História Talking To The Moon ~ starco - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star vs. as Forças do Mal
Personagens Ludo, Marco Diaz, Star Borboleta, Toffee
Tags Starco
Visualizações 103
Palavras 782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saudações amigos, como estão? Tranquilos? Hoje sai um capítulo novo, eeeeeee, vcs devem ter percebido que eu estou demorando menos pra postar, eu estou determinada.
Nome do capítulo: "Demônio Intercambista"
Espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 16 - Chapter 16- "Interviewer Demon"


Fanfic / Fanfiction Talking To The Moon ~ starco - Capítulo 16 - Chapter 16- "Interviewer Demon"

            *Pov Marco*

Oque a Star tinha que fazer que não podia me contar e que eu não podia ajudar? Bem, masmo assim, espero que ela volte logo. 

               *Pov Star*

Bem eu estava na entrada da casa dos Diaz, mas resolvi entrar sem bater dessa vez. Entro em casa e vejo Marco sentado no sofá, e acho que ele também me vê. 

- Star!- ele levanta e vem me abraçar

- Oi Marco- eu o abraço de volta

- Aconteceu alguma coisa? Você se machucou?- ele separa o abraço e começa a olhar pra mim. 

- Claro que não! 

- Certeza? 

- Haha, sim Marco. 

              *Pov Tom*

Eu estava a caminho da Terra, mas dessa vez não para tentar voltar com a Star, e sim para estudar, o Brian (acho que é o nome do carinha) me disse que seria bom pra mim passar por novas experiências, e como vou fazer intercâmbio, estou indo para "minha" nova casa. Espero que sejam pessoas simpáticas. 

              *Pov Janna*

- Fala sério mãe?! 

- Nem adianta reclamar mocinha, vamos começar a receber estudantes de intercâmbio aqui você querendo ou não. 

- Mãe, pense bem, isso seria bom pra nós? Pra mim? 

- Claro, vai ser bom pra você passar por novas experiências. 

- Affs- escuto a campainha tocar. 

- Deve ser ele, vá atender Janna, apenas, faça um esforço. 

- Tá bom mãe, mas eu ainda não concordo em termos alunos de... - abro a porta-... intercâmbio aqui

- Oi, é aqui a casa onde aceitam alunos de intercâmbio? 

- Ham? Ah, cl-claro! É você que vai morar aqui? 

- Sim, sou eu mesmo- ele coloca a mão atras da nuca. 

- Espera um pouco ai?! Você não é o ex namorado maluco (e bonitão) da Star?! Como é o seu nome mesmo? 

- Ãããã, sim, e meu nome é Tomas, mas me chama de Tom. 

- Certo, meu nome é Janna.- estendo a mão em forma de cumprimento e ele a aperta. - Bem, entra, afinal, aqui é sua casa agora! 

Eu ajudo ele a levar as malas até o quarto dele, depois deixo ele lá ajeitando tudo. 

             *Pov Tom*

Bem, eu termino de armar as coisas e deço as escadas, vejo a Janna sentado no sofá entediada. 

- Janna, não é?! 

- Sim, oque foi? 

- Sei lá- sento do lado dela

- Essas palavras definem minha vida: "Sei lá" 

- Haha, é... 

           *Narradora on*

Passando-se alguns dias, Tom já não aguentava mais as peças que Janna pregava nele, ele Já estava ficando maluco com tudo aquilo. As aulas já haviam voltado e naquela tarde:

- Volta aqui com o meu celular Janna! - ele persegue Janna em volta da casa que havia pego seu celular pra fazer não sei oque. 

- Não Tom, você precisa sair com ela pelo menos uma vez na vida- ela começa a digitar uma mensagem pra Sabrina.- Prontinho, agora você tem um encontro com ela. 

- JANNA!- ele pega o celular da mão dela.- Por que fez isso? 

- Qualé, uma hora ou outra você tem que falar com ela! 

-  Aff, eu não vou sair com ela! 

- Vai sim, e vai escolher uma roupa, eu te ajudo. 

-... 

- Vem logo ela arrasta o Tom até o quarto dele e começa a fuçar no guarda-roupa- Que tal essa? Não, e essa? :P Não, essa? Definitivamente não! 

- Gggggrrrrrr, CHEGA JANNA! 

- Tom? 

- EU TÔ CANSADO DE VOCÊ! 

- M-Mas Tom, eu só tô querendo ajud-

- AJUDAR?! ASSIM VOCÊ NÃO ME AJUDA EM NADA! 

- Tom... 

- SAI DAQUI AGORA!!! 

-... TA BOM ENTÃO- ela sai do quarto e bate a porta. 

- *suspiro*- ele começa a guardar sua coisas de volta no guarda-roupa. 

Janna entra no quarto dela e começa a falar (gritar) sozinha. 

- Eu tento ajudar, ele não fica satisfeito, eu tento ser legal, ele fica reclamando, eu tento ajudar, ele briga comigo. Aff- ela se joga na cama - *suspiro*

Algumas horas se passam e já vai anoitecendo. 

- Tom, onde você está?- ela procura ele pela casa, até que o acha sentado no telhado.- Tom, olha, eu... não queria ter te deixado bravo, eu queria te ajudar com a Sabrina, pensei que um empurrãozinho não faria mal, mas fez, eu só quero que saiba que... eu não tive más intenções. Agora eu... já vou ind- ele a abraça- T-Tom? 

- Desculpa ter gritado com você Janna, eu não queria ter feito aquilo, eu só... acho que posso tomar minhas próprias decisões, mas sei que você não fez aquilo por mal.- ele separa o abraço e os dois escutam a mãe de Janna:

- Crianças, venham jantar! 

Os dois apenas desceram do telhado sem dizer uma única palavra, e foi assim o resto da noite. 

Continua... 





Notas Finais


Então pipous, eu sei que esse capítulo ficou mais longo do que o de costume, mas mermo anssim, espero que tenham gostado e Xauuh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...