História A Bela e o Lobo - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kris Wu, Lu Han
Tags Aventura, Exo, Magia, Mistério, Romance, Sobrenatural
Exibições 49
Palavras 1.330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Ficção, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII povoooooo, estou de voltaaaaaaaaaa
Boa leituraaa dps leiam as notas finais bjoka no kokoroto

Capítulo 14 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction A Bela e o Lobo - Capítulo 14 - Surpresa

As palavras dela me deixaram aterrorizada. LuHan iria acabar com tudo que a gente tinha para ficar com ela. Não aguentei, juntei minhas coisas e sai daquela escolar. Estava correndo no meio da rua e quase fui atropelada 2 vezes. Corri para um parque, não tinha muita gente. Sentei em um lugar embaixo das arvores e ninguém estava me notando entao as lagrimas rolaram. Não podia ser verdade o que Judy falou! Mais ela não mentiria se depois eu descobrisse a verdade.

Sem pensar muito fui a casa do LuHan. Toquei a campainha e ele me atendeu com cara de assustado.

- O que você esta fazendo aqui? – diz ele me olhando

- É verdade que vai se casar com Judy?- digo soltando a bomba e ele me olha impressionado

- É verdade! Agora se você puder sair da minha casa- diz ele abrindo a porta novamente e eu a bato

- Você vai fingir que nada entre nos dois aconteceu? – digo nervosa

- E realmente não aconteceu, aqueles momentos foram de pura ilusão! Agora se pode me dar licença- diz nervoso abrindo a porta e novamente eu a bato

- O que esta acontecendo com você? Eu te amo, porque esta fazendo isso? – digo não contendo mais as lagrimas

- Eu não te amo, sera que você entende ou precisa que eu desenhe ou fale novamente? AGORA SAIA! – diz escancarando a porta com força

- Você acabou com minha vida LuHan!

Saio da casa dele e vou para minha casa. Bato a porta e termino de desabar na minha cama. As lagrimas não paravam ate eu dormir coberta por elas inundando meu rosto e blusa.

*Quebra de Tempo*

Acordo com os olhos inchados e vermelhos. Me despi e entrei para o banho e deixo os pensamentos rolarem. Não conseguia entender o porque de tudo isso. Saio do banho, coloco pijama e deito novamente. LuHan vinha no meu pensamento a noite toda e quando ele saia, ele arrancava minhas lagrimas e sofrimento.

Acordo desorientada e lembro de ontem a noite. Não queria ir para a escola mais precisava sair de casa. Decido ir para o templo descontar minha raiva. Troco de roupa, pego minha bolsa com agua e algumas barras de cereal e saio. Pego o ônibus e rapidamente chego ate lá.

Os ‘guardas’ me cumprimentam e eu entro para ver o Mestre. Não tenho coragem de olhar em volta para ver se encontro o resto das pessoas, apenas entro no templo de cabeça abaixada.

- Que surpresa minha querida! – diz o Mestre

- Precisávamos conversar não é mesmo?

- Sente-se querida!

Me curvo e sento.

- Fiquei sabendo do casamento de Judy e LuHan e espero que est...- diz ele e interrompo

- Por favor Mestre- digo colocando a mao no rosto- Não quero saber deles! Apenas preciso me concentrar com Kris e Chanyeol!

- Como quiser, querida! Me conte sobre sua viajem.

Conto tudo para ele e depois tiro o amuleto da bolsa e mostro. Quando toquei o amuleto ele brilhou e minha mao começou a formigar.

- Mais o que é isso? – digo assustada

- O amuleto forma uma conexão com você, ele a deixa poderosa conforme o elemento em que ele representar – diz ele e continua- Kris a qualquer momento vai saber da existência dele entao o proteja bem!

- Claro! Agora se me der licença vou treinar um pouco- digo levantando e saindo

Coloco o amuleto que continua brilhando em meu pescoço, pego minha bolsa e vou para o meio da floresta. Chego em um pequeno local onde tem alvos, era perfeito! Coloco os fones e começo a atiar fogo no alvos. O primeiro ficou queimado por inteiro, o segundo eu acertei em um ponto quase saindo do alvo e no terceiro as tentativas foram as melhores.

Depois passei para a pedras e uma das mais grandes explodiu em milhares de pedaços. Minha raiva foi aumentando e eu quebrava com mais facilidades. O vento jogava meus cabelos para frente entao o diminui o que só piorou e aumentou fortemente, o vento fez um pequeno galho cair em mim mais antes de o galho cair em mim eu pus a mao sobre o rosto e não senti nada. Olhei e o galho tinha ido a uma direção totalmente oposta a minha. Faço um movimento com a mao e o galho começa a mexer. Fico assustada e paro.

Ando perto de um rio e percebo a agua agitada chocavam fortemente com as pedras na cachoeira. Olho para o amuleto e ele estava sem brilho. Coloco a mao na agua e involuntariamente ela acalma e seu percurso fica calmo e lento. Sinto algo formigar em meu pescoço e olho, o colar estava brilhando fortemente. Logo tiro a mao da agua e ela volta a seu percurso de agressividade. Olho para o céu e ele estava levemente rosado, o que significava que estava começando a ficar tarde. Adentro novamente para a floresta retornando para o templo.

Saio da floresta e todos os olhares se voltam a mim, inclusive os olhares das pessoas que eu nunca mais sonharia em querer olhar novamente:          LuHan e Judy. Me fiz de desentendida e passei sem olhar para a cara deles quando Judy segurou meu braço me impedindo de sair.

- Sun Hee aonde vai? – diz sorrindo

- Vai para o inferno!- digo tentando soltar sua mao mais ela aperta

- Calma, eu apenas queria lhe entregar um convite!  - diz ela soltando meu braço e tirando um papel da bolsa e me entregando. Olho para o papel todo decorado, pego e abro.

Depois de ler a primeira frase, o amasso e coloco fogo na palma da minha mao. Olho para ela e sorrio

- Quer o abraço de parabéns? – digo olhando cinicamente para o dois

- Na verdade sim- diz ela rindo debochadamente

- Entao vou ter dar um conselho, sabe aquele banquinho ali- digo apontando do lado do templo- espera sentada o dia que eu for de abraçar ou se preferir eu trago um colchão para você esperar deitada

Dou as costas e começo a andar. Saio daquele lugar sem olhar para trás.

Estava saindo da floresta para pegar o ônibus quando ouço uma voz

- Impressionante! – diz a voz que logo reconheço

- O que quer agora Kris? – digo sem nem olhar para tras para saber que ele esta me seguindo

- Esse seu jeito durão de tratar os donos do casamento- diz rindo- e gostei de ver que esta usando o amuleto que eu dei!

Gelei. Ele não podia saber do amuleto!

- Como que você sabe que eles vão se casar? – digo mudando de assunto

- E-eu tenho uma audição muito boa lembra?

- Claro, mais você não respondeu minha pergunta – paro  e olho para ele- O que esta fazendo aqui?

- Apenas queria ver você e saber que daqui algumas luas estaremos trabalhando juntos!

- Entao agora que já me viu, pode fazer algo melhor que ficar me seguindo!

- Mais que indelicadeza! Eu te dou uma carona venha- disse tomando o rumo do caminho e parando enfrente a um carro preto

- Nada que venha de você eu quero! – digo seca e voltando a andar

- Se é ass...

-É, É assim que eu quero! – digo pegando os foninhos e voltando a andar

Ouço ele rir mais não olho para trás. Decido ir a pé mesmo, afinal precisava colocar os pensamentos em ordem. Mais o que Kris veio fazer aqui?

*Quebra de Tempo*

Chego em casa e estou sozinha como sempre! Vou para o  banheiro e tomo um banho, me enrolo em uma toalha e vou procurar um pijama no meu armário. Quando ouço batidas no vidro da janela, olho e quase tenho um ataque quando vejo um menino desesperado. Pego um roupa qualquer vou ao banheiro coloco e volto abrindo a janela para o menino

- Mais que diabos esta fazendo e quem é voce? – digo o encarando

- Eu sou Baekhyun, sou irmão de LuHan!


Notas Finais


Aiiiiiiiiii meu coraçaooo!!! O que acharam; Fiquei feliz por ele entrar mais o que sera que ele vai aprontar e o LuHan e a judy;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...