História Talvez Foi Amor A Primeira Vista - Capítulo 125


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Personagens Caíque Gama, Nathan Barone, Paulo Castagnoli
Tags Banda Fly, Drama
Exibições 391
Palavras 1.487
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiie minhas flores , como vcs estão ? eu estou bem , obrigado kkkkk
Gente , desculpem por não responder os comentários, final do ano , as coisas tão corridas , mas eu leio todos eles e muito obrigado a todas vcs que comentam

Capítulo 125 - Cap 21- Nada faltava


Fanfic / Fanfiction Talvez Foi Amor A Primeira Vista - Capítulo 125 - Cap 21- Nada faltava

 Isa: vc tem que pedir desculpas para eles agora – falei levantado do chão, ele levantou, suspirou e sentou na cama.

Paulo: E se eles não me perdoarem –ele falou com medo , parei de andar e encarei ele , arqueando a sobrancelha

Isa: Fala serio Paulo

Paulo: Vem cá- ele falou me chamando , fui andando até ele lentamente e então parei na sua frente , ele rodou minha cintura com seu braço e me puxou pra perto dele com força,  me abraçou pela cintura e pousou sua cabeça em minha barriga , minha mão foi para seu cabelo,fazendo um leve carinho.- Talvez eles nem me querem mais como pai

Isa: Não diga isso –sussurrei , ele baixou sua mão até a minha coxa, apertando-a forte , logo passando ela pra frente , subindo até o botão do meu short , suspirei , eu queria tanto isso, fazia um mês que não o via , santo Deus , eu estava com tanta saudade. Sua Mão abriu o botão e logo o zíper , e tirando o short lentamente , puxei  mais sua cabeça contra mim , e então ele puxou minha camisa pra cima, dando a visão por completo da minha barriga ,  começou a distribuir beijos e chupões por ela , me fazendo arrepiar e gemer . Atirou meu short no outro lado do quarto com o pé , então Paulo agarrou com força minha bunda , fazendo eu me sentar em seu colo, agarrei sua cabeça e colo meus lábios nos deles , sua língua pediu passagem e imediatamente eu dou , santo Deus ,eu estava com tanta saudade , sua mão foi pra minhas costas , puxando minha blusa para cima , separo nossos lábios e ele tira minha regata e a toca longe, seus lábios vão de encontro ao meu pescoço , beijando-o , desço minhas mão pelo seu peito e encontro a barra da sua camisa , puxando-a em seguida .

Seus dedos percorrem minhas castas ,parando no sutiã e o tirando , inclino mais meu quadril contra o seu quando sinto sua mão apertar com força meu seio .

Isa: Acho melhor pararmos – falei baixinho tentando controlar meus gemidos – Paulo, é a cama do seus pais, não vou fazer isso , Santo deus – falei e sai do seu colo rapidamente e ouvindo ele suspirar frustrado

Paulo: Você me pega Isabella , olha como vc me deixou- ele falou apontando pra baixo , que havia um grande volume , achei minha blusa e botei-a

Isa: Paulo, nem vem com essa, seu cretino , é a casa dos seus pais. –Falei encarando e começou a rir –Para de rir , isso não é coisa de rir , Paulo

Paulo: Para de ficar nervosa , até parece que eles nunca fizeram isso –ele falou botando sua camisa e levantando

Isa: Isso não importa, estávamos prestes a fazer aquilo na cama de seus pais e você estas ai rindo, sua imbecil , vamos , você vai pedir desculpas para eles agora –falei , ele veio até mim e me abraçou com força ,suspirei e me acalmei

Paulo: Calma meu anjo , eu só quero te pedir desculpa mais uma vez por tudo isso – ele falou e deu um beijo em minha cabeça –Você não sabe quanto eu te amo, e o quanto eu fiquei perdido nesse um mês sem você ao meu lado. Olha quando anos estamos juntos Isabella, e eu não sei qual o feitiço que vc jogou em mim , mas eu posso garantir que deu muito certo, você e meus filhos foram os melhores presentes que Deus me deu e eu agradeço a cada dia por isso. Isabella Gama Castagnoli ,você tem noção do quanto eu te amo e sou feliz de ter você ao meu lado?!-ele falou , meus olhos marejaram e eu não falei nada , apenas abracei sua cintura com força

Isa: Vamos lá meu amor ,  pede desculpa e tudo fica bem –falei me desgrudando dele, ele assentiu e me deu um beijo na testa, estrelecei nossas mãos e sai do quarto o puxando pelo corredor, quando chegamos perto das escadas , o barulho de conversas tomou conta do ambiente , mostrando-nos que todos já estavam lá em baixo , ouvi Paulo respirar fundo e então apertei mais minha mão contra a sua e desci as escadas , quando estávamos na metade , todos pararam de conversar. Arthur, Mateus , e Victor olhavam para Paulo enquanto as meninas abaixaram a cabeça.

Rosangela: Oh , vc se acertaram –ela falou dando um sorriso grande , assenti sorrindo e fui até ela abraçando-a de lado , Paulo foi até o sofá e sentou.

Paulo: Será que eu posso falar com vcs ?-ele perguntou baixinho , Victor assentiu com a cabeça então Paulo suspirou e começou-Quando vcs eram pequenos eu prometi pra mim mesmo que tudo que eu iria fazer era pro bem de vcs e que nunca ia deixar ninguém machucar vcs, e olha só no que deu , quem mais machucou vc fui eu , eu quero pedir desculpa pra vcs meus filhos e dizer que eu apoio vcs, no futuro de vcs juntos , apoio tbm vcs Gabi e Madu com seus namorados e espero que isso que aconteceu não seja algo que vai interromper de vcs no futuro vir falar comigo ou se desabafar , eu amo vcs , eu amo vcs e a Isa , vcs são meus tesouros , e eu agradeço todos os dias na minha vida por ter vocês ao meu lado- ele falou e suspirou- Eu sei que deve ser difícil , mas eu peço que perdoem , eu não sei o que deu na minha cabeça , mas é que vcs são irmãos e ai do nada se apaixonam eu simplesmente não sabia como lidar com isso. Então ...hm... vocês me perdoam ?-ele perguntou sorrindo fraco , a sala ficou em um silencio e então Victor levantou e parou na frente do Paulo , estendeu a mão e então Paulo juntou sua mão a dele , Victor puxou Paulo e deu um forte abraço dele , e logo as meninas foram esse juntaram a eles, todos juntos , meus olhos se encheram de lagrimas, minha grande família.

Gabi: Vem mãe – ela falou , fui até eles , e abracei eles com força , apesar de tudo , eu estava feliz, eu estava com a minha família , nada faltava .

    [...]

Paulo : Vamos jogar bola meninos – ele falou levantado e pegando a bola ao meu lado ,estávamos na praia , eu e o Paulo decidimos passar mais uma semana aqui em Campo largo , e já que as crianças estavam de férias , elas aceitaram de boa. Encarei Paulo tirar a camisa e depois ele atirar em mim

Paulo: Tira foto que dura mais – ele falou e eu só mostrei a língua , então eles foram jogar bola na nossa frente

Madu: Meu deus, que visão boa

Gio: A melhor de todas –ela falou se abanando , dei risada , peguei Dani no colo e fiquei brincando com ela , logo alguém me balança me fazendo olhar pro lado , Madu olhava pra frente o que  me fez olhar pra frente tbm .

Os meninos estavam lá , conversando com umas putas , revirei os olhos e entreguei a Dani pra dona Rosangela. Encarei as meninas e sorri de lado , levantei e passei a mão na minha bunda pra tirar os resto da areia

Isa: Vamos lá meninas –ela sorriram levantaram tbm , fomos andando calmamente até eles e então cada uma foi até o seu homem, cheguei no Paulo e abracei ele pela cintura

Paulo: Oi amor –ele falou me abraçando tbm, a menina que estava conversando com ele fez uma cara de confusa

Xxx: Amor ?

Paulo: Sim , estou casado com ela a 16 anos –ele falou sorrindo

Xxx: Mas

Isa: Ah qual é querida , você acha que um homem desses iria tar solteiro e ainda por cima querer ficar com vc , se enxerga néh querida

Xxx: Olá me chamo Manuela , seu irmão é bem bonito – ela falou pra Madu , que estava perto do Mateus , Madu nem fez questão de responder , ela só sorriu e puxou Mateus , grudando seus lábios com força.

Paulo: Maria Eduarda –ele só falou isso , e então Madu parou o beijo e sorriu para Mateus

Madu: Meu namorada , amiguinha –ela falou

Maju: é que tal a gente ir pra água amor-ela falou baixinho , suas bochechas estavam coradas ,

Victor: Vamos linda –ele falou e abraçou ela por trás e eles foram , olhei pro Paulo e fechei a cara

Paulo: O que foi ?

Isa: Ela tava dando em cima de vc e vc não fez nada

Paulo: Não preciso fazer nada para dizer que vc é a mulher da  minha vid


Notas Finais


Eai o que acharam ? me conteem
erros?ignoreem
só mais 4 cap gente , vou chorar
eu amo vcs , até quarta


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...