História Tagetto Akemi - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Tags Saki
Visualizações 24
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Luta, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Canibalismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi bundudinhoss!Tudo bom?Então quem está aqui de madrugs escrevendo pra vcs?EO EO EO EO!Desculpe a demora viu!

Boa leitura

Capítulo 13 - Confusa.


Fanfic / Fanfiction Tagetto Akemi - Capítulo 13 - Confusa.

 -O que esse tarado estava fazendo aqui?-disse Kaneki com uma expressão furiosa em sua face.

Ah se ele soubesse,o quanto eu o odeio por me deixar sozinha na festa,mas,o calor a chama que eu sentia por aquele homem,havia diminuido.Eu sabia que ele teria feito coisas com Touka noite passada,e que eu havia o perdido sabe?Não queria olhar mais para a face dele.Aquele momento cara a cara com ele me lembrou de um de meus poemas antigos,"o sol se põe,a lua surge,e é sempre assim esse romance proibido,não correspondido,em que a Lua cansou de esperar ansiosamente,o seu tão amado,que nem se quer tornou-se seu namorado."

-Olha aqui Kaneki,me escuta.Pegue suas coisas e suma daqui.Vou arranjar um emprego para ajudar meus avós a pagar a minha faculdade e você segue seu rumo ok?-eu disse segurando o choro,desviando meu olhar do dele.

-Ah não Akemi,jura?Olha eu...

-Eu falo sério,siga sua vida e eu sigo a minha ok?Eu...Eu-já era tarde eu ia desbafar tudo que eu havia guardado durante todos esses mêses.-EU ESTOU CANSADA DESSES JOGUINHOS SEUS!CANSADA!Olha aqui,se eu amo alguém não é por pouca coisa não,SE EU JA RECITEI TANTAS VEZES QUE EU O AMO,PORQUE CONTINUA A ME ENGANAR SEU....SEU....BABACA!Eu realmente acho,que rudo isso não passou de um encontro a mais na sua lista,que além de tudo não me assumiu.

-Está certa,eu sou um babaca mesmo,eu não sei como lidar com meninas,mulheres esse gênero sabe.Eu não sei lidar com o amor,não sei lidar com a vida.Me perdoe!Mas eu tenho que ficar.

Ah Kaneki,se você soubesse a felicidade que eu fiquei em ouvir isso.Mas,logo lembrei de tudo que você me fez passar,e dessa vez,não ia deixar barato.

-Aé?POIS SAIBA QUE NÃO É BEM VINDO AQUI!FORA!NUNCA MAIS ME PROCURE,NUNCA!Nunca,nunca,nunca,nunca!-eu recitei socando meu travesseiro repetidamente.

-Eu...compreendo.-ele disse saindo do meu quarto e aparentemente de casa e da minha vida.

-Não...NÃO!-eu gritei em desespero ao notar o que eu havia feito.

QUEBRA DE TEMPO:3 ANOS

-Vovó!Hoje vou começar a trabalhar na empresa!-eu disse empolgada.

-Hm!Isso é ótimo!Se cuida em!?-disse a velhinha entrando no metrô.

Ligação de Maxy

Maxy:Oi Akemi!Te pego amanhã que horas para ir ao trabalho?

Me:Relaxa,eu me viro de ônibus.Beijo!

Maxy:Beijo, saudades!

Ligação off

Em 3 anos,me formei em jornalismo,arrumei amigos,um namorado que não durou muito,um apartamento novíssimo e começei a publicar versos em jornais com identificação anônima.Minha ispiração....Amores passados,Maxy,Mia entre outros que sempre estão em minha mente.

Peguei o primeiro ônibus que iria me levar á empresa de jornalismo que eu iria trabalhar.Dei um bom dia para o motorista que me respondeu com um sorriso simpático,e logo tomei meu assento.Após me sentar observei ao meu redor e avistei um menino alto e pálido,usava óculos negros e tinha madeixas negras metade branca.

Eu conheço esse ser?Me parece familiar,tão...bonito.Tsc,Akemi e seus pensamentos impuros novamente né?Ah deixa pra lá e foque onde deverá descer.

-Calado aqui...-recitei esfregando minhas mãos em minhas calças por estar um pouco frio.

-Acho que é por que são 7 horas da manhã,né?-disse o pálido analisando suas papeladas.

-É pode ser...-eu disse arqueando minha sobrancelha logo observando a paisagem.

-Jornalista?-ele perguntou-me fechando suas pastas levantando para sentar-se ao meu lado.

-É,hoje é meu primeiro dia de trabalho,qual o seu nome?

-Kaneki,e o seu?

Não podia ser real,eu estava tão feliz sem ele,minhas poesias,meus versos,meus relatos,investigassões,meus amores.Eu só podia estar imaginando coisas,devem ser meus óculos ou...devo estar surda.

-Akemi.

-Prazer,há muitos anos....Eu não converso com uma garota.-disse ele ajeitando seu óculos de um modo cauteloso.

-Ah,meu destino,presciso descer,foi um prazer conhecê-lo!-eu disse descendo do ônibus.

Cara....CARA!ELE DE NOVO?Não pode ser possível,vou tentar esquecer isso tudo e só trabalhar sem preocupações.Sei que vai ser difícil mas,nada é impossível.

Trabalhei duro,escrevi muito,títulos e títulos de um só jornal do dia.Eram 23 horas quando eu parei em um ponto de ônibus e bufei pensando no meu estado.Eu poderia sair uma hora dessas para comer,mas,acho que vou fazer um café e ir dormir,estou morta de cansaço.

Cheguei em casa,tirei os sapatos e me dirigi a cozinha para preparar meu café,após bebe-lo eu lavei a xícara e me dirigi ao meu quarto,que sem me trocar,me joguei na cama e fiquei a pensar no garoto que falou comigo hoje cedo.Seria Kaneki mesmo,ele se quer lembra de o meu nome e de tudo que passamos...Será que...Tudo acabou como eu esperava?

Continua.



Notas Finais


TO CANSADONA,POR ISSO FICOU PEQUENA,MAS AMANHÃ TEM MAIX!

BEEEIJO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...