História Talvez não seja só o da noona - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jinyoung
Tags Memoriasdeinfancia
Visualizações 25
Palavras 330
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura e espero que gostem

Capítulo 1 - Capítulo Único


Jinyoung brincava na praça perto de sua casa com seu ursinho Pooh, o qual havia acabado de ganhar de sua noona.

Ele corria para todos os lados com um sorriso no rosto, sempre abraçado ao seu novo brinquedo. Sua noona, que o observava de longe, também estava com um sorriso no rosto, que foi substituído por uma expressão preocupada após ver seu pequeno irmão cair e começar a chorar. Quando estava prestes a ir acudi-lo viu sua vizinha, que era apenas um ano mais nova que Jinyoung, se aproximar do mesmo e resolveu apenas observar de longe

- Jinyoung oppa, por que você está chorando?

- Eu não estou chorando - Jinyoung diz tentando desesperadamente secar suas lágrimas - Eu sou homem, e homens não choram

- Meu appa fala que não tem problema chorar se você estiver triste ou com dodói. Oppa, você está com dodói? - a pequena menina pergunta preocupada e Jinyoung mexe a cabeça concordando

- Eu caí e bati meu joelho e está doendo muitão - o mais velho diz fungando

Vendo que seu oppa estava prestes de voltar a chorar a mais nova resolve fazer algo que sempre faziam com ela quando se machucava, então ela aproximou seus lábios e deixou um leve selar na área avermelhada

- Minha omma sempre dá um popo no meu dodói pra ele parar de doer. Oppa, o seu dodói parou de doer? - a pequena pergunta ao seu oppa e Jinyoung novamente mexe a cabeça concordando

- Obrigado - o mais velho diz baixo e com as bochechas coradas abraça sua vizinha

Jinyoung estava feliz, pois sempre que chorava seus pais lhe diziam que ele era homem, e que homens não deveriam chorar, então a única pessoa que cuidava de si era sua noona, então começou a pensar que apenas os beijinhos de sua noona funcionavam em si. Mas naquele dia Jinyoung descobriu que talvez não seja apenas os de sua noona, que talvez os beijinhos de sua vizinha também funcionavam em si.


Notas Finais


Appa: pai
Noona: modo como meninos chamam meninas mais velhas
Omma: mãe
Oppa: modo como meninas chamam meninos mais velhos
Popo: beijo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...