História Talk! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias NCT 127, NCT Dream, NCT U
Personagens Haechan, Mark
Tags Haechan, Mark, Markchan, Nakji
Exibições 43
Palavras 309
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Fluffy, Universo Alternativo

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


e a louca do fluffy ataca novamente.
bom, me inspirei em talk! do the 1975 e em um pouco de mim também; é o ditado: "boca foi feita pra comer e falar e eu vou fazer os dois, eh tois"

boa leitura! <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Mark e Donghyuck caminhavam rumo à casa do mais velho para uma breve partida de videogame. Depois do exaustivo dia de aula que tiveram, eles só queriam um pouco de lazer e paz. Entretanto, não era como se o canadense estivesse confortável ao todo. Paz era o que lhe faltava naquele segundo.

Porque Donghyuck não parava de falar. E seu tom empolgado era alto demais. Exagerado. O exagero do menor estressava Mark. Muito. Mas ele nunca lhe dizia, para não magoá-lo.

Porém, sua paciência já estava acabando. Donghyuck precisava aprender a se controlar; querendo ou não, aquilo era uma mania extremamente irritante. E não era só Mark que se incomodava.

"Hyung!!! Ouviu o que eu disse?", Haechan lhe chamara a atenção.

"Não. Desculpa, tô pensando em outra coisa...", respondeu.


"Tudo bem, eu repito."

"NÃO. Pelo amor de Deus, cala essa boca. Por que você fala tanto, Haechan?", Mark suspira, olhando com certo receio para o rosto do mais novo, que parecia enrubescer.

"Hyung... eu te incomodo tanto assim?"

"Na verdade, não. Você só fala demais e isso me irrita. Por que você fala tanto, bebê?"

"Ah, hyung, é que eu me sinto confortável contigo. Contigo, eu me sinto livre para falar o que quiser, sabe? É tudo diferente contigo: você me ouve e não zomba de mim quando conto sobre meus problemas, ou mesmo sobre meu dia. Eu me sinto totalmente à vontade. Mas pelo visto, você não.", suspira, e depois completa: "Nunca pensei que isso te incomodava, me desculpa. Eu prometo que vou parar, ok?"

Mark, após ouvir a justificativa e o semblante triste de Donghyuck, sentia-se um monstro. Por quê ele nunca pensara nisso? O menor era, de fato, solitário. E só sentia-se confortável consigo... Ah, Mark fora egoísta demais.

"Não, bebê. Tá tudo bem. Pode continuar, eu não me importo. Eu aguento; por você, eu aguento tudo."


Notas Finais


surpresa com essas +300 palavras pq o rascunho tinha 158 rsrs
bom eh isso qm gosto bate palma qm nao gosto paciencia

obrigada por ler!!!
qualquer reclamação sugestão elogio etc o tt eh @donghyuck, bJOS AMO VCS!!! eh tois ate a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...