História Tag: We're a couple (Yoonseok) - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Appletastic

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Hoseok!top, Instagram, J-hope, Kpop, Namjin, Sope, Suga, Texting, Yaoi, Yoongi, Yoongi!bottom, Yoonseok, Youtube
Visualizações 112
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OPA
EAE? TUDO BOM COM VCS?

Esperamos que gostem da fanfic
Ah, essa é a Appletastic, ou Giih
Minha namorada <3
é a estreia/debut dela aq no spirit, ela só brotou pq eu obriguei
Beijocas~

Capítulo 1 - Vamos dar um corte


Fanfic / Fanfiction Tag: We're a couple (Yoonseok) - Capítulo 1 - Vamos dar um corte

― Ajeita essa merda direito, Hoseok!

 

― Estou ajeitando, hyung! ― Murmurou, enquanto fazia beicinho, mexendo na câmera até a mesma focar no rosto de ambos. ― Foi!

 

― Finalmente, né caralho?

 

― Vamos começar! Estou faminto.

 

― Um... Dois... Três... E.... Olá pessoas que nos acompanham! I’m your hope, I’m your angel, J-Hope!

 

― Olá, sou Min Suga. ― Foi direto, enquanto cruzava os braços.

 

― Só isso? Não tem mais nada para dizer?

 

― Min Suga, um gênio. ― Deu um pequeno sorriso, levemente convencido.

 

― E esse é Suga, meu namorado, ele é.... o Suga.

 

― Não existem palavras para me definir.

 

― Vamos voltar ao foco? Bem, hoje vamos trazer uma tag de casal! ― Deu seu típico sorriso, brilhante e refrescante. Yoongi pegou o celular, enquanto encostava as costas contra a parede, inquieto.

 

― Primeira pergunta. ― Falou, olhando para a câmera. ― Como se conheceram? Bem, foi até que uma história engraçada...

 

― Foi há três anos atrás... ― Imitou uma voz de velho, fazendo seu namorado rir e bater palmas. ― Brincadeiras á parte, eu conheci o hyung quando ele namorava meu melhor amigo.

 

― Eu achava que você me odiava.

 

― Sério? É impossível te odiar!

 

― Em resumo, eu namorava o melhor amigo dele, nos conhecemos e após terminar, continuamos em contato durante dois anos.

 

― Foi difícil para cacete te conquistar!

 

― Você me mandava cantadas e depois ria como se fosse brincadeira! Achei que estava zoando com minha cara. Próxima pergunta! ― Passou a mão em sua nuca. ― O que mais gosta nele?

 

― Eu! Eu primeiro! ― Batia palmas, animado igual uma criança ao entrar num parque de diversões. ― O sorriso, a pele, o cabelo, as bochechas vermel...

 

― Hobi! É só um! ― Falou alto, escondendo o rosto corado com as mãos.

 

― Owwnt! Meu hyung vermelho não é fofo? Parece um pãozinho! ― Abraçou de lado o namorado, enquanto ria.

 

― Pãozinho é o cacete! Vacilão morre cedo!

 

― Vacilão? Teu cu na minha mão!

 

― Teu cu é aeroporto e meu pau é avião.

 

― Nossa, hyung. ― Abaixou a cabeça, fingindo chorar.

 

― Aish, seu dramático.

 

― Hyung, você não me ama!

 

Suga segurou o rosto do namorado com ambas as mãos, beijando a testa do moreno.

 

― Satisfeito?

 

― Hyung... Acho que precisamos dar um corte...

 

― O quê? Por quê? ― Olhou para Hoseok, que agarrou a nuca do garoto de cabelos ruivos, puxando para um beijo calmo, porém intenso. O pálido agarrou a barra da camisa do maior, apertando com certa força. As línguas se entrelaçavam, as vezes o Jung puxava levemente os cabelos, somente para ouvir o outro gemer sôfrego.

Quando o ar fez falta, se afastou mordendo os lábios do mais velho, sugando em seguida.

 

― Entendi o porquê do corte... ― Falou baixo, com as bochechas rosadas.

 

Lentamente, Hoseok se aproximou do seu hyung, abraçando ele por trás.

 

Ambos estavam em pé, na parede branca e enfeitada com fotos tiradas pelo Min. O mais novo distribuiu beijos carinhosos pelo pescoço do outro, vendo o mesmo se arrepiar.

 

― Aquieta! Vamos continuar nessa porra.

 

Anteriormente nessa porra. ― Falou, vendo Yoongi rir pela referência da série de humor que ambos assistiam.

 

― Eu gosto bastante do sorriso dele. ― Falou, sentindo seu coração se aquecer com o contato carinhoso do namorado.

 

― Por que?

 

― Porque quando você sorri, meu mundo para e tudo fica colorido. ― Respondeu comprimindo os lábios, envergonhado.

 

― Aaah! Isso foi tão fofo! Vocês viram? Ele foi romântico! Vai chov... Ai!

 

Foi interrompido por um tapa em seu braço.

 

― Hyung, mesmo sendo pequeno e magrinho, você tem uma mão pesada...!

 

― Cala a boca. Voltando... O que menos gosta dele?

 

― Nadica!

 

― Mentiroso.

 

― Estou sendo sério, hyung.

 

Yoongi ficou em silêncio por alguns segundos.

 

― Suas palavras são as minhas. ― Após dizer isso, recebeu um beijo estalado na bochecha.

 

― Posso ler? Deixa, vai!

 

― Tá, tá.

 

― O que ele faz mais que te irrita?

 

― Eu odeio quando ele faz cócegas em mim.

 

― Mas é tão fofo ver você contorcendo embaixo de mim, enquanto fica rindo...

 

― Hobi!

 

― Sorry, hyung. Bem, eu acho que odeio quando o hyung fica mais no escritório dele do que comigo.

 

― Tenho trabalho para fazer!

 

― Tô’ nem ai! Você é apenas meu.

 

― Me dá essa porra, deixa eu ler. ― Yoongi tomou o celular de Hoseok, enquanto suspirava. ― Conte algo engraçado dos dois juntos.

 

― Que tal aquela história dos jogos dos ratos?

 

― Ah! Sim, sim, conta essa! ― Falou sorrindo, ao relembrar daqueles bons momentos.

 

― Bem, eu e o hyung estávamos caçando jogos para passar a tarde, ai encontramos de ratinhos que caçavam queijos. ― Apoiou o queixo contra o ombro do branquelo. ― Cada vez que o hyung perdia o queijo, ele berrava um palavrão.

 

― Não era minha culpa se o shamãn me matava, ou me chamavam de “noob”! ― Revirou os olhos, numa careta de descontentamento, fazendo Hope gargalhar.

 

― Vamos para o último! Quais seus planos para o futuro?

 

― Vamos ter dois cachorros. ― Disse direto.

 

― Nada de crianças? ― Soltou um muxoxo.

 

― Hobi, você sabe que eu não me dou bem com crianças.

 

― Certo... Bem, vamos estar com dois cachorros, e felizes.

 

― E velhos.

 

― Ah vá, sério? ― Hoseok revirou os olhos, num tom de sarcasmo.

 

― Fazer o quê, né? Se for para ser foda, eu nem levanto da cama.

 

 

― Se não for para te foder eu nem levanto da cama.

 

 

― Hoseok!!

 

 

― Beijocas! ― O mais alto falou rapidamente, desligando a câmera.

 

 

Min Yoongi e Jung Hoseok namoravam a mais ou menos um ano, e já moravam juntos. Ao completarem seis meses juntos, o mais novo deu a ideia de criarem um canal para contar a história do casal, e quem sabe matar um tempo.

 

Eles só não esperavam que se tornassem famosos em pouco tempo.

 

 

Com os palavrões, rosto pálido e olhos felinos, Yoongi, ou Min Suga, era quem fazia os fãs rirem com as patadas, e surtarem ao ver a fofura quando o menor reagia as caricias do namorado em frente a câmera.

O sorriso brilhante, que refrescava ao mais quente dos verões, junto das gargalhadas gostosas, Jung Hoseok, mais conhecido como J-Hope.

 

Hoseok era a esperança de Yoongi.

E Yoongi era a brisa gelada e refrescante que Hoseok precisava.

 

 

No meio da noite, Jung estava sentado na cadeira, enquanto encarava o monitor que estava num editor de vídeos. O quarto todo estava escuro, e em seu colo estava um Min sonolento, apoiando o rosto no pescoço do outro, de costas para o computador. Uma hora ou outra fungava, apenas para sentir o cheiro do perfume que tanto adorava do dongsaeng.

 

― Se continuar desse jeito, hyung, não irei me responsabilizar pelos atos.

 

E num sussurro com sua voz rouca, Yoongi respondeu:

 

Vamos dar um corte e ir para a cama.

 

 

Hoseok apenas sorriu, afastando a cadeira da mesa, enquanto apertava as coxas brancas do namorado, até jogar o mesmo contra a cama.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...