História Talking To The Moon - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, Frozen - Uma Aventura Congelante
Personagens A Fada dos Dentes, Anna, Bicho-papão (Pitch Black), Coelhão, Elsa, Hans, Jack Frost, Jamie Bennett, Kristoff, Norte, Sandman "Sandy"
Exibições 60
Palavras 1.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaaaaaaaa
Mil desculpas por não ter dado um sinal de vida. Espero que vocês gostem desse capítulo ❤❤❤❤❤❤❤
E é o seguinte, eu coloquei o nome dos guardiões como na versão brasileira. Eu coloquei desse jeito porque acho melhor pra mim é por causa da linha de livros dos Guardiões. Nos comentários me digam se vocês preferem os nomes originais ou os brasileiros. Se vocês preferirem a versão brasileira, eu edito os outros capítulos senão, ou só edito esse capítulo
Beijosss
Espero que gostem
❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

Capítulo 9 - Capítulo 09


Fanfic / Fanfiction Talking To The Moon - Capítulo 9 - Capítulo 09

                              Point Of View: Jack Frost 

   Está bem, agora é oficial: Eu desisto de tentar animar a Elsa, já se passaram 3 semanas e não consegui nenhum progresso em animá-la. Todos os dia eu ia até seu castelo e a encontrava sempre no mesmo lugar: sentada na cama, encostada na cabeceira fitando o nada. A única coisa que mudava era que tinha vezes em que quando eu chegava ela estava chorando, ou então não chorava mas tinha marcas de lágrimas em seu rosto.

 Anna estava sofrendo muito com isso também. Ela não suporta ver Elsa triste e eu sinceramente também não. Eu ia, entrava em seu quarto, sentava na cama e perguntava se estava bem e ela respondia sem me fitar: - Vou ficar, Jack.- Eu me sentava na cama andava pelo quarto mas ela não demonstrava nenhuma mudança significativa, e então eu ia embora. E voltava no dia seguinte. E no outro. E no outro. 

  Tentava de tudo pra arrancar um sorriso seu mas em cada tentativa ela ao menos me olhava. Kristoff e Anna esperavam que ela se recuperasse logo pois, já dizia Anna: - Tudo passa, uma hora ela vai conseguir superar. Kristoff achava que devíamos dar tempo ao tempo e não insistir muito pois poderíamos sufocá-la. Os guardiões também andavam preocupados, pois ainda não havíamos descoberto seu cerne. Acreditávamos que poderia haver uma nova ameaça pois, só fui mesmo escolhido porque Breu depois de muito tempo, conseguiu retornar. E isso me deixava apreensivo, como ela poderia lutar nesse estado? Seu quarto nevava diariamente e tinha vezes em que eu precisava desfazer a porta de seu quarto pois o gelo que emanava dela era tanto que cobria todo quarto e fazia com que a porta emperrasse. E eu agora tinha conseguido fazer construções com gelo. Eu nunca tinha conseguido antes e até tentei mostrar a Elsa. Não era como o seu castelo, mas era alguma coisa. Também não sabia fazer roupas. Anna disse que em um segundo ela mudava seu vestido com o auxílio da magia. Eu havia tentado e posso dizer que consegui resultados desastrosos ao tentar. Ela me intrigava, tínhamos poderes iguais mas, podemos dizer que éramos completamente diferentes. Até mesmo seu floco de neve era diferente do meu, tinha tracejados mais delicados, os meus não. 

 Os guardiões também tentaram, ao modo deles, animar ela. North tentou levar o Natal até ela decorando seu quarto, pondo uma árvore de Natal, levando comidas e presentes e tudo o mais. E a reação da Elsa? Ela chorou e seu gelo destruiu a árvore de North. De acordo com Anna, o noivo de Elsa a pediu em casamento no Natal. Coelhão levou ovos de Páscoa e tentou levá-la a qualquer custo à sua toca, o que a deixou extremamente irritada. Fada levou suas fadinhas e por um segundo Elsa parecia estar mais animada e isso me animou também até que as fadinhas começaram a voar em cima dela quando seus dentes ficaram a mostra. Sandman ainda não havia tentado e aparentava pensar constantemente em como animar a Elsa.

 Bom.... É o que pensamos.

 Estava ficando difícil tentar cuidar dela e das minhas tarefas de guardião, tiveram dias em que eu só fui no castelo da Elsa de madrugada. Não falo com o Jamie eu falei desde o dia em que levei a Elsa comigo e queria falar com ele e se saber se o mesmo pode me dar alguma ideia como. 

 Nesse momento estou em Amsterdã e não sei o que vou fazer quando for para o castelo da Elsa mas, eu vou tentar. É o mínimo que eu posso fazer. As ruas e os campos floridos de Amsterdã eram banhados pela luz prateada da Lua e eu deixava que o vento me levasse até a Elsa.

 Já chegando em seu castelo, pude ver do alto 2 pessoas pequenas descendo pela escada do palácio de Elsa e pelas roupas pude ver que era Anna e Kristoff. 

 - JACK!- Anna correu até mim quando parei em frente a escada. Ela parecia desesperada. - Que bom que está aqui! - Anna o que aconteceu?- Para que Anna estivesse daquele jeito coisa boa não podia ser. - É a Elsa - Senti minha boca ficar seca e agora parecia que eu quem estava desesperado. - Saímos para ver os Trolls e ao retornar, não a encontramos em lugar algum.- Eu comecei a passar a mão pelos cabelos em evidente desespero.- Antes da sua chegada estávamos indo à floresta procurá-la. - Ela terminou e eu estava preocupado.

 E se algo tivesse acontecido com ela?!

 - Olha, eu vou até a floresta procurar por ela e vo podem ficar por aqui, caso ela volte. Certo?- Eles acenaram e eu voei até a floresta chamando a Elsa. Parei perto de uma árvore de aspecto velho pensando na Elsa e onde ela poderia estar até que eu vi algo que afastou os meus pensamentos da Elsa.

 Havia um cavalo negro marchando por entre as árvores mais juntas que faziam sombra. Eles de manifestavam com o medo. E então os meus pensamentos se voltaram para a Elsa novamente. Ela poderia estar sozinha e com medo e o cavalo apareceu e poderiam haver mais. 

 Comecei a procurá-la voando quase tão rápido quanto a Fada e suas fadinhas. E então eu a vi. Sorrindo. Ela não parecia triste. Finalmente eu vi aquele sorriso que eu vinha tentando conquistar. Ela fazia flocos de neve sentada majestosamente em uma rocha. Sorri aliviado por ter encontrado ela, por vê-la bem, por simplesmente vê-la. Pude ver ela através das árvores e continuei andando por trás das árvores enquanto a observava. Ela ria e sorria e então pude ouvir vozes de várias pessoas. E pude ouvir que elas falavam o mesmo idioma da Elsa. Subi em uma árvore para poder ver com quem a Elsa estava e vi que haviam em torno de umas 5 crianças, 3 garotas e 2 garotos. Eles brincavam com os flocos de neve e as outras coisas que ela fazia. Eles falaram algo com ela, a abraçaram e saíram. Acompanhei eles com o olhar até não poder mais vê-los. Desci da árvore e ela já havia se levantado da rocha e olhava na direção em que as crinaças haviam saído ainda com um sorriso no rosto. 

 - Elsa?- Eu a chamei e ela se virou rapidamente mas quando me viu sua expressão se suavizou e ela sorriu novamente. 

 - Jack, é tão bom te ver!- Ela disse e eu pude admirar seu rosto na luz prateada da Lua e seu vestido glacial brilhando diante da luz lunar. - Desculpa ter saído assim, já estava retornando ao castelo. 

 - Tudo bem, Elsa, não precisa se desculpar. Ahm... Quem eram as crianças?- Eu disse me desviando do assunto.

 - Eram de Arendelle e, por mais mirabolante que pareça, elas acreditavam em mim!- Ela falou radiante e eu tentava não demonstrar o quanto aquele sorriso estava me afetando.- Eles tiveram que sair pois já está tarde. Contaram-me que a havia uma lenda de uma Rainha do Gelo e é contada às crianças. Elas conhecem a minha história, Jack!- Ela disse e só foi aí que eu vi que eu olhava pra ela com um sorriso no rosto. Desfazendo o sorriso eu disse:

 - Isso é ótimo, Elsa! É muito bom saber que você está bem e que tem crianças acreditando em você!- Eu disse e ela me encarou com um sorriso de lado. - Acho bom a gente  ao seu castelo. Anna estava a ponto de arrancar os próprios cabelos.- Eu disse e ela tentou reprimir uma risada. 

  - Então é melhor irmos andando.- Ela disse e passou por mim andando para o castelo, o que achei estranho já que ela sabe muito bem que eu posso levá-la voando. 

  - Elsa?

  - Sim, Jack?- Ela disse enquanto andava desviando de alguns buracos que tinham a sua frente. 

  - Não prefere ir voando? Posso lhe levar se quiser.- Eu falei colocando o cajando em meus ombros. 

  - Não considero necessário, Jack. Conheço um atalho que pode nos ajudar a chegar ao castelo sem muita demora.

  - Se a gente fosse voando chegaríamos mais rápido.- Eu disse depois de um tempo. 

  - Jack, sinceramente, eu não entendo a sua persistência em irmos voando. Já estamos quase chegando.- Podia estar enganado mas pude ouvir uma leve impaciência, quase inexistente. Preferi pensar que foi coisa da minha cabeça.

 Logo pude ver que a Elsa estava certa, não demorou muito para que a gente chegasse no seu castelo. Anna veio correndo e a abraçou e então Elsa explicou tudo é logo ela, Anna e Kristoff estavam conversando. Era óbvio que as crianças que encontraram com a Elsa a ajudaram. Ela estava feliz e sorria bastante.

  Estávamos na varanda e os outros três estavam sentandos no chão e eu sentado na varanda na frente de deles. Eles conversavam sobre coisas das quais eu nem me dei o trabalho de prestar atenção já que olhando para a Elsa.

  Não havia esquecido do cavalo negro que vi, amanhã eu contaria ao Norte. Elsa não precisavasaber, principalmente agora que ela se recuperou.

   E olhando pra ela, iluminada pela luz da Lua, eu pensei em algo que já pairava pela minha cabeça por alguns dias. Podia ser um pensamento precoce mas era a única coisa que aparecia na minha mente agora.

 Eu, Jack Frost, estaria me apaixonando pela Elsa.






Notas Finais


Comentem se estiverem gostando
Beijossss ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...