História Tagetto Akemi - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Tags Saki
Exibições 17
Palavras 1.321
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Luta, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Canibalismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii bundudinhos!Então depois de muiuito tempo sem escrever to de volta!Espero que gostem desse capítulo que está um tanto quanto longo hehe!S2

Boa leitura!

Capítulo 10 - A cerimônia.


Fanfic / Fanfiction Tagetto Akemi - Capítulo 10 - A cerimônia.

Eu estava tão cansada e ao mesmo tempo contente,que não o respondi;sem me lembrar de tudo que ele havia feito eu fui andando devagar em direção dele,apertei sua bochecha e depositei em seus lábios um selinho,subindo para meu quarto.
   Abri a porta de meu quarto e me deparei com tudo jogado,meu futon todo amassado,cheio de camisas pretas pelo chão,e nas paredes meu nome escrito várias vezes desse modo "あけみ" .
   -KANEKI QUE BAGUNÇA É ESSA?DÁ PRA ME EXPLICAR?
   -Oi oi...é...-disse ele subindo as escadas correndo,parando no ultimo degrau,sem palavras,tentou descer novamente.
   -NÃO OUSE! SOBE AQUI AGORA!
   -Me obrigue?-disse ele com um tom desafiador,dando um sorriso de lado.
   -AH MAS EU VOU MESMO! 
    Sai correndo em direção dele,disparada,ele correu descendo as escadas,o agarrei pela gola de sua camiseta,fazendo o cair sentado na escada.
    -Hm nada mal baixinha.-disse ele me puxando com seus dois carpos em sua direção.Acabei escorregando de boca no chão,agarrei sua cintura e descemos escorregando da escada.
   -HAHAHA FOI DIVERTIDO NÃO FOI?-disse Kaneki empolgado com um sorriso no rosto,que se desmazelou quando viu,que eu estava chorando de raiva e cansaço.
   -Não não foi Kaneki NÃO FOI!
    Me levantei rapidamente,chorando corri para o quarto e bati a porta com toda força quase rasgando-a(pois as portas e paredes internas do Japão são de uma espécie de papel,só que mais grosso).Juntei a bagunça do quarto,ja menos extressada,e dei de cara com o calendário,todo cheio de bolinhas no final do mês.Não dei bola e lentamente me joguei no futton,caindo no sono.
    -AKEMI AKEMIIIIIIIIII ACORDA TEM GENTE AQUI EM CASA!
    -que?quem Kaneki?oi?mas logo cedo-eu disse coçando meu olho com meu carpo cerrado esquerdo.
   -Vai levanta menina!Tá lá no quarto da sua mãe!
     Me levantei com meus cabelos em meu rosto,todos grudados,abri a porta do quarto e adivinha?Parecia que Kaneki tinha virado um furacão e bagunçado toda a casa,vaso de porcelana quebrado no chão roupas da dona Rize pro chão TUDO bagunçado e caido.Mas não foi ele.Entrei no quarto da minha mãe e Christie estava deitada na cama vermelha e preta de minha mãe ,nua,mas coberta por uma fina manta de seda branca.
    -Ah Akemi!Estava te esperando?Esse ai é o seu amorzinho?
    -AH!KANEKI!-eu disse logo tapando os olhos do mesmo com ambos de meus carpos,para o mesmo não ver tamanho desaforo.-NÃO OLHE!
   -O que foi Akemi?Deixe ele ver boba!Eu não tenho uma estria ou celulite se quer!HAHAHA!-disse ela,rindo ironicamente.
   -O que está acontecendo ai Akemi?-disse Kaneki passando seu carpo em minha cintura,me puxando contra seu corpo.-Tudo bem aí?
  -Tudo sob controle...
  -Kanekizinho?-disse Christie,logo aparecendo de roupas intimas e um roupão de seda atrás dele,mas quando eu olhei para ela,era um rosto familiar,cabelos castanhos longos HINAMI!-Não me reconhece?Sou eu Hinamizinha!Sua namorada lembra?
 -Namorada...-eu disse me soltando de Kaneki com força.-NAMORADA?
 -SE TOCA AKEMI!A CHRISTIE É ILUSIONISTA!ELA QUER TE DESTRUIR ESSE É O TRUQUE DELA!
 -MAS COMO ELA SABE DISSO SEU RIDÍCULO?E TODO ESSE TEMPO E POR TUDO QUE EU VI VOCÊS ESTAVAM NAMORANDO!OLHA QUER SABER HOJE TEM A 1ª CERIMÔNIA EU VOU PRO SALÃO ATÉ MAIS TARDE.
 -Não espera...-ele me puxou contra seu corpo tentando me beijar,mas eu logo o parei e sai andando até meu quarto.
  Coloquei um vestidinho preto com um laço branco na cintura,prendi meus cabelos em duas maria chiquinhas,passei um perfume,e calcei meu par de tênis de asinhas preto da adidas;peguei as chaves do carro de cima da mesa,logo desci as escadas abri a porta frontal de casa,entrei no carro e fui para o salão.
  Cheguei lá,olhei para o céu,estava limpo e azulzinho como nunca.Pedi para que a cabeleireira que eu tinha agendado,fizesse algo simples.Ela apenas enrolou as pontas de meus cabelos,e colocou uma tiarinha vermelha opaca no meio de minha cabeça.Agradeci e logo pensei em ir comer.Peguei o carro e segui ao starbucks,onde Mia estava me esperando para decidirmos algumas coisas dos próximos dias.
  -Akemi!Estava a sua espera!-disse Mia com um aplique longo e encaracolado em seus cabelos,com pulseiras em seus braços e com 2 sacos em mãos.-Vem olha vamos comer numa pracinha aqui perto!
   Fomos até uma pracinha perto de lá,eu estava com bobs no cabelo e com uma toquinha preta de telinha no mesmo.Sentamos em uma mesinha de picnic da praça,e ela retirou de lá 4 copos grandes de café 2 pacotinhos de rosquinhas de dentro.
  -Relaxa,eu sei que você não pode comer coisas além de carne humana,eu sei eu sei...Não são rosquinhas comuns essa do pacotinho direito,pode comer!
  -Sério?Valeu Mia!-agarrei o pacotinho e trouxe para perto de mim.-e pra que todo esse café?
 -Ah pra alimentar bem memo!
   Comemos e conversamos sobre como seria nossos vestidos,e que ela iria comigo comprar um hoje mesmo enquanto não chegava a hora do evento.Depois que juntamos tudo,fomos ao centro da cidade onde havia algumas lojinhas de vestidos para festa.Entramos em todas mas apenas uma me chamou atenção,comprei meu vestido lá,ele era longo,preto,de mangas,na cintura ele tinha um cintinho com cristais com algumas pedras nas mangas,simples mas eu havia gostado muito.Logo fomos comprar uma bolsinha de mão,bem simples,acabei pegando uma em formato de diamante metalizada.
   -Akemi...Você se superou em!Vai arrasar na festa!Essa combinação perfeita!Mas sinto dizer que temos uma hora...
  -O QUE?UMA HORA?TCHAU TCHAU TCHAU MIA VALEEU!!
    Corri para meu carro e dirigi em alta velocidade para casa.Chegando lá retirei meus sapatos,deixei na porta,assim abrindo a,percebi que tudo estava limpo e no lugar.Subi correndo as escadas,abri a porta de meu quarto,retirei o uniforme negro do armário e logo o vesti.Soltei meus cabelos,que estavam enrolados,ajeitei a tiara e passei pó blush no meu rosto,além de um fino delineado.Calcei minhas meias azul marinho e meus sapatos escolares amarronzados.Sai do quarto e me deparei com Kaneki em minha porta,com seus cabelos bagunçados e seu uniforme preto e vermelho,juntamente de sapatos sociais e uma rosa vermelha em mãos.
  -Vamos minha formanda?-disse ele,aos poucos deixando evidente um longo sorriso branco e lindo em seus lábios.
 -Vamos "sempai"-disse eu lançando um sorriso á ele.
    Peguei a rosa,logo a coloquei em um copo de água que estava sob a mesa;ele olhou para mim e ofereceu seu braço,aceitei é lógico,e descemos a escada assim.
  -Só não te beijo para não borrar sua maquiagem,porque afinal você está divina!-disse ele aproximando seu rosto ao meu encostando sua testa na minha,juntamente da ponta de seu nariz.-desculpa por mais cedo...Sabe como é né...
 -Não relaxa.-eu disse logo direcionando meus glóbulos oculares ao relógio de parede,vendo que estávamos quase atrasados.-VAMO VAMO!
   O puxei pelo palmo,mesmo assim saímos correndo,e ele abriu a porta pra mim e logo correu para dirigir.Chegando na cerimônia já formamos a fila de entrada e fiquei no meio de muitas meninas frescas da minha sala.Estavam extremamente produzidas só para receber um diploma.
  -Só isso sua maquiagem e cabelo ?-disse uma delas me olhando de cima a baixo,com cara de nojo.
 -Só?Eu não exagero como você Kokona.Desculpe é a simples verdade.
   A mesma olhou feio,e se virou.A fila foi andando todos foram recebendo seus diplomas,e a minha sala era a primeira.Eu fui subi ao palco,procurei discretamente pela minha família,logo os avistei,lindinhos e comportados,e na fila do lado,Kaneki estava acenando rebeldemente para mim, o diretor entregou meu diploma assim fiz uma reverência.
  Todas as salas foram e na saída,Kaneki estava correndo na minha frente,e o perdi de vista.
  Não me importei e fui saldar meus avós.Logo eles se foram e me parabenizaram.Kaneki estava dentro do carro já,no banco do motorista.
  -Hmm agora eu tenho motorista particular em!
  -Hahaha claro pra você eu dirijo!E aí vamos pra casa?
  -Claro estou morta!!
    Eu dormi no caminho,e ele me acordou quando estávamos na garagem.Eu acordei me levantei,tirei os sapatos,entrei em casa e ele me chama;quando me virei,ele estava segurando um buquê de flores vermelhas,sorrindo para mim.Assim ele entrou deixou ele na bancada e foi em minha direção.
  -Já disse que está linda de mais hoje?-disse ele sorrindo,me envolvendo com seus braços em minha cintura.
 -Já.-eu disse estampando um sorriso em meu rosto,aproximando meu rosto do dele,e quando eu ia o beijar alguém bate á porta.
 -AKEMI!POSSO ENTRAR?

 

     ...:CONTINUA:... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!E até o próximo capítulo bundudinhos💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...