História Talking Of Sex - Larry Stylinson - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ed Sheeran, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ed Sheeran, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Gay, Harry Styles, Homossexual, Larry, Larry Stylinson, Louis Tomlinson, Love, Ned, Ned Hoeeran, Ziam
Exibições 60
Palavras 2.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OBS: Sim o nome da banda do Zayn é One Direction ( e eu ainda vivo dizendo que superei isso, sou uma tabacuda)

Capítulo 3 - Chapter 02


Fanfic / Fanfiction Talking Of Sex - Larry Stylinson - Capítulo 3 - Chapter 02

Ponto de vista: Louis Tomlinson

 

- Louis, a gravação começa em meia hora, você está pronto? – Liam pergunta apenas com a cabeça para dentro do meu camarim.

- Quase, a Lottie já está acabando a maquiagem – Falo com a boca meio entreaberta para o pó compacto não entrar em minha boca.

- Certo, a banda está ensaiando e o convidado está no camarim dele, vai cumprimenta-lo antes da gravação? – ele pergunta agora totalmente dentro do meu camarim indo até a mesa de doces.

Uma coisa sobre mim: Eu sou completamente apaixonado por doces, amo tudo que for doce, e essa paixão toda tem me rendido várias horas extras na academia. Eu amo meu corpo e adoro cuidar dele, mas acho que nunca vou sair dessa fase adolescente que vive olhando o corpo no espelho antes de entrar no banho.

- Acho que prefiro conhece-lo pessoalmente só na gravação, fica tudo mais natural – Respondo fazendo um laço no meu cadarço do sapato.

- Tem razão, vou lá no cenário ver se 'tá' tudo certo, até logo Loulo – Manda uma piscadela pra mim e sai deixando a porta encostada, e eu sorrio.

_x_

- BOA NOITE PLATEIA! – Entro gritando e alardando toda minha plateia enquanto a One Direction toca "Don't" do Ed, pois é normal tocar músicas dos convidados da noite – Boa noite Zayn, Dan, Josh e Sandy! – Falo com toda a banda recebendo um boa noite geral do Zayn e um beijo a distância em seguida – Estamos aqui mais uma vez com o Talk Of Sex, nessa noite que está um pouco gélida, mas que já vai esquentar! – Gritos da plateia – Vai esquentar muitos meus amores, porque hoje vamos falar de sexo com o Sr. Edward Christopher Sheeran!

Espero o Ed entra durante os gritos e as palmas e logo dou uma corridinha em sua direção para cumprimenta-lo com um abraço e logo depois puxo-o para a cama. Sim, os convidados ficam em uma cama e eu fico em um divã vermelho em forma de coração.

- Não quer tirar os sapatos Ed? – Pergunto.

- Ah, claro, seria ótimo.

- Então tire querido, fique a vontade, no meu programa você pode tirar o que quiser! – Respondo atrevidamente. Não que eu esteja dando encima do ruivo, mas eu apresento um programa sexual, então para descontrair com o convidado é interessante fazer piadas de teor explicito para se sentirem mais relaxados e se abrirem melhor comigo.

- Obrigado – Ele ri já os retirando.

- Vamos começar, mas primeiro vamos criar um apelido um para o outro, assim você conseguir falar tudo para mim sem vergonha alguma, para termos mais intimidade certo? – Ele sorri concordando – Bem, como você quer me chamar?

- Vou te chamar de Willy, tudo bem?

- Claro! Mas como sabe que meu segundo nome é William? – interrogo as sobrancelhas para ele.

- Pesquisei um pouco sobre você também Willy!

- Serio? Adorei isso! – Gargalho alto – Vou te chamar de Edens certo?

- Certo! Gostei do apelido, você é criativo.

- Obrigado! – Sorrio pelo ruivo ser tão simpático – Vamos lá! Edens, você é bissexual certo?

- Sim – respondeu sorrindo.

- Quando e como você descobriu isso?

- Foi aos doze anos mais ou menos – arregalo levemente os olhos em surpresa – É, realmente meio sedo, mas é que eu não via alguns amigos meus apenas como amigos, minha primeira paixão foi por um garoto, mas eu também me atraia muito por garotas então eu ficava bem confuso, mas com o tempo aprendi a não me dar rótulos, rótulos são para garrafas não para pessoas. – Depois disso há fortes palmas para as palavras de Ed.

- Está mais que certo Edens – sorrio em concordância – Bom, vamos falar da sua primeira vez, me conta como foi!

- Ah, meu Deus, foi uma tragédia! Foi com o primeiro menino que eu me apaixonei numa festa que o meu melhor amigo estava dando. Nós já havíamos ficado algumas vezes e eu estava querendo ficar com ele novamente na festa, mas ele aparentemente não queria só ficar nos beijos – Eu ri por ele falar olhando um pouco para o chão – Então depois de ficarmos um pouco na festa ele me convidou para ir para a casa dele pois os pais dele haviam saído, eu confesso que não achei nada ruim já que eu tinha 16 anos e era o único virgem entre os meus amigos.

- Ah, sei como é isso, ver todos os seus amigos falando de sexo e você perdido no assunto por nunca ter feito é horrível!

- Exato! Eu nem tinha tanta pressa de perder a virgindade, mas a curiosidade fica grande depois de ouvir tanto seus amigos falando! Então naquele momento eu vi a minha oportunidade e fui até a casa dele. Quando fomos para o quarto dele eu fique completamente perdido, eu nunca havia contado para ele que era virgem, mas ele percebeu só pelo modo como eu estava agindo – nós rimos junto a plateia que gargalhou.

- Você não disfarçou bem né cara?

- Não mesmo! Então ele ofereceu água e eu aceite por esta muito nervoso, quando ele desceu para buscar eu tive meu momento de surto e nervosismo, comecei a respirar fundo e abri minha carteira rapidamente para ver se tinha camisinha lá, por que eu sempre guardava pois tinha uma leve noção que poderia acontecer a qualquer momento. Quando ele voltou com a água eu estava com as mãos tremendo, então peguei o copo e me afastei um pouco olhando para baixo, e quando eu levantei os olhos ele estava só de boxer olhando para mim e sorrindo.

- Oh God! Ele estava?

- Sim! E eu fiquei em choque e excitado automaticamente, nunca tinha visto um garoto seminu na vida, apenas os meus amigos que eu não sentia atração alguma. Acabou que eu cuspi toda a água que estava na minha boca bem em cima dele, e ainda deixei o copo cair e quebrar no meio do quarto dele.

- Edens! – Gargalho alto junto com a plateia – Você era muito virjão!

- Você nem imagina o quanto! Acabou que eu consegui fazer algo que preste, eu não esperei ele pensar, por que seu eu ficasse parado esperando ele fazer algo provavelmente seria escorraçado de lá. Então eu peguei ele pela cintura e o beijei, depois joguei-o na cama e aconteceu.

- Você foi inteligente, se fosse comigo eu com certeza te colocaria para correr cara! Mas acabou que foi bom?

- Foi legal até, a tragédia foi mais no começo, mas não tem como uma primeira vez ser nota dez.

- Então de um a dez, qual a nota da sua primeira vez?

- Acho que quadro, mas até hoje eu não sei se ele era virgem, ele me disse que era mas creio que só foi pare me fazer sentir melhor porque ele não me parecia virgem! – Ri de sua expressão

- Mas a sua segunda vez, foi melhor?

- Ah, com certeza, eu estava menos nervoso e não joguei nada em cima dela pois era uma amiga minha então eu fiquei mais relaxado.

- Com pessoas que você conhece mais é realmente melhor, você não sente medo de errar nem nada porque sabe que aquela pessoa não vai te julgar por algum erro.

- É exatamente isso, o garoto era quase um estranho, nós ficamos algumas vezes, mas não conversávamos, então eu basicamente não conhecia ele!

- Você já foi pego no flagra fazendo algo proibido? – Pergunto olhando para a ficha em minhas mãos.

- Infelizmente sim, eu tinha uns 18 anos quando eu estava... – Percebo sua vergonha para terminar a frase e o ajudo, muitos que vem aqui tem êxito em falar palavras meio explicitas, até porque é em rede nacional.

- Se masturbando?

- É, e tipo, do nada a minha mãe estava no quarto com um cesto de roupa – Acompanho a plateia rindo – e o pior, ela disse que ficou ali uns dois minutos esperando eu notar ela pois eu não percebi – ri mais alto ainda com isso – estava com o fone no ouvido e o notebook nas pernas! Como ela queria que eu percebesse? Estava de costas para a porta! – Gargalhei, pois ele parecia indignado.

- Ela viu até o pornô que você estava assistindo não é? – Perguntei enxugando embaixo dos meus olhos por rir tanto.

- Ela viu! Foi horrível, eu quis morrer quando vi ela ao lado da porta.

- Te entendo cara. Próxima pergunta: Você já fez sexo num lugar público?

- Uma vez apenas.

- Sério? Não consigo imaginar você fazendo isso! Você é tão fofo, deixa eu adivinhar, a outra pessoa que quis não foi?

- Foi sim, confesso que fiquei com um pouco de medo de ser pego, mas a sensação é muito boa.

- Onde foi? – Pergunto curioso.

- Na praia, e foi de madrugada então não tinha ninguém mas ainda assim tive receio.

- Entendo querido, essas coisas causam um certo incomodo. Bom, agora nós vamos aos comerciais, vocês seriam loucos se fossem dormir agora meus amores! Porque no próximo bloco teremos um ping pong com o Ed, Ah, e você vai cantar para a gente também não é Edens?

- Isso aí Willy! Não durmam pessoal!

- Já voltamos! – E então paramos de gravar um tempo.

- Você foi muito bem Edens, se desinibiu super-rápido – Dei dois tapinhas em suas costas sorrindo.

- Obrigado – sorrio de volta – Você é ótimo em fazer as pessoas se sentirem mais livres.

- É a pratica – Pisco um olho para ele – Quer algo?

- Não, estou bem.

- Você é tão simpático! Está sempre sorrindo, amo pessoas assim.

- E você é uma pessoa ótima para conversar, parece até um psicólogo por compreender tão bem!

- Sem querer me gabar, mas escuto isso bastante – Nós rimos.

- Vamos tirar uma selfie?!

- Claro! Ótima ideia – Pego meu celular no bolso traseiro da calça e desbloqueando-o – Vem! – O chamo para ficar perto de mim e ele senta ao meu lado sorrindo comigo.

- Ficou ótima! Vou te marcar no Instagram – Sorrio e ele retribui. QUE HOMEM FOFO.

- VAMOS VOLTAR A GRAVAR! – O louco do Liam falando.

- CERTO! – Ed volta para a cama.

- BEM VINDOS DE VOLTA! Como eu disse no bloco anterior, nós vamos fazer um ping pong com o Edens. Funciona assim, eu vou fazer o começo de uma frase e o Ed vai ter que terminar de acordo com a preferência dele com três palavra no máximo. É como um jogo de perguntas rápidas. Certo Edens?

- Certo, entendi.

- Sexo?

- Bom.

- Acessório erótico?

- Plug – Ele sorri e cora um pouco.

- Máximo de tempo sem sexo?

- Um mês.

- Threesome?

- Não.

- Por cima ou por baixo?

- Por cima.

- No claro ou no escuro?

- Claro.

- Essa é última Edens. Você gosta de escutar alguma música durante o sexo? Ah, sobre essa eu estou curioso, porque tantas pessoas fazem sexo escutando você, e você, escuta algo? – Pergunto com curiosidade.

- Ah, eu gosto bastante de escutar algo sexual e com batidas meio rock'n roll, como "Do I Wanna Know?" do Arctic Monkeys.

- Amo essa música! Está convidado para ouvir comigo no meu Apartamento – Pisco um olho sorrindo brincalhão para ele que ri com a plateia.

- Eu vou cobrar – Ele entra na brincadeira fazendo todos rirem mais uma vez.

- Infelizmente o programa acabou! Mas semana que vem tem mais Talking Of Sex para vocês pessoas! Foi um prazer ter você aqui Edens – Abraço-o forte.

- Foi ótimo estar aqui Willy! – Retribui o abraço.

- Você vai cantar para a gente Ed?

- Vou sim! Mas não tem música planejada por que eu quero que você escolha.

- Agora eu gostei! QUERO SING! Câmeras foquem no Edens e me ignorem porque eu provavelmente vou estar descendo até o chão.

Ed vai até o palco rindo de minhas palavras e fica onde Zayn costuma ficar, já que o mesmo não está ali obviamente para o convidado se apresentar.

- ATÉ A PRÓXIMA MEUS QUERIDOS! – Sorrio para a câmera acenando e logo escuto os acordes de Sing.

- It's late in the evening
Glass on the side now
I've been sat with you
For most of the night
Ignoring everybody here
We wish they would disappear
So maybe we could get down now
I don't wanna know
If you're getting ahead of the program
I want you to be mine, lady
To hold your body close
Take another step into the no-man's land
For the longest time lady

I need you darling
Come on set the tone
If you feel you're falling
Won't you let me know, oh
Oh ooh
If you love me come on get involved
Feel it rushing through you from your head to toe, oh
Oh ooh

Sing, oh oh
Oh oh
Louder, oh oh
Sing, oh oh

As câmeras param de gravar mas o Ed continua cantando, então pego meu celular fazendo alguns vídeos para o Snapchat até a música acabar, e sim, eu dancei muito.


Notas Finais


*Esta estória também esta disponível no wattpad,meu user lá é "karicute"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...