negócio que a impedia de falar


-SEU MONSTRO -Falou a garota chorando enquanto seu rosto estava completamente vermelho


-eu amo tanto você -Falei enquanto passava a língua em todo o sangue que havia em seu rosto


-se amasse não M-me faria sofrer -falou ela com dificuldade


-Você é o monstro...PORQUE NÃO EU? EU AMO TANTO VOCÊ...PORQUE AQUELEAS GAROTOS IDIOTAS E NÃO EU? ME FALA -Falei arrancando a roupa dela deixando ela só de peças íntimas


-Você é doente -Falou ela enquanto tentava esconder seu corpo...


-Você é minha SN -Falei enquanto pegava uma tesoura e aponto para seu pé


-para por favor -A garota engoliu com dificuldade


-Me ame SN...por favor...me ame como eu a amo -Falei pegando e desenhando em seu pé com um coração com a tesoura dentro do pé da mesma


Ela gritava,seus gritos eram música para meus ouvidos...


-Grite amor -Logo terminei de desenhar em seu pé e peguei uma faca desenhando com a faca dentro da garota na volta de seu pé e corto o mesmo fora enquanto jorrava sangue por todo aquele lugar


A mesma arregala os olhos gritando de dor e respirando fundo, me levantei sorrindo de canto e liguei minha música favorita botando bem alto tapando seus gritos, ela estava desesperada gritava se contorcendo


-Quer vinho amor? -Peguei duas taças e coloquei na sua boca a mesma negava mas eu seguia colocando -Boa garota -Quando estava levantando ela mordeu minha mão -VADIA -Aquilo doeu muito me levantei e grudei a mão no balcão...peguei uma linha e agulha


-Vamos costurar minha boneca -Ela arregalou os olhos indo para trás mas suas costas bateram na parede...Me aproximei devagar e passei a linha na agulha


-Vai ser uma picadinha de mosquito...não vai doer nada -Logo coloquei nos lábios rosinhas da mesma e ela Berrava de dor, quando estava terminando alguém bate na porta


-Vou atender amor fique quietinha -sorriu e me levanto indo atender, Ela tenta gritar mas sua boca estava costurada


-Pode abaixar um pouco o som está muito alto -Um vizinho fala


Fechei a porta na cara dele voltando para perto de SN


-Looking gray in the rain As they stand disarrayed All the people look well in the dark And if you close the door, the night could last Forever -Cantando a música after hours de Velvet Underground


-Amor canta junto -Levantei as mãos pra cima sentindo a melodia, SN  urrava de dor...-Foi Com essa música que matei minha mãe...-Sorri de lado para a mesma, cortei o pé da mesma -Sabe seu pé é grande...tenho poucos pés grandes -Falei sorrindo e pegando Um pano e logo limpando o pé da mesma


-Uuuuhugg -A mesma tentava falar mas não dava


-Agora vamos para a sua sessão de foto que você queria -Abro um sorriso e levanto da cadeira que havia me sentado enquanto colocava o pé dela na prateleira


-Hoje será seu fim...amor



Continua ~


Notas Finais


Pessoas esse capítulo é o último resolvi começar pelo último nsnsns
Vou explicar nos proximos capítulos como eles se conheceram


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...