História Take my hand, we'll be fine - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Amizade, Amor, Aventura, Faculdade, Musica, New York, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 12
Palavras 718
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey! Espero que gostem, e sem mais delongas, boa leitura!

Capítulo 11 - Colegas de Trabalho


Comecei a chorar e a rir ao mesmo tempo. Quase não conseguia falar direito.

- Esse sempre foi o meu sonho...

- Que bom que está feliz. - Ele sorri.

- Sim, ótimo...

Dias se passaram até chegar no domingo. Meu tornozelo já estava bem melhor, e não precisa mais de ajuda, então Shawn foi embora.

Estava andando pelo apartamento, procurando pelo carregador do meu celular, até que ouço batidas na porta. Estava com uma blusa grande e short jeans, estava descalça, porque né... haha.

Abri a porta e revelou dois garotos. Pareciam ter uns... 20 e 19 anos. Por aí. O garoto que parecia ser o mais novo, me olhou de cima a baixo. Ele era meio alto, de olhos castanhos e cabelo meio que... um loiro escuro. O outro, era branco dos olhos azuis, e cabelo preto, desarrumado. Eles eram bem bonitos, os dois.

- Eai. - Disse o garoto mais novo.

- Oi...?

- Você é a Alex, certo? - Disse o outro garoto.

- Isso... Pera. Acho que sei quem são vocês... - Analisei os rosto de cada um antes de dizer. - São... Kyle... - Apontei para o dos olhos castanhos. - E Michael. - Apontei para o outro.

- Acho que você trocou os nomes... - Ele aponta para si mesmo. - Kyle. E Michael. - Ele apontou para o outro.

- Ah ta...

- Como sabe nossos nomes? - Perguntou Michael.

- Eu meio que... stalkeei vocês um pouco... - Mordo os lábios. Vi o Kyle olhar para a minha boca. - Ér... O que fazem aqui? - Falei, tirando o Kyle do transe.

- Bem, soubemos que irá trabalhar com a gente, e queríamos conhecê-la, e ai... - Interrompi o Michael.

- E aí pegaram meu endereço.

- Exato! - Kyle sorriu.

- Quer ir no Starbucks? 

- Ahn, claro... Só vou trocar de roupa. Entrem. - Fiz sinal para eles estrarem. Eles sentaram no sofá e liguei a TV para ele. - Fiquem à vontade.

Me dirigi ao meu quarto e pus uma calça preta, um cropped cinza com uma blusa jean amarrada na cintura. Calcei uma bota de salto, cano curto e soltei o cabelo.

Voltei a sala e ambos estavam conversando entre si e mexendo no celular.

- Vamos garotos?

Eles se viraram e arregalaram os olhos.

- V-vamos... - Disse Michael se levantando.

Dito isso, saímos do meu apartamento e fomos ao Starbucks, a pé mesmo, ficava perto então não dava motivo para ir de carro.

Pedi um frappuccino de chocolate e os garotos pediram um de baunilha e morango.

- Então Alex, quantos anos tem? - Perguntou Kyle.

Tomei um gole do frappuccino e logo em seguida, respondi.

- 19, e vocês?

- 19 também. - Respondeu Michael tomando seu frappuccino.

- 20. - Disse Kyle meio sério.

- Ah ta...

- Qual seu gosto musical? - Perguntou Michael me olhando.

- Ah... Eu gosto de todo tipo. Sou muito eclética quanto a música. - Dei de ombros.

- Tem namorado? - Perguntou Kyle.

- Ahn... Não...?! - Da forma que falei, ficou parecendo uma pergunta, mas foda-se.

Michael riu.

- Que é? - Perguntei a ele séria.

- Nada nada... - Ele parou de rir e olhou para Kyle, que olhou de volta.

- Eu hein... - Falei tomando meu frappuccino.

Após um tempo, ficamos conversando muito. Acho que até peguei uma certa intimidade com eles. Eles realmente eram bem legais, gostaria de tê-los como amigos. Nada além disso.

- Tão afim de ir em uma baladinha hoje? - Perguntou Kyle a mim e ao Mike (é um apelido que dei ao Michael), com um sorriso malicioso.

- Ah, tanto faz. - Dei de ombros.

- Eu topo! - Diz Mike animado.

- Então tá. A gente passa na sua casa ás 8:00, ok?

- Pode ser. - Disse, não percebendo que estava sorrindo. - Mas... Não me deixem tomar mais 10 doses de whisky e depois tomar banho, ok?

- Ta né. - Mike diz rindo. - Por que?

- Eu meio que... Trinquei o tornozelo por causa disso. - Dou de ombros e rio um pouco.

- Nossa... - Kyle ri. - Pode deixar. Esta noite senhorita Jones, você fica aos nossos cuidados. - Ele imita uma voz.

- Tudo bem... - Dou risada.

Depois de mais um tempo conversando, voltei para o apartamento e fiquei mexendo no notebook no sofá. Havia pegado os telefones do Mike e do Kyle, para caso quisesse falar com eles, sabe.

Lembrei que amanhã teria aula. Finalmente né... Não esperava a hora de começar a cursas música!


Notas Finais


Roupa dela: http://pin.it/NcAwg9A

Obrigada por lerem! Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...