História A Bela e o Lobo - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kris Wu, Lu Han
Tags Aventura, Exo, Magia, Mistério, Romance, Sobrenatural
Exibições 51
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Ficção, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Genteeeeee eu demorei um pouquinho mais ta ai! E hoje minha amiga me infernizou para escrever esse capitulo entao a parte cliche (spoiler) foi dedicada a minha vaca que amo!!! hauhauhaua
Aviso: peguem lenços e facas que logo voces entenderao
BOA LEITURAAA!!!

Capítulo 13 - Volta Inesperada


Fanfic / Fanfiction A Bela e o Lobo - Capítulo 13 - Volta Inesperada

Tudo na minha vida desde que sai de Londres mudou completamente! Eu havia feito promessas para mim mesmo que não amaria, não curtiria, não seria feliz apenas para voltar para Londres, minhas promessas foram invalidas!

Tudo passou muito rápido, quando vi estava no aeroporto de Seul novamente. Ninguém sabia que tinha voltado um dia mais cedo, por isso decidi fazer uma surpresa, especificamente para LuHan, o único que me fazia me sentir viva novamente!

Peguei um taxi e fui direto para sua casa. Achei que teria que vender um rim para pagar o taxi de tao caro que ficou! Decidi ligar para ele

*Ligaçao on*

LuHan: Achei que tinha me esquecido!

Eu: Muito pelo contrario, agora tenho um presente que queria muito lhe entregar e fiquei sabendo que acabou de chegar na porta da sua casa. Vai la!

*Ligaçao off*

Em questão de segundos ele estava la na porta. Não acreditou quando me viu, ficou me olhando e por fim depois de ter suas duvidas confirmadas veio sorrindo. Me abraçou forte e eu quase morri sufocada

- Gostou do presente? – disse sufocada

- O melhor que já ganhei!

Antes de dizer mais alguma coisa meu mundo parou, ele me beijou como se fosse a coisa que mais queria no momento! Sinto seu perfume e fico feliz por saber que posso tê-lo só para mim! Estava quase desmaiando sem folego quando trocamos olhares e sorrimos.

- Vamos para dentro, esta frio! – disse ele

Antes de protestar por saber que o pai dele poderia estar lá, já estava entrando em seu quarto. Ouço ele atrás de mim fechando a porta e trancando. Coloquei minha mala em cima de sua cama e ele me abraçou por trás. Em meros segundos estava em seus braços, ele me beijava com intensidade e eu correspondia. Ele me prensou sobre a cama e me olhou sorrindo divertidamente e antes deu corresponder o sorriso fui envolvida pelos seus lábios novamente. Sua mãos estavam desabotoando minha blusa e por mais que quisesse aquele momento, não era a hora ainda

- Lu...Han- disse fraca

Não consegui falar mais nada, estava apenas seguindo o roteiro dele. Suas mãos passeavam por minha perna e coxa. De repente um forte barulho me assustou. Minha mala tinha ido ao chão e eu comecei a rir. LuHan me olhava como se pedisse algo mais e eu apenas segurei seu rosto e lhe dei um beijo carinhoso mais com agressividade, nossas línguas estavam em uma sincronia perfeita. Suas mãos voltaram a atenção para meus botões e desabotoavam com agressividade e flexibilidade. Minhas mãos estavam e sua camisa também que logo fora jogada em uma parte do quarto. No quarto botão, LuHan ficou fez um expressão de decepção a ver que ainda possuía uma outra blusa branca. Antes de voltar sua atenção para minha blusa novamente ouvimos batidas fortes na porta e uma voz

- LuHan o que esta acontecendo ai? Parece que esta quebrando o quarto! Abra imediatamente esta porta! – diz seu pai bravo

Olho assustada para LuHan e ele faz sinal de silencio e aponta para o banheiro, afirmo e entro no banheiro enorme. Lembro que minha blusa de botões estava jogada em sua cama, estávamos perdidos!

- Ah oi pai!

- Posso saber o que essa blusa esta fazendo aqui? – diz seu pai e me desespero

- Essa blusa eu joguei pois estava com preguiça de colocar no armário!

- E o que estava fazendo para aprontar essa barulheira toda?

- Eu... err... Estava... Jogando vídeo game e me estressei por ter perdido!

Não ouço mais nada apenas a porta batendo fortemente e dou um pulo de susto, não me atrevo a sair do banheiro ate LuHan ir ate lá e começarmos a rir.

- Sempre somos interrompidos! – diz ele com um tom de brincadeira e fingindo estar bravo

- Preciso ir embora! Já esta tarde e não podemos correr o risco de seu pai vir aqui de novo!- digo indo para o quarto e pegando minha blusa embaixo da cama provavelmente ele deve ter jogado no susto de seu pai ver

- Dorme aqui! – diz ele sorrindo maliciosamente

- Nada disso seu pervertido! – digo dando um beijo rápido e saindo pela janela

Desci silenciosamente por uma pequena escadinha e logo estava na rua. Voltei para casa andando e por incrível que parece me sinto protegida.

Chego em casa e meu pai não está. Já eram 23:00 e amanha tinha aula normalmente. Não desfiz minha mala, apenas fiz minhas higienes, coloquei um pijama e deitei com LuHan vindo e indo no meu pensamento, logo adormeci...

Acordo com meu despertador tocando fortemente, eu o quebraria se ele não fosse meu celular e se pudesse ficar na cama! Fiz minhas higienes, peguei o uniforme e logo desci para um café sozinha novamente.

Estava no horário, entao pego meu foninho e vou andando ate a escola. Vou avistando logo as pessoas e me assusto quando vejo que tem uma rodinha e no meio a pessoa que eu menos gostaria de ver para o resto da minha vida, Judy!

Passo totalmente despercebida e agradeço. O sinal bate e todos entram para a sala e para minha desgraça Judy é da minha sala, eu já amava tanto aquela sala e com ela la só fazia eu perceber o quanto sou sortuda naquela vida! Ela olhou para mim e revirou os olhos. O professor já tinha entrado e nada do LuHan, comecei a ficar preocupada quando sinto meu celular vibrar. Olho discretamente e era mensagem do LuHan

*Mensagem on*

LuHan: Precisamos conversar! Vem aqui no terraço

Eu: Estou em uma horrorosa aula de química, entao aceito seu convite!

*Mensagem off*

Peço para ir ao banheiro e logo sai apressada pelos corredores rumo ao terraço. Subi as longas escadas e logo vi LuHan sentando em um banco que dava para ver tudo la embaixo.

- Voce conseguiu o amuleto? – diz ele me olhando estranho

- Ahh... consegui! – digo estranhando pela pergunta

- E como conseguiu? – diz ele diz ele levantando a sobrancelha

Não podia mentir sobre Kris, entao sentei ao seu lado e comecei a contar tudo que aconteceu, inclusive da tentativa de beijo. Sabia que ele ficaria bravo mais simplesmente não podia esconder isso dele!

- Eu vou matar aquele desgraç...- logo o interrompo

- E como eu disse e irei repetir, eu não deixei ele me beijar e logo dei um tapa na sua cara! – digo calmamente

Fui tentar beija-lo mais ele recusou. Ele estava muito estranho mais não ligo e volto a conversar com ele.

- Podemos ir treinar hoje? – digo feliz

- Não! Tenho bastante coisa para resolver! Inclusive agora preciso sair, tchau – se levantou e começou a andar sem olhar para trás

Fiquei nervosa e triste com sua ação entao peguei e desci batendo o pé e voltando para a sala e o sinal tocou. Entrei sem dirigir um olhar para ninguém e sento e abaixo a cabeça.

- Sun Hee, minha querida, você sabe onde esta meu amor? – diz Judy sorrindo falsamente

- Que eu saiba eu saiba ele mora no inferno, porque você não vai lá confirmar? – digo ironicamente e ela sorri como se não tivesse ouvido

- Ah, uma pena que ainda não saiba da novidade. Mais eu te conto – disse sentando em uma mesa ao meu lado – Meu pai fez uma proposta irrecusável ao pai de LuHan e em forma de agradecimento LuHan terá que pedir minha mão!...


Notas Finais


Morri, sobrevivi, chorei e quero matar Judy e depois reviver ela para poder bater e estragular ela de novo...
Beijos e logo tem mais!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...