História Take me back - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 16
Palavras 846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia 🌸

Capítulo 3 - I'M DEAD


Fanfic / Fanfiction Take me back - Capítulo 3 - I'M DEAD

(...)

Shawn Mendes

É a hora do intervalo, desci e encontrei Hailee no pé da escada, me esperando. Sua cara não é nada boa.

- Quem é essa vadia, Shawn?  - mostrou seu celular com uma foto minha e da Marjorie, hoje cedo.

- Oi pra você também, amor.

- Amor o caramba! Que sorrisinho é esse? - mostrou a foto novamente

- Hailee, eu ajudei ela à chegar na sala dela. Ela é nova aqui. Para de dar chilique, até parece que a foto mostra a gente transando. - digo passando por ela.

- Shawn! - se alterou estérica, logo seu semblante muda de raivoso para pensativo. Ela pareceu se acalmar e então voltou à falar. - Quer dizer que ela é novata? - assenti. Ela deu um sorriso sem mostrar os dentes. - Ok, só tava com medo de te perder. - sorri de lado pra ela. - Bom, eu vou encontrar com as meninas. Nos vemos depois da aula?

- Uhum.  - ela acenou e eu segui caminhando com rumo à quadra de futebol.

Eu e Hailee nos conhecemos desde pequenos, namoramos há dois anos, entre idas e vindas, é claro. Nós não estamos na melhor fase, Hailee é muito possessiva, mas ela realmente gosta de mim, eu também gosto dela, mas nada é como antes. 

Hailee Steinfeld

- Do que você precisa, Hai? - Ally perguntou

- Preciso que me ajudem com o ritual pra novata.

- Tem certeza? Você pode se dar mal. - Camila alertou e eu revirei os olhos

- Meninas, são só as boas vindas. - sorri cínica.

Marjorie Cooper

O sinal tocou, indicando que era hora de ir pra casa. Guardei meus matérias na mochila e saí da sala em direção à saída da escola, havia muitas pessoas ali, gritando o nome da escola. Quando ia passando pela porta da escola, senti um banho de água fria. Todos começaram a rir, alguns gritavam "Novata", outros um "Bem vinda." Babacas.  Olha para frente e vejo uma menina com a pele clara e cabelos negros em cima de uma cadeira, rindo e fazendo um "L" com as mãos, me chamando de loser. Nesse momento, eu senti como se estivesse morrendo por dentro, realmente, as pessoas fazem o que querem e ninguém se importa com o que pode acontecer com você. E o pouco da menina do interior amável e atenciosa que havia em mim, acaba de morrer.

 Logo o frio tomou meu corpo, o dia de hoje está fazendo temperatura negativa, e agora, estou completamente molhada.  Tudo parece se mover em câmera lenta, estou imóvel. 

- Sai da frente! - ouvi uma voz conhecida gritar atrás de mim. Em seguida senti algo cobrir meus ombros, me aquecendo um pouco instantâneamente. - Vamos, Marjorie. Eu vou te tirar daqui. - Shawn disse baixo em meu ouvido. Assenti e ele me puxou pra fora daquele colégio. Ele me levou até o estacionamento da escola, abriu a porta de um carro preto e eu entrei, logo ele também.

- Vai ficar tudo bem, tá?

- Por que fizeram isso comigo?

- É uma pegadinha com os novatos, mas sempre foi mais leve. 

- E por que comigo foi assim?

- Eu...- ele foi interrompido por um grito agudo.

- SHAWN! - olhamos pra frente. Shawn bufou bravo e então saiu do carro.

- FOI VOCÊ, NÃO FOI? VOCÊ FEZ ISSO COM ELA!

- E POR QUE VOCÊ SE IMPORTA, SHAWN? VOCÊ DEVE SE IMPORTAR APENAS COMIGO, SEU IDIOTA. - começou a bater em seu peitoral, totalmente nervosa. Saí do carro, a menina estava dando nos nervos de Shawn, fui ajudá-lo. Empurrei ela para longe dele.

- QUEM VOCÊ PENSA QUE É, VAGABUNDA?! - tentou me dar um tapa, fui mais rápida e segurei seu braço.

- Nunca mais tente encostar um dedo em mim, ouviu?

- Hailee, vai embora daqui.- Shawn se colocou entre nós.

- Pra quê? Pra mim não  ver você entrar naquele carro com a sua princesinha pra poder levar ela pra sua casa e transar com ela na sua cama?

- Cala a boca! Eu não precisaria ajudar ela se você não tivesse feito isso com ela. Você só me afasta de você desse jeito. - os olhos da garota marejavam.

- Escuta aqui, Mendes. Se você entrar naquele carro com essa vagabunda, acabou tudo. - fui até o capô do carro sentindo os dois pares de olhos sobre mim, larguei o casaco de Shawn ali e caminhei para a saída daquela droga de estacionamento.

- Marjorie! Eu vou te levar! Não se importe com ela. - veio até mim

- Shawn eu não vou fazer isso com você. Sei que quer me ajudar e eu agradeço. Mas não posso te prejudicar. 

- Eu conheço a Hailee, ela não vai cumprir o que disse. Depois eu me resolvo com ela. - me puxou em direção ao carro,ainda estou morrendo de frio. - Hailee, depois a gente conversa. - disse calmo abrindo a porta do carro pra mim. Entrei. Ele foi até elaal e falou algo, mas com os vidros do carro fechado, se tornou inaudível. Ela saiu de lá marchando, furiosa. Ele voltou ao carro e perguntou meu endereço, disse à ele enfim ele deu partida no carro.





Notas Finais


Esse capítulo foi maior, mas é pq agora sim a história começa! Comentem o que acharam, pls!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...